“Indecente e imoral”. Paquistão em guerra aberta com o TikTok, a rede social mais popular do país

O TikTok é a rede social mais popular no Paquistão, mas a aplicação mostra um lado do país que não se alinha com a sua imagem conservadora.

Em 2019, o TikTok tornou-se a segunda aplicação mais popular no Paquistão com cerca de 16,3 milhões de downloads entre janeiro e novembro. Muitos paquistaneses alcançaram a fama partilhando partes das suas vidas em áreas rurais.

Contudo, depois de se tornar a rede social mais popular do país, o TikTok foi banido. 

O governo do Paquistão proibiu a aplicação pela primeira vez em outubro de 2020, citando “conteúdo indecente” como motivo, de acordo com Vice. A proibição foi suspensa menos de duas semanas depois, mas outra voltou a ser implementada em março, com a Autoridade de Telecomunicações do Paquistão (PTA) citando “conteúdo antiético e imoral”.

Esta segunda proibição foi suspensa mais uma vez no início de abril.

“Onde quer que vá, as pessoas pedem-me selfies. Onde quer que passe, as pessoas dizem ‘Oh, é aquele rapaz!’ Essa é a reação que recebo, esse é o tipo de mudança [que o TikTok] trouxe à minha vida”, contou Zeeshan Akram, um agricultor e celebridade de TikTok de 21 anos.

Akram faz vídeos de si mesmo a semear arroz e a ordenhar vacas e agora tem cerca de 193 mil seguidores no TikTok. “Queria mostrar a todos que as pessoas no campo podem ser de todos os tipos. Alguns são instruídos e outros não”, disse.

O TikTok também deu a estes paquistaneses uma nova fonte de rendimento. “Todo o dinheiro que ganhei de empresas e marcas, todas as empresas com as quais colaborei e nas quais me tornei embaixador, e todas as promoções que fiz recebi por causa de TikTok”, disse Hareem Shah, um influencer de 27 anos com mais de 5,8 milhões de seguidores.

A rede social deu também uma voz a pessoas que eram excluídas nos grandes media. Por exemplo, Usman Nasim, um homem de meia-idade, partilha conteúdo religioso, e Tauqeer Abbas, um trabalhador partilha partes da vida na aldeia.

Contudo, as mesmas qualidades que tornam o TikTok tão atraente para a juventude paquistanesa também o tornam polémico.

A vida conservadora no Paquistão

O Paquistão é uma sociedade amplamente conservadora e patriarcal e o TikTok tornou-se uma plataforma que apresentava diferentes aspetos do Paquistão, aspetos esses que não coincidiam com o país muçulmano conservador.

Em agosto, o advogado Nadeem Sarwar entrou com uma petição no Tribunal Superior de Lahore para proibir o TikTok. Em entrevista ao jornal paquistanês Dawn, Sarwar disse que havia “pouca diferença entre alguns destes vídeos e a pornografia”, referindo-se a um vídeo em que uma mulher amamentava um bebé.

Isso foi seguido por relatos de incidentes perigosos relacionados com o TikTok, como o caso de uma jovem que foi supostamente violada por uma gangue depois de se encontrar com um amigo que conheceu na plataforma.

Quando o governo bloqueou oficialmente o TikTok em outubro, o PTA disse, em comunicado, que a decisão veio “[em] vista do número de queixas de diferentes segmentos da sociedade contra conteúdo imoral e indecente” na aplicação.

Há muitas pessoas céticas quanto aos motivos do Paquistão para proibir o TikTok.

“Se o TikTok é um meio para indecência, outras aplicações de redes sociais tabém o são. Temos dramas da televisão do Paquistão em rede nacional que promovem a vulgaridade. Se o Paquistão tiver problemas com a segurança nacional, apoiaremos o Paquistão. Mas essa desculpa de ‘vulgaridade’ não faz sentido , disse Shah.

Enquanto o governo cita a “indecência” como o seu principal motivador, outros acreditam que pode haver outros fatores em jogo. Quando a covid-19 chegou ao país, impactou o sustento da classe média baixa e da classe trabalhadora e aumentou o número de utilizadores ativos mensais no TikTok.

Antes da proibição, começaram a surgir os vídeos a criticar o governo. Alguns analistas e jornalistas acreditam que a proibição foi menos sobre conteúdo imoral e mais sobre como conter as críticas à resposta à pandemia do primeiro-ministro Imran Khan.

Esta não foi a primeira vez que TikTok foi banido de um país. A Índia baniu oficialmente o TikTok e uma série de outras aplicações chineses em julho de 2020, após um conflito entre tropas chinesas e indianas, com o governo a dizer que as plataformas estavam “envolvidos em atividades prejudiciais à soberania e integridade da Índia“.

O então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também tentou banir o TikTok por razões de segurança nacional, embora isso não tenha funcionado.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Farmácias já estão a aceitar reservas de vacinas contra a gripe

Este ano, as farmácias portuguesas vão voltar a administrar gratuitamente a vacina contra a gripe a pessoas com mais de 65 anos. Para já, ainda não há data para o início da venda e imunização, mas …

Golo de Taremi foi bem anulado? Especialistas esclarecem decisão

Muitos contestam a anulação do golo de Taremi já perto do fim da partida. Especialistas em arbitragem defendem que a decisão foi bem tomada. Atlético de Madrid e FC Porto empataram a zero na primeira jornada …

Nova espécie massiva de há 500 milhões de anos descoberta no Canadá

Espécie terá sido uma gigante dos oceanos, amedrontando presas com a sua carapaça, situada na zona da cabeça, que cobria dois terços do seu corpo. Uma equipa de cientistas descobriu na última semana um fóssil de …

Porque morrem tantos americanos?

Nos últimos 30 anos a esperança média de vida nos Estados Unidos da América não acompanhou as melhorias verificadas na Europa. "A América tem um problema relacionado com a morte". Assim começa uma análise, em espécie …

Já há turmas inteiras em casa devido a casos positivos de covid-19

As aulas da maioria das escolas arrancaram esta semana e já há turmas inteiras em casa, devido a casos positivos de covid-19. Tema será discutido na reunião do Infarmed, que acontece esta quinta-feira. Com o início …

Novo estudo indica que comer em excesso não é a principal causa da obesidade

A obesidade afeta grande parte da população e já é considerada umas das maiores epidemias do século XXI. Contudo, a ideia de quanto mais se come, mais propenso se está a ganhar peso pode ser …

Jogador do Santos foi ameaçado e perseguido (e filmou)

Saída da Taça do Brasil originou protestos e cenas de vandalismo. A última vitória do Santos foi no dia 13 de Agosto. O Santos não vive uma fase positiva. 13.º classificado no Brasileirão, foi afastado da …

Esta tarde, discute-se a "ampla abertura". Máscaras em espaços fechados são para manter

As restrições impostas na sequência do combate à pandemia de covid-19 deverão deixar de ser obrigatórias a partir do final do mês. Esta tarde, na reunião do Infarmed, os peritos vão propor a libertação. Esta quinta-feira, …

Eletricidade vai ficar mais cara a partir de outubro

A fatura da eletricidade vai voltar a subir 3% no dia 1 de outubro, depois de ter subido outros 3% a 1 de julho. O preço da eletricidade vai voltar a aumentar, a partir de 1 …

As vacas podem aprender a ir à casa de banho - e assim ajudar a salvar o Planeta

Os excrementos largados pelas vacas podem ser bastante prejudiciais para o Planeta, mas esta situação pode ser controlada se estes animais aprenderem a usar algo inesperado para a espécie de quatro patas - uma casa …