Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Miguel A. Lopes / Lusa

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas.

Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município de Vila de Rei e outro na Sertã, mobilizaram mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos, segundo a página oficial da Proteção Civil, mas o número continua a aumentar.

A aldeia de Cardiga Fundeira, na Sertã, foi evacuada, de acordo com o Observador. O incêndio que começou às 14h47 na localidade de Rolã, freguesia de Cernanche do Bonjardim, Nesperal e Palhais, no concelho da Sertã, está a ser combatido por mais de 200 operacionais, apoiados por 55 viaturas e 8 meios aéreos.

Uma outra frente, em Ermida e Figueiredo, Sertã, está a mobilizar 33 operacionais e 3 meios aéreos, tendo começado às 15h01. Há uma terceira frente na localidade de Pombas, com início às 17h17, que mobiliza 17 operacionais e 2 meios aéreos.

Já às 14h50, em Fundada, Vila de Rei, começou outro incêndio, igualmente em povoamento florestal, que congrega no combate às chamas 157 operacionais, 48 viaturas e 4 meios aéreos.

A praia fluvial do Bostelim, em Vila de Rei, distrito de Castelo Branco, foi evacuada por precaução, disse fonte da Câmara local. O vice-presidente do Município de Vila de Rei, Paulo César, explicou à agência Lusa que o facto de várias autocaravanas utilizarem aquele local, poderia criar uma situação de pânico numa eventual necessidade de operações mais intensivas naquele local. Além disso, o fumo também contribuiu para a evacuação daquele espaço de lazer.

Segundo a rádio Condestável, de Cernache do Bonjardim, o parque de campismo da praia do Bostelim, no concelho de Vila de Rei, também foi evacuado por precaução. Cerca de 70 pessoas foram retiradas do local. A mesma rádio avança que foi ainda evacuada a localidade de Monte Novo, na freguesia da Fundada.

As zonas onde começaram os incêndios ficam relativamente próximas umas das outras, já que a povoação de Rolã, no município da Sertã, dista cerca de seis quilómetros em linha reta de Fundada, em Vila de Rei, concelho localizado a sul e vizinho do da Sertã.

A estrada nacional 2 (EN2), entre Vila de Rei e Sertã, nas proximidades da Cumeada, está cortada ao trânsito devido ao incêndio. “Não se passa mesmo. Até há meios operacionais que não conseguem passar”, disse à Lusa o vice-presidente do Município de Vila de Rei, Paulo César. O vice-presidente disse também que três aldeias estão próximas das chamas e em “perigo”, nomeadamente Monte Novo, Fouto e Relva do Boi.

A Nacional 244 está cortada em São João do Peso, segundo Alexandre Penha, adjunto operacional nacional da Proteção Civil.

O incêndio de Vila de Rei, de acordo com o vice-presidente do Município de Vila de Rei, Paulo César, tem duas frentes ativas, uma delas a progredir em direção a um dos incêndios da Sertã. O autarca disse também que o incêndio lavra numa zona de eucalipto e pinho, de regeneração natural, e que a região está a ser atingida por ventos fortes.

Foi evacuada, parcialmente, a aldeia de Cardiga. Estão a ser evacuadas as zonas mais isoladas, tendo sido dada prioridade aos cidadãos com mobilidade reduzida ou que estejam acamados. A praia fluvial do Bostelim foi evacuada por prevenção — ao todo, foram 60 as pessoas evacuadas. A Proteção Civil não tem, para já, informação de casas em risco.

Segundo o Região do Zêzere, os incêndios já têm uma grande dimensão e as chamas estão muito próximas de aldeias. Os incêndios estão a evoluir com “muita violência”, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco. De acordo com a fonte, o combate aos dois incêndios está a ser reforçado com meios de todo o país.

Segundo a SIC Notícias, há três aldeias em risco no concelho de Vila de Rei: Monte Novo, Cabeça do Poço e Chão da Telha. A Rádio Condestável está a avançar ainda que as chamas se aproximam “muito rapidamente” de Vale da Urra, também em Vila de Rei. O vento forte está a dificultar as operações.

Pelas 20h, o incêndio de Vila de Rei já chegou a Mação, no distrito de Santarém. Segundo o responsável pela proteção civil de Mação, António Louro, a frente de fogo que atinge o concelho de Vila de Rei entrou “com bastante violência” no concelho de Mação, adiantando ainda que se trata de uma frente com oito quilómetros, e que está a afetar a zona de Azinhal, Cardigos e Vinha Velha.

As chamas avançam “com muita violência”, registando-se “muito vento” no local, acrescentou. De acordo com o mesmo responsável, as próximas horas vão ser “muito difíceis”, adiantando que as operações estão centradas na proteção às populações.

O distrito de Castelo Branco está sob aviso vermelho por risco de incêndio, segundo o site do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). As temperaturas podem chegar aos 37 graus durante este sábado. Fonte dos bombeiros apelou, em declarações ao Mediotejo.net, a que as pessoas não circulem nos locais de incêndio, que deixem as suas casas e se desloquem para locais seguros.

Em declarações à Condestável, a presidente da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais (UFCBNP), Filomena Bernardo, confirmou a ocorrência de uma colisão entre uma viatura dos bombeiros de Cernache do Bonjardim e um ligeiro. O acidente ocorreu pelas 17h50, havendo a registar dois feridos leves, bombeiros, que foram assistidos no Serviço de Atendimento Permanente da Sertã.

Quatro bombeiros ficaram feridos, um deles em estado grave, no combate aos incêndios. A ANEPC não revelou em que incêndio os bombeiros ficaram feridos e de que corporação são.

Neste momento, “não é possível afirmar” que o combate esteja a evoluir favoravelmente. “O prognóstico é reservado.” Ainda assim, “durante a noite, é expectável que as condições facilitem o combate”.

Está neste momento em curso um reforço de meios oriundos de Lisboa, Setúbal, Évora e Aveiro. “Serão feitos todos os reforços necessários”, garantiu Alexandre Penha.

Apesar de as chamas terem “passado” por várias aldeias, colocando-as “em perigo”, Paulo César, vice-presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei afirmou não ter notícia de feridos ou danos materiais. “O fogo já percorreu várias aldeias, houve projeções para o interior das aldeias, mas os bombeiros têm conseguido proteger as habitações. A nossa preocupação é salvaguardar os núcleos urbanos”, assinalou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Davos comemora 50 anos entre o apocalipse climático e um fraco crescimento económico

O Fórum Económico Mundial comemora este ano o seu 50º aniversário. O evento decorre sob o signo das alterações climáticas e da necessidade de transformar a economia. Davos, na Suíça, recebe esta semana mais um Fórum …

Precários da RTP entregam suplemento para a memória à ministra do Trabalho

Os trabalhadores precários da RTP entregaram esta segunda-feira uma carta e uma caixa de "Cerebrum Forte", um suplemento para a memória, à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. De acordo com o Expresso, que avança …

Governo está a "tomar medidas" para responder ao novo vírus mortal que vem da China

Portugal está a acompanhar "com grande atenção" o fenómeno de propagação do novo vírus mortal que surgiu na China. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que assegura que estão já a …

Revelada a identidade do novo líder do Estado Islâmico

Um dos membros fundadores do Estado Islâmico, Amir Mohammed Abdul Rahman al-Mawli al-Salbi, foi confirmado por vários serviços de inteligência como novo líder do grupo terrorista. Após a morte de Al Baghdadi numa operação norte-americana na …

Polícias em protesto em Braga, Porto e Lisboa. Esperam um sinal de apoio de Marcelo

Elementos da PSP e da GNR realizam esta terça-feira protestos em simultâneo em Braga, Lisboa e Faro, numa ação convocada pelos sindicatos, enquanto o Movimento Zero (M0) inicia uma vigília nos aeroportos portugueses. Organizadas por sete …

Investigação confirma que avião ucraniano foi abatido por dois mísseis iranianos

Um relatório de investigação preliminar da Organização de Aviação Civil Iraniana (CAO) acaba de confirmar que foram lançados dois mísseis contra o Boeing 737 da Ukraine International Airlines, abatido a 8 de janeiro pelas forças …

Real Madrid contrata Reinier. É a transferência de inverno mais cara de sempre do clube

O Real Madrid confirmou hoje a contratação do médio ofensivo brasileiro Reinier, que atuava no Flamengo de Jorge Jesus, num negócio que envolve uma verba de 30 milhões de euros, segundo a imprensa espanhola. Os 'merengues' …

Hospitais de Santa Maria e Pulido Valente querem "internar" em casa 1.800 pacientes por ano

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) vai começar no princípio de fevereiro a “internar” doentes em casa, projetando que, dentro de três anos, seja o maior serviço de hospitalização domiciliária do país, tratando 1.800 …

Pneumonia viral na China já fez seis vítimas mortais

Subiu para seis o número de mortos na China devido ao vírus de pneumonia que está a assolar o País. Esta terça-feira registaram-se 77 novos casos da misteriosa doença com origem na cidade Wuhan, elevando …

Gil Vicente tem um registo único em Portugal e apenas igualado por "gigantes" europeus

O Gil Vicente é a única equipa imbatível em casa na liga portuguesa. Apenas oito equipas no resto da Europa conseguem equiparar este registo de invencibilidade. O Gil Vicente é a única equipa da Liga NOS …