Orbán diz que Hungria não cederá a “chantagem” da UE na questão dos migrantes

Patrick Seeger / EPA

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, acusou a União Europeia de condenar a Hungria por não querer ser um país de migrantes, rejeitando abdicar da defesa das fronteiras do seu país.

“Não cederemos à chantagem das forças que apoiam os migrantes contra a Hungria. A Hungria protegerá as suas fronteiras, parará a imigração ilegal e defenderá os seus direitos”, disse o líder húngaro em sessão plenária com os eurodeputados em Estrasburgo.

Nesta quarta-feira, o Parlamento Europeu vai decidir se ativa ou não o procedimento previsto no artigo 7º do Tratado da União Europeia, relativo à existência de um risco manifesto de violação grave dos valores europeus.

No documento elaborado por Judith Sargentini constam várias “preocupações” sobre  sobre “o funcionamento do sistema constitucional e eleitoral”, “a independência do judiciário” e várias liberdades individuais, bem como os direitos dos refugiados. Para a União Europeia, está em causa a violação de graves direitos europeus na Hungria.

O primeiro-ministro húngaro evitou abordar todos os pontos do documento, optando antes por um discurso de soberania. “O relatório que vocês têm fere a Hungria, fere o povo húngaro, fere a sua honra“, disse Orbán.

Para o líder da Hungria, o seu país vai ser condenado porque “os húngaros decidiram que não vão ser um país de migrantes”.

Orbán, que tem mantido uma linha dura quanto à receção de refugiados, acusou “as forças que apoiam os migrantes” de “chantagearem” o seu país, defendendo os valores cristãos da Hungria. “Construímos cercas, prendemos centenas de milhares de imigrantes ilegais, mas protegemos a Hungria e a Europa”, reiterou no Parlamento Europeu.

“Não vão condenar um Governo mas sim um país que faz parte da História dos países cristãos europeus há séculos”, declarou Orbán, assumindo reiterada a sua posição clássica de defensor da civilização cristã – face aos imigrantes muçulmanos.

“A Hungria vai ser punida por ter decidido que não vai ser um país de migrantes. Mas não deixarei de proteger a fronteira e de defender o povo húngaro. Todos os países têm o direito de organizar a vida no seu território”, acrescentou.

Num discurso inflamado, o primeiro-ministro húngaro anteviu que “a maioria [dos eurodeputados]” vai aprovar o relatório da comissão parlamentar das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos do PE, que considera que existe um risco manifesto de violação grave, pela Hungria, dos valores europeus.

A Hungria pode assim seguir os passos da Polónia, país onde a Comissão Europeia ativou o procedimento do artigo 7.º em dezembro, por encontrar preocupações quanto à violação de direitos. A longo prazo, esta ação pode implicar a suspensão do direito de voto do país na União Europeia.

ZAP // Lusa / RFI

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. somos todos hungaros…… de facto a uniao europeia esta podre, os seus dirigentes sao mafiosos discarçados corrompidos pelas promessas dos senhores da guerra e do petroleo…….infelizmente o que os comunistas e centristas portugueses disseram da UE…era verdade. infelizmente temos que , ao fim de 20 anos reconhecer a razao dos comunistas e dos centristas em denunciar a mafia instalada na conduçao da politica da europa . esta exigencia ` dos paises autorizarem emigraçao ilegal, legal especialmente dos paises muçulmanos, financiada pelos grandes mafiosos internacionais e destinada a auto destruiçao da europa a curto e medio prazo éabsurda e totalmente anti europeia.
    mesmo que nao seja possivel evitar a destruiçao do estado europeu cristao e pluralista… pelo menos podemos denunciar!!!!
    claro que o costa e seus aliados esfregam as maos de contentes….. com mais procura, as casas sobem a preços virtiginosos, os bens de 1 necessidade sobrem a cada mes que passa..e as taxas robles virao por ai a torto e a direito.
    os portugueses ja nao podem frequentar museus e monumentos nacionais , tal os preços proibitivos que estes sucias incrementaram.
    so falta taxarem as casas viradas a nascente, taxarem as cidades a beira mar, taxarem os apartamentos com vista para os rios e o atlantico……e talvez tambem alargarem a todas as multicacionais a possibilidade de anexarem as praias aos seus espaços de turismo. esta cambada bem conectada com a mafia europeia…nada mais resta…..
    agora temos que ser todos hungaros.
    antes sermos hungaros que termos que vir a ser adeptos de regimes totalitarios xenofobos racistas e opressores!!!!

RESPONDER

Cientistas produziram um processador quântico em larga escala feito apenas de luz

Uma equipa internacional de cientistas da Austrália, Japão e Estados Unidos produziu um protótipo de um processador quântico em larga escala feito apenas de luz laser. O mais recente processador quântico é baseado num projeto com …

FIFA investe 449 milhões de euros para desenvolver o futebol feminino

A FIFA anunciou que vai investir 500 milhões de dólares no desenvolvimento do futebol feminino. Em cima da mesa está uma Liga das Nações, um mundial de clubes e torneios para camadas jovens. A FIFA vai …

Escritor famoso escreve livro para ser lido apenas em 2114

O famoso escritor norueguês Karl Ove Knausgaard, autor de romances como A Morte do Pai e a Ilha da Infância, onde explora a sua história pessoal e o seu dia a dia, aceitou escrever um …

PS deverá aprovar recandidatura de Ferro à presidência da Assembleia da República

O Grupo Parlamentar do PS vai reunir-se na quinta-feira, com a presença do secretário-geral, António Costa, ocasião em que deverá aprovar a recandidatura de Ferro Rodrigues ao cargo de presidente da Assembleia da República. Fonte oficial …

Perito revela que arma que investigação diz que matou Luís Grilo foi adulterada

O perito que examinou a arma que, segundo o Ministério Público, António Joaquim usou para matar o triatleta Luís Grilo revelou hoje em tribunal que o revólver foi adulterado, não conseguindo garantir se essa foi …

Cientistas criam vasos sanguíneos artificiais funcionais

Cientistas nos Estados Unidos usaram impressão 3D para fabricar vasos sanguíneos funcionais que poderão vir a ser usados clinicamente em casos de doenças vasculares. O resultado das experiências é relatado num estudo publicado esta terça-feira no …

Ordem suspende durante seis meses obstetra do caso do bebé sem rosto

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos decidiu suspender preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves. A informação foi avançada à Lusa por fonte oficial da …

A China está a criar porcos gigantes (tão grandes como ursos polares)

https://vimeo.com/368036025 Porcos tão pesados como ursos polares. Esta é a solução encontrada por produtores chineses de porcos que tentam resolver o problema da falta de carne no mercado, muito por culpa da gripe suína africana dizimou …

Rússia e Síria vão partilhar controlo do nordeste sírio

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse hoje que a Turquia e a Rússia alcançaram um acordo pelo qual as forças curdas da Síria vão recuar 30 quilómetros a partir da zona fronteiriça do nordeste …

Câmara dos Comuns aprova acordo do Brexit (mas rejeita calendário apertado)

A Câmara dos Comuns aprovou esta terça-feira a primeira votação do acordo para o Brexit. No entanto, a calendarização da saída foi rejeitada numa segunda votação, deixando um impasse na data para o Brexit. Pela primeira …