Há uma igreja no México que usa Coca-Cola nas suas cerimónias religiosas

Existe uma igreja no México que usa aquela que é provavelmente a bebida mais famosa do mundo para as suas cerimónias religiosas.

Parece uma brincadeira mas, no estado de Chiapas, no México, existe uma igreja já batizada de “Igreja da Coca-Cola”. Na realidade, este edifício religioso chama-se Igreja de São João Batista e fica localizada no município de San Juan Chamula.

De acordo com o Business Insider, esta igreja mistura o Catolicismo com uma religião local, em que os paroquianos acreditam que o arroto expurga o mal da alma. Não é preciso dizer mais nada, certo? Não há nada melhor do que uma bebida gaseificada para isso.

Há algumas décadas, o líderes desta igreja substituíram uma bebida alcoólica tradicional pela famosa bebida norte-americana durante a realização de cerimónias religiosas. Agora, a Coca-Cola também já é usada como decoração (e para fazer curas) na igreja.

Esta bebida com gás, que ou se gosta ou se odeia, já faz parte da cultura mexicana de muitas maneiras. O icónico logótipo vermelho com as letras brancas inspira várias coisas no país, quer seja em sinais de boas-vindas como em sinais de fontes escolares. Os pais até dizem aos seus “rebentos” para beber Coca-Cola quando estão doentes.

No entanto, nem sempre foi assim, como explica o site norte-americano. A Coca-Cola foi tornando-se mais popular no país de forma lenta, sobretudo depois de um dos trabalhadores da empresa no país – Vicente Fox – ter subido nas fileiras corporativas para se tornar presidente da Coca-Cola México e, um dia até, Presidente do país.

Fox começou a trabalhar na Coca-Cola em 1964 na parte das entregas. A empresa estava no México há décadas antes de a sua popularidade explodir. No início dos anos 70, uma campanha internacional levou-a às casas de todo o país. Na mesma altura, a marca também decidiu patrocinar os Jogos Olímpicos, realizados na Cidade do México, e o Campeonato Mundial de futebol.

Além disso, o México juntou-se ao Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA) em 1994, o que fez com que comprar Coca-Cola se tornasse muito mais barato. Em algumas partes do país, chegou a ser mais fácil e barato comprar a bebida do que água mineral. Muitas comunidades pobres precisavam de ingerir calorias, por isso, começaram a beber mais Coca-Cola.

Apesar de ter deixado a empresa em 1979, Fox afirmou que algumas das primeiras doações que recebeu durante a sua campanha presidencial foi da empresa norte-americana. O ex-funcionário foi eleito Presidente em 2000 e o seu trabalho à frente da Presidência deixou muitos mexicanos desapontados (por sua vez, a Coca-Cola “bombou” durante esse período).

Atualmente, segundo o Business Insider, um mexicano médio bebe mais de 700 copos de Coca-Cola por ano – quase o dobro do que os americanos bebem. E isso traz pontos negativos: as taxas de diabetes duplicaram no país entre 2000 e 2007.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados rebatizar dezenas de genes humanos por causa do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é parecida com fogo florestal, não com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …

Fair-play financeiro. UEFA mantém restrições ao FC Porto

A UEFA informou, esta sexta-feira, que o FC Porto "cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a época 2019/20" a nível do fair-play financeiro e que vai manter as restrições impostas ao clube azul e branco. "O …

Procuradora-geral de Nova Iorque quer dissolver NRA após investigação de fraude

A procuradora-geral de Nova Iorque anunciou, esta quinta-feira, ter movido um processo judicial contra a National Rifle Association (NRA), depois de uma investigação que mostra que os seus dirigentes desviaram milhões de dólares para benefício …

MP abre inquérito sobre surto em lar de Reguengos de Monsaraz

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito sobre o surto de covid-19 num lar em Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, que já provocou 18 mortos. Questionada pela agência Lusa, a Procuradoria-Geral da República (PGR) …

Ciclista Fabio Jakobsen já saiu do coma induzido

O ciclista holandês saiu do coma induzido, dois dias depois de uma violenta queda na primeira etapa do Tour da Polónia, que o deixou em estado grave e obrigou a uma cirurgia de cinco horas. "Temos …