Impostos sobre tabaco de enrolar e cigarrilhas leva a quebra fiscal de 47,8 ME

fxmllr / Flickr

-

A Associação Europeia da Indústria do Tabaco alertou hoje que o aumento dos impostos sobre o tabaco de enrolar e cigarrilhas com filtro previsto no Orçamento do Estado provocará uma quebra de 47,8 milhões de euros na receita fiscal.

Adicionalmente, o secretário-geral da Associação Europeia da Indústria do Tabaco (ESTA) disse à Lusa que o “consumo de tabaco ilícito vai aumentar”, já que a única forma de os consumidores realizarem a poupança real que estas categorias de tabaco lhes permitiam será “recorrerem ao tabaco de contrabando, que não apresenta qualquer receita fiscal”.

A consequência imediata das medidas inscritas na proposta de Orçamento do Estado para 2015, como aliás já se verificou em aumentos anteriores no tabaco de enrolar, será a queda da receita fiscal, contrariando a ideia do Governo, que apontou como motivo para esta subida no valor das taxas a vontade de aumentar a recolha de impostos”, afirmou Peter van der Mark.

É que, explicou, quer o tabaco de enrolar, quer as cigarrilhas com filtro são produtos “tradicionalmente mais baratos que os cigarros e, portanto, consumidos sobretudo por pessoas com menos disponibilidade financeira”.

Contudo, os aumentos previstos tornarão os primeiros ainda “mais caros que os cigarros” e aproximarão “significativamente” o preço do maço dos segundos ao de um maço de cigarros.

“Vinte cigarros feitos com tabaco de enrolar, incluindo papel de enrolar e filtros, ficarão 14% mais caros (4,75 euros) que um maço de cigarros manufaturados (4,10 euros)”, nota a ESTA, enquanto no caso das cigarrilhas com filtro o novo imposto específico previsto se traduzirá num aumento de cada maço dos atuais 2,60 euros para os 3,50 euros, “um aumento de 35% que os aproxima significativamente do preço de um maço de cigarros”.

Segundo Peter van der Mark, que está esta semana em Lisboa “para mostrar ao Governo, através de casos semelhantes noutros países, as consequências negativas das medidas propostas”, o volume de vendas do tabaco de enrolar deverá sofrer um recuo de 60% em 2015, provocando uma queda na receita fiscal de 31%, equivalente a 34,8 milhões de euros.

Já no caso das cigarrilhas com filtro, “uma categoria que se tem vindo a afirmar como alternativa aos cigarros”, a ESTA antecipa uma quebra de 13 milhões de euros na receita fiscal.

À Lusa, o secretário-geral da ESTA salientou ainda que “a maioria dos Estados-membros da União Europeia mantiveram um diferencial entre as taxas dos cigarros e do tabaco de enrolar, de acordo com a diretiva 2011/64/UE”, estabelecendo a taxa dos segundos “em cerca 60-80% das taxas dos cigarros”.

Afirmando temer que esta intenção do Governo de “não permitir a existência” de tabaco mais barato que os cigarros faça os consumidores com menos poder financeiro “saltar diretamente para o tabaco de contrabando“, a ESTA recorda que os dois países europeus com as taxas sobre o tabaco de enrolar mais elevadas — Reino Unido e Irlanda — registam altos índices de contrabando de cigarros.

Por outro lado, nota a associação, também a compra de tabaco em Espanha “será mais convidativa” para os portugueses, “novamente sem qualquer receita fiscal para o Estado português”.

“As cigarrilhas com filtro serão 24% mais baratas e os portugueses que comprarem um pacote com 10 maços no país vizinho pouparão sete euros. Quanto ao tabaco de enrolar, o preço em Espanha será mais barato 50 euros por quilograma”, exemplifica.

Representante dos interesses de produtores, distribuidores e importadores europeus de tabaco de enrolar, tabaco de cachimbo, tabaco de mascar e ‘nasal tobacco’, a ESTA tem entre os seus 51 membros maioritariamente Pequenas e Médias Empresas, para além de associações nacionais de Estados-membros, da Noruega e da Suíça.

Segundo dados da associação, os produtos de tabaco por si representados correspondem a cerca de 9% das vendas totais de produtos de tabaco na União Europeia (cerca de 8% tabaco de enrolar e quase 1% tabaco de cachimbo).

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …