Hospital de Lisboa deixou entrar pessoas sem máscara

Caroline Blumberg / EPA

O Hospital da Luz, em Lisboa, permitiu a entrada e circulação de pessoas sem máscara dentro das instalações. O hospital garante que foi um “erro humano” e que não voltará a acontecer.

A Rádio Renascença escreve, esta quinta-feira, que o Hospital da Luz, em Lisboa, autorizou a circulação de pessoas sem máscara. Ouvido pela rádio, João Carreiro esteve no hospital e foi testemunha do que aconteceu.

“Comecei a ver várias pessoas a entrar sem máscara. E, às sete e pouco da manhã, dirigi-me ao segurança e disse-lhe que a situação me deixava desconfortável. Que não queria arranjar problemas a ninguém, mas que lhe pedia se ele podia ter mais atenção”, explicou.

“[O segurança] disse que estava a cumprir ordens, que quem tinha entrado eram funcionários do hospital, que não eram controlados e entravam como queriam. E que os utentes que fossem para as urgências, se não tivessem máscaras, eles não tinham máscaras para dar até às sete e meia da manhã”, acrescentou o utente.

As pessoas perguntavam ao segurança se também podiam entrar sem máscara, ao que o trabalhador permitia. Este comportamento, notou João Carreiro, ia claramente contra as indicações da Direção-Geral de Saúde. A justificação dada era que a aplicação do plano de segurança da covid-19 era feita apenas em algumas horas do dia.

“A urgência está aberta 24 horas e as regras funcionarem só num período do dia não faz qualquer sentido. São as pessoas em quem confio que têm mais cuidado [os funcionários] e vi que entram ali sem qualquer atenção”, disse à Renascença.

Face a esta situação, o utente preencheu uma queixa no livro de reclamações e chamou a PSP.

O hospital não nega que isto tenha acontecido, embora garante que não tenha passado de um mal-entendido, que provocou um “erro humano”.

Pedro Libano Monteiro, administrador executivo do Hospital da Luz, garante que não voltará a repetir-se. Numa situação como esta, explica, as pessoas normalmente são alertadas para a importância do cumprimento das regras.

“Todas as pessoas, utentes e colaboradores devem sempre usar sempre a máscara e é obrigatório o seu uso dentro das instalações”, garante Pedro Libano Monteiro.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. É triste mas tenho visto este comportamento tb em profissionais de hospitais do sns. Uns usam máscaras outros não em zonas de convívio e onde se come, assim como em zonas de acesso. Principalmente nas unidades de internamento.

  2. “Pedro Libano Monteiro, administrador executivo do Hospital da Luz, garante que não voltará a repetir-se”, pelo que, se isto foi uma repetição, podemos concluir que já tinha acontecido anteriormente.

  3. Com certeza que aconteceu! De contrário teriam dito isto “não voltará a acontecer” ou “não se repetirá!” Talvez haja algum interesse da parte do hospital em que o número de doentes aumente!

RESPONDER

China multa Alibaba em 2,33 mil milhões de euros por violações antimonopólio

As autoridades chinesas multaram o gigante' de comércio online Alibaba em 18,2 mil milhões de yuan (equivalente a 2,33 mil milhões de euros) por abuso de posição dominante, noticiou este sábado a imprensa estatal na …

PSD disse "não" ao Chega no continente, mas não nos Açores. Rio teme "impacto nacional"

O PSD rejeitou acordos autárquicos com o Chega no continente e a possibilidade de coligações no arquipélago dos Açores entram em choque frontal com política autárquica da direção do partido de Rui Rio. Na quarta-feira, quando …

Dezenas de pessoas estiveram presentes no último adeus do "sempre fundamental" Jorge Coelho

Várias dezenas de pessoas compareceram este sábado de manhã na Basílica da Estrela para a missa de corpo presente do antigo dirigente e ministro socialista Jorge Coelho, "um elemento sempre fundamental nos momentos mais difíceis …

Desconfinamento já se faz sentir nos internamentos. R(t) já está acima de 1

O número de casos está a aumentar e este efeito já se começa a sentir nos internamentos. Esta foi a segunda semana consecutiva com aumento de casos, com uma média de 495 novos casos diários. De …

Plano contra o racismo. Bloco de Esquerda é o único partido a favor de quotas no ensino superior

O Governo colocou em consulta pública o Plano de Combate ao Racismo e Discriminação, que prevê que alunos socialmente desfavorecidos poderão aceder ao Ensino Superior através de contingente especial. O Bloco de Esquerda é o …

Novo Banco vendeu carteiras ao melhor preço (e só depois avaliou conflitos de interesses)

A venda das três carteiras de crédito do Novo Banco em 2019 foi feita pelo preço mais alto e em conformidade com o Acordo de Capitalização Contingente (CCA), segundo a auditoria da Deloitte às operações. “Nos …

UE investiga possível ligação entre tromboses e vacina da Johnson&Johnson nos EUA

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou esta sexta-feira ter iniciado uma investigação sobre casos de coágulos sanguíneos após toma da vacina da Johnson & Johnson/Janssen contra a covid-19, antes de o fármaco estar disponível …

Cabras

"É um terror. Nunca vi disto". Relâmpago matou 68 cabras no Alto Minho

Um relâmpago matou 68 cabras na freguesia de Gondoriz, em Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo. O pastor que perdeu os animais, Dário Silva, diz que, em "40 anos de serra", nunca viu …

Placa de pedra da Idade do Bronze poderá ser o mapa mais antigo da Europa

Uma placa de pedra da Idade do Bronze, redescoberta em 2014 em França, poderá ser o mapa tridimensional mais antigo já conhecido da Europa. De acordo com a BBC, a laje de pedra, conhecida como placa …

TAP conclui programa de rescisões (e lança nova ronda de medidas para evitar despedimento coletivo)

A TAP concluiu o programa lançado para redimensionar o corpo de trabalhadores da companhia e ficou com 750 postos de trabalho preservados e 690 adesões ao programa voluntário de medidas laborais. Num comunicado interno assinado pelo …