Mais impostos sobre automóveis: bombo da festa para compensar alívio do IRS

 

O alívio de impostos que o Orçamento de Estado para 2018 vai implicar para muitos contribuintes portugueses, no capítulo do IRS, vai ser compensado pelo Governo com um considerável aumento das taxas aplicadas ao sector automóvel.

O Correio da Manhã fez as contas a este aumento de impostos sobre os automóveis, previsto no Orçamento de Estado para 2018, e salienta que vai render aos cofres públicos 291,1 milhões de euros, isto é, “mais do que os 230 milhões que o Estado perderá em receitas com o desdobramento dos segundo e terceiros escalões de IRS”, frisa o jornal.

O IUC – Imposto Único de Circulação é o que vai sofrer um maior aumento, da ordem dos 11%, com o Estado a prever receber neste capítulo mais de 395 milhões de euros – para 2017, estão previstas receitas de 356,2 milhões de euros com o IUC.

Já o ISV -Imposto sobre Veículos, que é pago aquando da compra de um carro novo, deverá render ao Estado 823,3 milhões de euros, “quase mais 50 milhões do que o montante previsto para este ano”, salienta o CM.

Por fim, o ISP – Imposto sobre Produtos Petrolíferos, que é pago aquando da compra de combustíveis, deverá render cerca de 3,6 mil milhões de euros em 2018, “mais 200 milhões de euros do que este ano”, sustenta o mesmo jornal.

Estes dados levam o responsável da ANECRA – Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel, Jorge Neves da Silva, a salientar ao CM que o aumento de impostos no sector automóvel “é sistemático”.

“O automóvel é sempre o bombo da festa”, queixa-se este elemento.

“Haver mais rendimento disponível para os trabalhadores e pensionistas é bom porque isso ajuda a aumentar as vendas, mas esse efeito é neutralizado pelo efeito dos impostos indirectos”, lamenta ainda Jorge Neves da Silva.

ZAP //

12 COMENTÁRIOS

  1. Um vez mais a generalidade dos portugueses “vai ser o bombo da festa” para o estado calar uma franja da sociedade – função pública.

    Vamos pagar todos para alguns…
    corta-se nas horas trabalhadas, aumenta-se na carga de pessoal e nos salários, oferece-se promoções da carreira baseada em anos de serviço e não pelo mérito na função…

    Viva o tuga

    • À classe media será, mas é sobretudo ao pobre que tem um carrito para as suas necessidades que é uma enorme fatia da população Portuguesa, a quem estes impostos fazem de facto diferença. Porque os médios estão habituados e aos ricos estes aumentos pouca diferença fazem, ou nenhuma. Isto é tirar aos pobres para dar aos funcionários publicos que têm bons ordenados, mas cujo numero de votantes conta. É uma pouca vergonha. É um assalto ao bolso do pobre. Chamam a isto socialismo?

      • Mas o que estás para aí a dizer??
        O pobre por ventura compra carros novos???
        Estamos a falar do IA que se paga quando compras um carro novo!!!!
        É preferível mil vezes baixarem o IRS e subir o IA. É que no IRS não tenho opção de escolha, sou taxado e pronto, enquanto que no IA posso decidir comprar ou não um carro novo!

  2. Pois, se os impostos sobre os automóveis irão render mais do que o Estado perderá em receitas com o desdobramento dos escalões de IRS, então ainda bem que quem paga esses impostos não são os portugueses, senão estavam lixados…

  3. E falando em descongelamentos para quando o descongelamento da tabela do isv. Ja custa lembrar mas ainda tenho vaga ideia de que á medida que os anos passavam,os carros iam descendo de escalao…
    Disso ninguem fala.

  4. Esta corja, que tanto criticou a austeridade do Coelho, tem desgovernado sempre com ela. Vejam a propaganda que eles fazem com a introdução de mais dois escalões no IRS e para compensar aumentam os impostos aos automóveis. Quanto ao pagar o subsidio de Natal em Novembro, já me estão a descontar desde Janeiro. Se tivessem mantido em duodécimos eu já cá tinha o dinheiro há muito tempo. Vão para o raio que os parta!!

  5. Isto para uma grande parte do povo não deixa de ser bem aplicado porque facilmente acreditam em feitiços, eu como não acredito que é possível fazer omeletes sem ovos continuo crente que depois de mais estes impostos outros hão-de surgir de novo para tapar os buracos abertos com a feitiçaria do milagre das rosas.

RESPONDER

É um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" proibir refeições em panteões

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, considerou hoje que seria um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" restringir totalmente "qualquer serviço de refeições nos panteões". "Concordo com as restrições, mas não na …

Surto de Legionella pode resultar em acusações por homicídio

A Veolia Portugal, responsável pela manutenção das torres de refrigeração do Hospital de São Francisco Xavier negou responsabilidade no surto de 'legionella', garantindo que "todos os procedimentos foram implementados corretamente". "Todos os procedimentos foram implementados corretamente …

Rui Santos "paineleiro com feitio de gaja", Bruno de Carvalho "machista preconceituoso"

A associação Capazes não poupou críticas ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, que acusa de "machismo, misoginia e homofobia", depois das violentas críticas que o presidente do Sporting endereçou a Rui Santos, comentador …

Detido diretor nacional do Tesouro angolano por suspeita de desvio de verbas

O diretor nacional do Tesouro angolano foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no âmbito de uma investigação policial a alegados desvios de verbas do Estado através de contratos celebrados com empresas fictícias. De acordo …

Milhares de contas russas no Twitter foram usadas para influenciar referendo do Brexit

Investigadores concluíram que nos dias anteriores à votação do referendo sobre o Brexit, centenas de contas falsas no Twitter com origem russa tentaram influenciar a decisão da saída do Reino Unido da União Europeia. De acordo …

Submarino militar argentino desapareceu com 44 pessoas a bordo

A Marinha da Argentina confirmou esta sexta-feira que está à procura de um submarino militar com 44 tripulantes, com o qual perdeu todo o o contacto há mais de 72 horas. O submarino militar argentino o …

Secretária de Estado desvaloriza "jantarinho" da Web Summit no Panteão

A secretária de Estado da Indústria desvalorizou o polémico jantar no Panteão Nacional e garante que nenhum membro do Governo esteve presente. "Não temos nada a ver com isso", afirmou à agência Lusa. A secretária de Estado …

Primeiro-ministro demissionário libanês acolhido em França

O primeiro-ministro demissionário libanês, que chegou este sábado a Paris procedente da Arábia Saudita, vai regressar ao Líbano na próxima quarta-feira para participar na festa nacional, informou a Agência Nacional de Notícias. Saad Hariri, que se …

Corte no subsídio de desemprego acaba em Janeiro

O fim do corte de 10% aplicado ao subsídio de desemprego vai entrar em vigor já a partir de Janeiro de 2018 e irá abranger todos os desempregados, incluindo os que já estão a receber …

Neblina de hidrocarbonetos de Plutão mantém planeta anão mais frio do que o esperado

A composição gasosa da atmosfera de um planeta geralmente determina a quantidade de calor que fica aí preso. No entanto, para o planeta anão Plutão, a temperatura prevista com base na composição da sua atmosfera …