Há dois corpos celestes a caminho da Terra

NASA/JPL-Caltech

Conceito artístico do 2016 WF9 passando por Júpiter em direção ao Sol

Os astrónomos da missão espacial Neowise descobriram que dois corpos celestes estão a aproximar-se rapidamente da Terra, informou a NASA.

O primeiro objeto descoberto, o cometa C/2016 U1 (Neowise), detetado pela primeira vez em outubro, vai chegar ao ponto mais próximo do Sol no dia 14 de janeiro.

Segundo um membro da NASA, Paul Chodas, “há uma boa hipótese de o cometa se tornar visível através de um bom par de binóculos, mas não há certezas porque o brilho do objeto é imprevisível”.

Quanto ao segundo objeto, o 2016 WF9, os cientistas ainda não verificaram a sua origem e estão a tentar desvendar se é um cometa ou um asteroide. Tem um quilometro de diâmetro e foi observado em novembro deste ano.

Os especialistas afirmam que o objeto se assemelha a um cometa devido à sua órbita, mas parece não possuir a nuvem característica de pó e gás que define um cometa.

Mas o que se sabe é que esse objeto vai alcançar a órbita da Terra no dia 25 de fevereiro e irá aproximar-se do nosso planeta a uma distância de 51 milhões de quilómetros (100 vezes mais que a distância entre a Terra e a Lua).

Os dois objetos foram descobertos com o Wide-field Infrared Survey Explorer (WISE), um telescópio espacial da NASA recetor de ondas infravermelhas.

Nenhum dos corpos celestes representa qualquer perigo para a Terra, garantem os cientistas do programa Neowise.

O telescópio esteve em funcionamento de 14 de dezembro de 2009 até 17 de fevereiro de 2011, altura em que a sua transmissão foi desligada.

Em agosto de 2013, a NASA decidiu reativar o WISE para uma nova missão de três anos, com a finalidade de procurar asteroides que podem, eventualmente, colidir com a Terra.

ZAP // NASA / Sputnik News

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pois, então não é bem a caminho da Terra, como o título indica, é mais a aproximarem-se da Terra.
    Porque é que é tão difícil transmitir as coisas como elas são, optando-se tantas vezes por induzir o erro? Os meios de comunicação social não deveriam fazer exactamente o oposto, isto é, contribuir para o máximo esclarecimento possível?

  2. Correcto, os meus de comunicação são os responsóveis pela má informação jornalística através de comunicação que induz em erro, podendo criar pavor ou medo nos seus leitores. Os responsáveis das redacções não deviam deixar passar esta produção abusiva de acontecimentos tornando a informação um sinónimo de espectáculo.

  3. Acho que não deveria divulgar esse tipo de reportagem sem ter absoluta certeza do que dizem pois as pessoas ficam com medo eu mesmo tenho síndrome do pânico e estou desesperada e uma coisa fora do normal deviam esclarecer os fatos

  4. No Espaço não á Só Estrelas e Planetas. Existe Corpos Celeste Perigosos que Merecem a Nossa Atenção.
    Desde Asteróides, Cometas, Meteoritos sabendo Pouco Deles.
    Temos andado a Estuda-los, mas o Próximo Passo será Proteger a Terra e a Lua.
    De eventuais Colisões o que seria uma Grande Catástrofe.
    Através de Estudos e o uso da Tecnologia seremos Capazes de Protegermos?

"Marte está vivo". Sonda InSight regista mais de 170 eventos sísmicos no Planeta Vermelho

Resultados dos primeiros dez meses de exploração da sonda InSight da NASA revelaram que o Planeta Vermelho é um mundo com atividade sísmica ativa. "Marte está vivo e a cada diz que passa começo a ter …

Um planeta pode ter sido "roubado" do Sistema Solar

Uma nova análise de astrónomos da Universidade Stony Brook, em Nova Iorque, revelou que as estrelas "roubam" planetas umas às outras - e isso também poderá ter acontecido no nosso próprio Sistema Solar. Quase tudo o …

Netflix passa a mostrar "top 10" diário de séries e filmes

A Netflix disponibiliza, desde esta segunda-feira (24), uma nova feature para os utilizadores do serviço de streaming: uma lista com os 10 filmes e as 10 séries mais vistas no país em cada dia. Esta nova …

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …