Pequeno implante cerebral elétrico pode conseguir acordar pessoas em coma

Quando uma pessoa está em coma, pode conseguir despertar gradualmente. Porém, se o estado do coma se prolongar, é raro que se volta a ganhar consciência. Um novo estudo mostrou que há uma minúscula zona no cérebro que, ao ser estimulada, pode acordar pessoas inconscientes.

Há pessoas que podem nunca conseguir acordar de um coma, entrando num estado vegetativo, parecendo acordados mas sem sinais de consciência. Estes pacientes podem, eventualmente, aumentar o estado de consciência – ou ficar em estado vegetativo durante vários anos.

Para ajudar estas pessoas, os cientistas têm tentado descobrir onde reside a consciência no nosso cérebro. Saber isso não só resolveria uma das principais questões da neurociência, como também poderia ajudar a desenvolver tratamento para “despertar” pessoas em coma.

Exames ao cérebro sugerem que uma área chamada tálamo, que se localiza acima do tronco cerebral, desempenha um papel na consciência. Num artigo publicado este mês na revista científica Neuron, investigadores da Universidade de Wisconsin-Madison identificaram um pequena zona nessa região – com apenas alguns milímetros de tamanho – que, quando estimulada adequadamente, parece acordar macacos inconscientes.

Primeiro, os cientistas inseriram elétrodos no cérebro de macacos, registando atividades de várias áreas do cérebro de cada vez. Ao estudar os animais quando estavam acordados, a dormir ou anestesiados, delimitaram a região que parecia estar envolvida com a consciência a uma área dentro do tálamo, com apenas entre 1 a 1,5 milímetros de diâmetro e 3 a 4 milímetros de profundidade, chamada tálamo lateral central.

Em seguida, usaram uma abordagem chamada estimulação cerebral profunda em macacos anestesiados para fornecer pulsos elétricos a essa região. A estimulação cerebral profunda, que envolve a inserção cirúrgica de elétrodos no cérebro para administrar a estimulação elétrica intermitente, é um tratamento aprovado para a doença de Parkinson, por exemplo. Também foi experimentado em alguns pacientes em coma, mas ajudou apenas algumas pessoas.

Em contraste com essas tentativas, a equipa usou elétrodos muito mais pequenos para atingir com precisão o tálamo lateral central. Quando ativaram a estimulação, houve um efeito imediato nos macacos.

“Cerca de dois segundos após o início da estimulação, os animais começaram a abrir os olhos e fazer movimentos corporais”, disse Yuri Saalmann, professor assistente de psicologia da Universidade de Wisconsin-Madison, de acordo com o OneZero. “O animal olhou ao redor da sala como se estivesse a sair da anestesia normalmente, apesar do facto de haver uma administração contínua de uma dose relativamente alta de anestesia”.

Quando a estimulação foi desligada, os macacos voltaram ao estado inconsciente em segundos.

Antes desta abordagem ser tentada em pacientes em coma, a equipa de Saalmann precisa de fazer mais estudos com animais. Os investigadores querem fazer estudos para ver se conseguem manter os macacos conscientes durante mais tempo para executar determinadas tarefas. Saalmann espera adotar a abordagem para ensaios clínicos em pacientes em coma dentro de alguns anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Eutanásia começa a ser discutida. Deputados consideram pergunta "confusa" e "não" é quase certo

A discussão sobre a eutanásia começa hoje no Parlamento e estende-se até sexta-feira. A proposta, que conta com o apoio da Igreja Católica, deve ser chumbada, tendo em conta os sentidos de voto já conhecidos, mas …

Cabrita mantém auditoria sobre falhas na GNR e PSP em segredo

A auditoria "Cartografia de Risco", feita pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que detetou falhas na formação e organização na GNR e na PSP, continua em segredo no gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em …

Assassino publicou áudio a dizer que "vingou o profeta". Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança …

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …

Podemos acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos

O partido espanhol Podemos é acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos comerciais. A acusação consta num despacho do juiz de instrução Juan José Escalonilla, datado de 10 de setembro, ao qual a …

Shakhtar derrota Real Madrid. Em Espanha, comparam Zidane a Lopetegui

O Shakhtar Donetsk, treinado pelo português Luís Castro, surpreendeu e venceu o Real Madrid, por 2-3, no arranque da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os ucranianos chegaram a estar a vencer por três …

Se OE for chumbado, portugueses acreditam que a culpa é da esquerda

Se o Orçamento do Estado para 2021 for chumbado, os portugueses acreditam que a esquerda terá responsabilidades, segundo uma sondagem da Intercampus. De acordo com a sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios, CM e …