Huawei acusa Estados Unidos de quererem levar empresa à falência

Rungroj Yongrit / EPA

A Huawei apresentou um processo para julgamento sumário, pedindo ao tribunal que revogasse parte da lei de autorização de defesa nacional por violação da própria Constituição norte-americana.

Esta quarta-feira, a gigante tecnológica chinesa Huawei instou Washington a “suspender a ação ilegal” contra a empresa, dizendo que as restrições norte-americanas são uma tentativa de levar a empresa à falência.

Os políticos norte-americanos estão “a usar a força de uma nação inteira para perseguir uma empresa privada”, acusou o diretor jurídico da Huawei, Song Liuping, numa conferência de imprensa em Shenzhen.

Segundo o Expresso, a gigante tecnológica apresentou um processo para julgamento sumário, pedindo ao tribunal que revogasse parte da lei de autorização de defesa nacional. A empresa alega que uma parte daquela lei federal norte-americana, que proíbe especificamente que agências governamentais usem a tecnologia da Huawei e da rival chinesa ZTE, viola a Constituição dos Estados Unidos ao destacar um indivíduo ou grupo para punição sem julgamento.

O Governo dos EUA não forneceu qualquer prova para mostrar que a Huawei é uma ameaça à segurança”, lembrou Song.

A empresa chinesa já tinha entrado com a ação judicial contra parte daquela lei federal mesmo antes de Washington ter aplicado uma proibição de exportação, em março. Há pouco mais de uma semana, o Departamento de Comércio dos EUA pôs a Huawei numa lista de empresas estrangeiras que alegadamente prejudicam a segurança nacional.

A proibição levou empresas como a Google a cortarem laços com a tecnológica chinesa, e em resultado, as principais operadores inglesas e japonesas também estão a atrasar o lançamento de smartphones Huawei.

Para Song, juntar a empresa a uma lista negra “estabelece um precedente perigoso”. “Hoje são as telecomunicações e a Huawei. Amanhã pode ser a sua indústria, a sua empresa, os seus consumidores.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Na África do Sul, há uma associação entre violência sexual e gravidez indesejada

Na África do Sul, as meninas que sofreram violência sexual têm maior probabilidade de relatar uma gravidez indesejada em comparação com aquelas que nunca sofreram violência sexual. Na África do Sul, a taxa de gravidez na …

Hackers russos associados ao ataque em hospital alemão que resultou na morte de uma paciente

O ataque informático num hospital alemão na semana passada, que resultou na morte de uma paciente em estado crítico, pode ter sido causado por um grupo russo com ligações ao crime cibernético. A informação é …

Paços 0-2 Sporting | “Leão” competente estreia-se com triunfo

Após o adiamento do jogo da primeira jornada ante o Gil Vicente, devido a vários casos de Covid-19 nas duas equipas, o Sporting estreou-se na Liga NOS 2020/21 e não vacilou. Na visita ao Paços de …

Medicamentos para a tensão arterial diminuem mortalidade em doentes com covid-19

Um estudo de meta-análise concluiu que medicamentos para a tensão arterial, ao contrário do que se pensava, reduzem a mortalidade em pacientes com covid-19. No início da pandemia, havia a preocupação de que certos medicamentos para …

A ilha mais povoada do Hawai pode perder 40% das suas praias até 2050

A subida do nível das águas do mar pode fazer com que a ilha mais povoada do Havai perca 40% das suas praias, alerta uma nova investigação. Em causa está a ilha de Oahu, a …

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …