/

IMI vai voltar a subir (sobretudo em Lisboa e Porto)

3

SXC

-

O Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) deverá sofrer um novo agravamento, devido a uma das medidas previstas no projecto de Orçamento de Estado para 2016.

Em causa está o “travão da cláusula de salvaguarda” que é reposto no Orçamento de Estado para este ano, sublinha o Correio da Manhã na sua edição desta segunda-feira.

A localização dos imóveis vai ser um critério determinante para o aumento do IMI que deverá subir particularmente nos centros urbanos, nomeadamente em Lisboa e Porto.

A “subida do índice do sítio de construção dos imóveis gera valorização das casas pelo Fisco e agravamento do imposto”, constata o CM.

“Os novos coeficientes de localização só serão aplicados a prédios novos ou, relativamente a prédios não novos, quando existir (e se existir) novo pedido de avaliação”, nota o jornal citando o Ministério das Finanças.

Em reacção a estes dados, o presidente da Associação Nacional de Proprietários (ANP), António Frias Marques, destaca que “a reabilitação urbana considera os prédios como sendo novos e o VPT [Valor Patrimonial Tributário] vai ser calculado com base no novo coeficiente de localização”.

“O IMI vai aumentar, não temos dúvidas nenhumas”, vaticina António Frias Marques.

ZAP

3 Comments

  1. É vergonhoso que o Governo mais uma vez vai aproveitar do Contribuintes do Porto e Lisboa com o aumento do IMI para poder honrar os compromissos.
    em relação ao Porto a CM do Porto através do seu Presidente Rui Moreira não se venha gabar para o jornal de noticias que não cobre taxas da via pública quando estão a filmar telenovelas!.. Mas o se Homologo de Lisboa já cobra e não é pouco segundo o mesmo jornal diz que por ano anda a rodar 600 mil euros.
    Se o Governo quer dinheiro tem Três soluções ; primeiro é não dar reformas gordas, retirar subvenção vitalícia aos políticos, a segunda é pôr taxas aos clubes de futebol e empresas que fazem contratos milionários, e por ultimo a Câmara de Lisboa tem receita pelo que diz no jornal e ainda leva uma taxa a quem não seja de Lisboa a pernoitar lá.
    A CM do Porto o Presidente não se arme em irmã Teresa de Calcutá, pode e deve buscar a receita ás filmagens das telenovelas ou outras filmagens,

  2. E logo o IMI!, Para quem só anunciava benesses aqui vai mais um imposto simpático talvez com a intenção de acabar por pôr o resto dos portugueses daqui para fora, como se uma casa de habitação que nos custa imenso a pagar seja própria seja de aluguer nos esteja a dar rendimento, se já estava elevado pior vai ficar.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.