Índia implanta submarinos nucleares e um porta-aviões no mar Arábico para impedir “ousadias” do Paquistão

O Ministério da Defesa da Índia anunciou esta segunda-feira que vários dos seus navios de guerra, incluindo submarinos nucleares e um porta-aviões, foram posicionados na parte norte do mar Arábico, visando dissuadir o Paquistão de quaisquer “aventuras” naquela região”.

Em comunicado, o ministério explica que, à medida que a tensão entre o Paquistão e a Índia começou a escalar, as principais unidades de combate da marinha “transitaram rapidamente” da fase de exercícios para o “modo de implantação operacional”.

“[Esta é] uma mensagem clara e firme sobre a postura operacional da Marinha Indiana para prevenir, deter e derrotar qualquer desventura do Paquistão no domínio marítimo” da Índia, pode ler-se na mesma nota do Ministério da Defesa.

O Ministério não precisou que tipo de submarinos foram implantados na área, mas a Marinha indiana contabilizada na sua frota dois submersíveis movidos a energia nuclear: o INS Chakra, alugado à Rússia em 2012, e o INS Arihant, o primeiro submersível nuclear de fabricado na Índia com capacidade de transportar mísseis balísticos, nota a Russia Today.

Quanto ao porta-aviões, o navio-almirante da frota, a tutela esclarece que se trata de um INS Vikramaditya, produzido e modernizado na Rússia.

Os recursos navais em causa foram desmobilizados do maior exercício naval levado a cabo pela Marinha indiana, o TROPEX-19 (Theatre Level Operational Readiness Exercise 2019), e posicionados no mar Arábico. Esta é uma iniciativa anual que arranca logo no início do ano.

No domingo, e segundo noticiou a Reuters citando diplomatas ocidentais, Índia e Paquistão terão ameaçado mutuamente recorrer mísseis após a escalada de tensão sobre a região de Caxemira. Segundo a agência, só a intervenção dos EUA ajudou a acalmar as parte.

“A determinado momento, a Índia ameaçou disparar pelo menos seis mísseis contra o Paquistão, e Islamabad disse que responderia com os seus próprios mísseis “três vezes mais”, avançaram diplomatas e fontes do Governo em Nova Deli, Islamabad e Washington.

No início do mês, a Marinha paquistanesa disse ter evitado que um submarino indiano entrasse nas suas águas, alegando que o navio foi forçado a recuar. A Marinha indiana, por sua vez, rejeitou as alegações, rotulando-as como “falsa propaganda” e desinformação”.

A escalada de tensão entre ambos os países, que reivindicam a região de Caxemira desde o fim da colonização britânica, em 1947, tem subido de tom. Localizada no Himalaia, a região é predominantemente muçulmana. Apesar de a violência na zona tenha durado décadas, os ataques de grupos insurgentes têm-se intensificado recentemente.

SA, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …