Homens ficam mais stressados quando esposas ganham quase tanto como eles

Um novo estudo sugere que o homem fica mais stressado quando a mulher ganha mais do que 40% do rendimento do casal. Em sentido contrário, ficam menos ansiosos quando a esposa ganha menos do que essa percentagem.

Num estudo desenvolvido com 6 mil casais norte-americanos durante 15 anos, os investigadores repararam numa estranha tendência. Quando o salário das mulheres representava mais do que 40% dos vencimentos do casal, os homens tendiam a estar mais stressados e ansiosos.

Se já havia a ideia preconcebida de que os homens não gostavam quando as suas esposas ganhavam mais do que eles, essa teoria intensifica-se com este novo estudo. Aliás, nem precisam de ganhar mais, basta ganharem quase tanto quanto eles.

De acordo com o Tech Explorist, os investigadores notaram ainda que a situação era ainda mais extrema quando os homens dependiam totalmente das mulheres a nível económico. O estudo foi levado a cabo por cientistas da Universidade de Bath e publicado no mês passado na revista científica Personality and Social Psychology Bulletin.

“Estas descobertas sugerem que normas sociais sobre o rendimento familiar masculino — e convenções tradicionais sobre homens que ganham mais do que as esposas — podem ser perigosas para a saúde dos homens. Também mostra quão fortes e persistentes são as normas de identidade de género”, reconheceu a autora do estudo, Joanna Syrda.

“A angústia persistente pode levar a muitos problemas adversos à saúde, incluindo doenças físicas e problemas mentais, emocionais e sociais“, acrescentou. A economista notou ainda que noutras sociedades, diferentes normas podem-se aplicar, de forma que os resultados podem ser distintos.

Este stress acrescido não se verifica quando antes de casarem, a mulher já ganha mais do que o homem e a diferença entre salários está bem clara para os maridos.

Apesar de ainda haver grandes disparidades salariais entre homens e mulheres, a situação tem-se vindo a dissipar gradualmente nas últimas décadas. Segundo um estudo estatístico, se nos anos 80, apenas 13% das mulheres casadas ganhavam mais do que os maridos, em 2017, esse valor já era próximo de um terço.

“As consequências das inversões de papéis tradicionais de género nos casamentos associados aos rendimentos mais altos das esposas abrangem várias dimensões, incluindo saúde física e mental, satisfação com a vida, fidelidade conjugal, divórcio e poder de negociação conjugal”, explicou Syrda.

Além disso, a investigadora nota que a masculinidade está “intimamente ligada à visão convencional do homem como ganha-pão” da família.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …