“Impostopoly.” Iniciativa Liberal compara Costa a Sr. Monopólio dos impostos

A partir desta quarta-feira, quem passar na Praça Duque de Saldanha, em Lisboa, vai deparar-se com um cartaz humorístico que apela à taxa única de 15% de IRS.

O partido Iniciativa Liberal (IL) dedicou esta quarta-feira à carga fiscal, tendo escolhido uma repartição de Finanças, em Lisboa, para explicar os benefícios de uma taxa única de IRS (imposto sobre rendimento de pessoas singulares) de 15%.

Com bandeiras e t-shirts azuis – a cor do partido, mas também das repartições de Finanças em Portugal – os elementos do IL distribuíram folhetos que resumem as principais ideias para Portugal, nomeadamente ao nível do crescimento, impostos, saúde, educação, transportes e corrupção.

No dia dedicado à carga fiscal, o cabeça de lista do partido pelo distrito de Lisboa às próximas legislativas, João Cotrim Figueiredo, alertou para “a carga fiscal recorde que os portugueses estão a pagar”. “A mim importa-me pouco a ginástica que o primeiro-ministro faça para justificar este aumento da carga fiscal com o crescimento económico.”

Pouco depois, o partido lançou um novo cartaz que brinca com o popular jogo do Monopólio, mas com impostos em vez de casas e António Costa no papel do “velhinho milionário”. O cartaz foi descerrado no Saldanha, em Lisboa.

Para o IL, trata-se de “uma carga fiscal recorde que não só limita a escolha das pessoas relativamente ao seu rendimento disponível, mas também o investimento das empresas e a atração do investimento estrangeiro, fomentando ainda a emigração de quadros qualificados que, para terem um salário líquido maior, veem-se obrigados a emigrar”.

“O próprio Governo já reconheceu isso ao incentivar com reduções de IRS os que optem por regressar a Portugal”, acrescentou. A proposta do partido é “uma taxa única de 15% para todos, com uma isenção dos primeiros 650 euros e isenções adicionais de 400 euros por agregado familiar, por cada filho”.

“Isto significa que haverá uma redução de tributação em sede de IRS para todos e num montante que é perfeitamente comportável com uma implementação gradual desta medida e com o crescimento económico que inevitavelmente uma redução da carga fiscal traz”, explicou.

Sobre a reação à proposta do Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo disse que a mesma tem sido surpreendente, no bom sentido.

“As pessoas sentem que algo está errado quando continuamos sem crescer, com níveis de desenvolvimento muito abaixo da média europeia. Temos visto a produtividade a baixar relativamente aos nossos concorrentes, o que é assustador, porque é isso que vai determinar os salários do futuro e chegamos a uma situação em que o salário médio é de 950 euros, o que não é aceitável”, adiantou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. De onde saíu este partido? Os partidos considerados “pequenitos” só aparecem ém tempo de eleições! São subsidiados por quem? Não é com dinheiro dos nossos impostos? Porque é que não devolvem os dinheiros da campanha ao Estado, ou seja, concorrem só com as verbas particulares? Andam todos à procura de um Tacho…

    • Perante uma receita fiscal ENORME, porque é que a dupla vigária Costa-Centeno, não retira o imposto sobre os combustíveis ? Este imposto não era temporário?

      • Desconheço a “dupla vigária de que fala”! Apenas sei e conheço com esses apelidos, o nosso 1º Ministro e o Ministro das Finanças… Não gosta destes políticos? Também não é necessário utilizar uma palavra tão “depreciativa”! FORÇA COSTA!

RESPONDER

O detetive a bordo do rover da NASA Perseverance

Marte está muito longe da famosa 221 Baker Street, mas um dos detetives mais conhecidos da ficção estará representado no Planeta Vermelho quando o rover Perseverance da NASA pousar no dia 18 de fevereiro de …

Nem o mar profundo se safa das alterações climáticas

Um novo estudo mostra que as alterações climáticas já estão a bater à porta do mar profundo, e os seus habitantes poderão em breve estar em perigo. De acordo com o site IFLScience, a equipa de …

Príncipe belga pede desculpa por violar confinamento em festa ilegal em Espanha

O príncipe Joachim da Bélgica disse “lamentar profundamente” não ter respeitado “todas as medidas” do confinamento durante uma viagem a Espanha, onde participou numa festa ilegal em Córdoba que está a ser investigada pela polícia. Depois …

Politólogo que previu que Trump seria Presidente vaticina a sua reeleição

O politólogo que previu que Donald Trump seria Presidente dos Estados Unidos vaticina agora a sua reeleição em novembro de 2020. Helmut Norpoth, professor de ciências políticas da Universidade Stony Brook, nos Estados Unidos, previu …

Índia regista mais de oito mil novos casos. Tem "uma longa batalha" pela frente

A Índia registou mais de oito mil novos casos de covid-19 num único dia, um novo recorde desde o início da pandemia no país, foi este domingo anunciado. O número de casos confirmados de covid-19 na …

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha. "Pensando que a [picada] lhes …

Bloco exige retirada de norma "insultuosa" no apoio a recibos verdes

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu este domingo ao Governo que retire do formulário de apoio para os trabalhadores independentes uma norma "insultuosa" que lhes exige o compromisso de retomarem a atividade no prazo de …

Espetada de porco 2.0. Novameat propõe carne impressa em 3D para o jantar

A Novameat, uma empresa espanhola de tecnologia alimentar, apresentou um novo produto: carne de porco à base de plantas impressa em 3D, a que batizaram de espetada de porco 2.0. A Novameat quer apoiar um sistema …

Uber acusada de exploração de trabalhadores em Itália

Um tribunal de Milão ordenou a nomeação de um administrador judicial para a Uber Itália durante um ano, após ter determinado que o serviço de entrega de refeições da empresa explorava os trabalhadores. De acordo com …

Pinto de Costa: "Se Rui Moreira tivesse avançado, não me candidatava"

Pinto da Costa revelou que não teria avançado para a recandidatura à presidência do FC Porto se o presidente da Câmara do Porto tivesse entrado na corrida. "Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora …