Há dois corpos celestes a caminho da Terra

NASA/JPL-Caltech

Conceito artístico do 2016 WF9 passando por Júpiter em direção ao Sol

Os astrónomos da missão espacial Neowise descobriram que dois corpos celestes estão a aproximar-se rapidamente da Terra, informou a NASA.

O primeiro objeto descoberto, o cometa C/2016 U1 (Neowise), detetado pela primeira vez em outubro, vai chegar ao ponto mais próximo do Sol no dia 14 de janeiro.

Segundo um membro da NASA, Paul Chodas, “há uma boa hipótese de o cometa se tornar visível através de um bom par de binóculos, mas não há certezas porque o brilho do objeto é imprevisível”.

Quanto ao segundo objeto, o 2016 WF9, os cientistas ainda não verificaram a sua origem e estão a tentar desvendar se é um cometa ou um asteroide. Tem um quilometro de diâmetro e foi observado em novembro deste ano.

Os especialistas afirmam que o objeto se assemelha a um cometa devido à sua órbita, mas parece não possuir a nuvem característica de pó e gás que define um cometa.

Mas o que se sabe é que esse objeto vai alcançar a órbita da Terra no dia 25 de fevereiro e irá aproximar-se do nosso planeta a uma distância de 51 milhões de quilómetros (100 vezes mais que a distância entre a Terra e a Lua).

Os dois objetos foram descobertos com o Wide-field Infrared Survey Explorer (WISE), um telescópio espacial da NASA recetor de ondas infravermelhas.

Nenhum dos corpos celestes representa qualquer perigo para a Terra, garantem os cientistas do programa Neowise.

O telescópio esteve em funcionamento de 14 de dezembro de 2009 até 17 de fevereiro de 2011, altura em que a sua transmissão foi desligada.

Em agosto de 2013, a NASA decidiu reativar o WISE para uma nova missão de três anos, com a finalidade de procurar asteroides que podem, eventualmente, colidir com a Terra.

ZAP // NASA / Sputnik News

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pois, então não é bem a caminho da Terra, como o título indica, é mais a aproximarem-se da Terra.
    Porque é que é tão difícil transmitir as coisas como elas são, optando-se tantas vezes por induzir o erro? Os meios de comunicação social não deveriam fazer exactamente o oposto, isto é, contribuir para o máximo esclarecimento possível?

  2. Correcto, os meus de comunicação são os responsóveis pela má informação jornalística através de comunicação que induz em erro, podendo criar pavor ou medo nos seus leitores. Os responsáveis das redacções não deviam deixar passar esta produção abusiva de acontecimentos tornando a informação um sinónimo de espectáculo.

  3. Acho que não deveria divulgar esse tipo de reportagem sem ter absoluta certeza do que dizem pois as pessoas ficam com medo eu mesmo tenho síndrome do pânico e estou desesperada e uma coisa fora do normal deviam esclarecer os fatos

  4. No Espaço não á Só Estrelas e Planetas. Existe Corpos Celeste Perigosos que Merecem a Nossa Atenção.
    Desde Asteróides, Cometas, Meteoritos sabendo Pouco Deles.
    Temos andado a Estuda-los, mas o Próximo Passo será Proteger a Terra e a Lua.
    De eventuais Colisões o que seria uma Grande Catástrofe.
    Através de Estudos e o uso da Tecnologia seremos Capazes de Protegermos?

Responder a Pois Cancelar resposta

Parlamento tem dois deputados infetados, um inconclusivo e quatro isolados

O parlamento informou esta terça-feira ter sido notificado da existência de dois deputados com teste positivo ao novo coronavírus, um com teste inconclusivo, que será repetido, e ainda outros quatro em isolamento profilático por determinação …

Proibição de circulação. Governo rejeita ter "vários pesos e várias medidas"

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, rejeitou esta terça-feira que o Governo tenha “vários pesos e várias medidas” tendo em conta as exceções à circulação dos cidadãos entre concelhos entre 30 de outubro e …

Pfizer pode ter vacina ainda neste ano. Guterres exige que esteja “disponível e acessível” para todos

A farmacêutica Pfizer está otimista em relação à perspetiva de fornecer uma vacina contra a covid-19 ainda em 2020. O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, exigiu que esteja “disponível” e “acessível” para todos. Albert Bourla, …

Nem um carro consegue esmagar este besouro indestrutível

O diabólico besouro de ferro tem um dos mais resistentes exoesqueletos naturais. A forma como este animal consegue sobreviver pode inspirar o desenvolvimento de novos materiais com a mesma dureza. Engenheiros da Universidade da Califórnia e …

OSIRIS-REx recolheu demasiadas amostras do Bennu (e está a perder parte delas)

A NASA revelou que a sonda OSIRIS-REx conseguiu recolher uma grande amostra de partículas do asteróide Bennu - tanto material que fez com que a tampa do compartimento não fechasse corretamente. Na semana passada, a sonda …

Cientistas captam atmosfera de um extraordinário exoplaneta que não deveria existir

Uma equipa de cientistas da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos, captou a atmosfera de um exoplaneta "que não deveria existir" ao analisar dados do telescópio TESS da agência espacial norte-americana (NASA). O planeta em causa …

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …