Hoje é o dia do Brexit. Parlamento Europeu pode vetar acordo

Tom Evans / Crown Copyright

Theresa May, primeira-ministra britânica

Theresa May, primeira-ministra britânica

Esta quarta-feira, o Reino Unido entregou oficialmente em Bruxelas o pedido para sair da União Europeia, de acordo com o artigo 50º do Tratado de Lisboa. A carta foi entregue em mãos a Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu.

O dispositivo previsto no tratado europeu determina que as duas partes têm dois anos para chegar a um acordo sobre os termos da separação, que poderá ter implicações políticas, jurídicas, económicas e financeiras.

A cerimónia de entrega da carta assinada pela primeira-ministra Theresa May ao presidente do Conselho Europeu não foi transmitida pelo serviço audiovisual das instituições europeias.

Tusk, que fará em breve uma declaração à imprensa, já indicou que nas próximas 48 horas apresentará um esboço das diretrizes para as negociações, tendo já agendado para 29 de abril uma cimeira para definir as posições da União Europeia a 27 nas negociações sobre a saída do Reino Unido do bloco europeu.

As negociações devem começar em maio, e Theresa May diz que pretende alcançar um “acordo antecipado” para garantir a manutenção dos direitos dos cidadãos da UE que vivem no Reino Unido e dos cidadãos britânicos que vivem noutros Estados-membros.

“Este é um momento histórico que é irreversível. Este é o momento de nos unirmos”, disse May, apelando à unidade nacional.

Parlamento Europeu vai vetar Brexit se existir perda imediata de direitos dos europeus

O Parlamento Europeu vai vetar qualquer acordo do Brexit que impeça imediatamente os cidadãos da União Europeia de irem para o Reino Unido e terem os mesmos direitos de trabalho e residência como os europeus que já se encontram no país.

Segundo o jornal britânico The Guardian, o principal negociador do Brexit por parte da União Europeia, Michel Barnier, e os parlamentares europeus estão preocupados com os relatórios onde o governo britânico notifica oficialmente a UE do dia 29 de março como o “cut-off date” – o que pode limitar a livre circulação de pessoas.

Os eurodeputados entendem que os cidadãos devem manter os seus direitos intactos enquanto o Reino Unido continuar a fazer parte da UE, mas o governo britânico tem receio de que exista um grande fluxo de imigração durante os próximos dois anos de negociações.

Reino Unido deve “acertar contas” antes de sair da UE

No entanto, na passada quarta-feira o representante da Comissão Europeia nas negociações para a saída britânica disse que o Reino Unido deve chegar a um acordo sobre o que deve à União Europeia antes de negociar parcerias comerciais para o período pós-Brexit.

“Vou ser muito claro. Quando um país deixa a União Europeia não há punição, não há nenhum preço a pagar para sair. Mas temos de acertar contas, nem mais, nem menos”, afirmou Michel Barnier em Bruxelas, durante um discurso no Comité das Regiões, órgão que integra representantes locais e regionais da União Europeia (UE).

Michel Barnier referiu que o Reino Unido tem obrigações pendentes ao nível do financiamento regional, dos fundos de desenvolvimento e do plano de investimento proposto pelo presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker, compromissos comunitários que representam no seu total mais de 600 mil milhões de euros.

O designado Brexit – que representa a primeira saída de um Estado-membro na história do projeto europeu, iniciado há 60 anos – decorre do resultado do referendo de 23 de junho de 2016, quando 52% dos eleitores votaram pela saída do país da UE, derrotando os 48% que preferiam a permanência.

A saída do Reino Unido da UE deverá ficar concluída a 29 de março de 2019, a não ser que os restantes 27 Estados-membros concordem em ampliar o prazo das negociações.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Eu penso que a saída do Reino Unido da UE está a dar muito mais que falar no continente sobretudo por cá do que no próprio Reino Unido!.

RESPONDER

Contribuintes têm até hoje para validar agregado familiar

Os contribuintes têm até esta sexta-feira para validarem a composição do seu agregado familiar. Apesar de o prazo ter terminado no dia 15, serão considerados pela Autoridade Tributária os dados comunicados durante o dia de …

Morreu aos 61 anos João Ataíde, deputado do PS

João Ataíde, juiz e atual deputado do Partido Socialista (PS) morreu esta sexa-feira em casa, em Coimbra, por volta das 7h. O deputado tinha 61 anos e esteve no debate sobre a eutanásia no Parlamento, …

Pela primeira vez, os cientistas tornaram transparentes órgãos humanos

Normalmente, para obter uma resposta clara sobre o que passa dentro dos nossos órgãos, são necessários cortes profundos. Porém, agora, os cientistas conseguiram tornar órgãos humanos transparentes, para conseguir espreitar para dentro deles sem o …

Primeiro-ministro da Irlanda renuncia (mas aguarda novo governo)

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, anunciou na noite desta quinta-feira a sua renúncia, mas continuará no cargo até a formação de um novo governo, após os resultados das recentes eleições legislativas. "Leo Varadkar apresentou esta …

Conselho da Europa contra extradição de Assange para os Estados Unidos

A extradição de Julian Assange para os Estados Unidos, onde é acusado de espionagem, terá um “efeito paralisador na liberdade de imprensa”, alertou esta quinta-feira a comissária para os direitos humanos do Conselho da Europa, …

O vulcão "Garganta de Fogo" do Equador pode entrar em colapso

O vulcão Tungurahua do Equador, um dos mais ativos e perigosos da América do Sul, está a mostrar sinais precoces de um potencial colapso parcial. A atividade recente do vulcão levou a uma rápida e significativa …

Astrónomos detetaram oxigénio fora da Via Láctea pela primeira vez

Os astrónomos detetaram oxigénio numa galáxia a mais de 500 milhões de anos-luz da Via Láctea. Esta é terceira deteção deste género fora do Sistema Solar - e a primeira fora da nossa galáxia. O oxigénio …

Robô transpira para regular a própria temperatura

As peles robóticas acabam de ficar ainda mais parecidas com as peles humanas: agora, conseguem regular a sua própria temperatura. Para a grande maioria dos robôs, funcionar durante longos períodos de tempo sem correr o risco …

Sim, as pessoas ficam mais bonitas quando estamos bêbados

Uma investigação acaba de provar a teoria dos "óculos de cerveja": depois de ingerirmos álcool, as outras pessoas tornam-se mais atraentes para nós. Uma equipa de investigadores da Edge Hill University, no Reino Unido, resolveu investigar …

Leverkusen 2-1 vs FC Porto | Luis Díaz mantém “dragão” à tona

  O FC Porto perdeu na Alemanha, na visita ao Bayer Leverkusen, por 2-1, e tem tudo em aberto na perspetiva de chegar aos oitavos-de-final da Liga Europa. Após uma primeira parte difícil, na qual praticamente não …