Há cada vez mais portugueses sem dinheiro para pagar luz e água

iStock

O número de portugueses com dívidas, nomeadamente nas contas de electricidade, água e telecomunicações, aumentou em mais de 50%, no que se refere a pagamentos em falta inferiores a 500 euros.

Estes dados têm por base o número de dívidas registadas no Balcão Nacional de Injunções, uma secretaria-geral do Ministério da Justiça que regista electronicamente os pedidos de injunção existentes.

A injunção é um processo que permite aos credores agilizarem o processo de recebimento dos valores em dívida, sem que seja preciso que o processo passe pelo tribunal, o que fica também mais barato.

De acordo com dados do Jornal de Notícias, o número de injunções “aumentou em 2014, para 206.980, face ao ano anterior (185.024)“.

“Os processos que mais contribuíram para este aumento dizem respeito a dívidas de montante inferior a 500 euros”, afiança o mesmo jornal, notando que se verificou neste capítulo “um aumento de 54%“.

Em 2014 deram entrada no Balcão Nacional de Injunções “um total de 62.164 processos de valores inferiores a 500 euros, quando em 2013 o total de processos para esse montante foi de 40.399 processos”, frisa o JN.

Entre estas dívidas estão muitos casos de facturas da luz, da água e das telecomunicações, cujo aumento tem sido verificado pela DECO, conforme aponta a coordenadora do Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado (GAS), Natália Nunes, ao diário.

“São cada vez mais as pessoas que pedem ajuda na associação com contas de água, luz, gás e telecomunicações para pagar. Muitas delas já em fase de injunção. No entanto, e apesar do reconhecimento da existência da dívida, não têm dinheiro para pagar”, explica Natália Nunes.

A responsável da DECO sustenta que há muitos pedidos de ajuda “para resolver problemas de dívidas de serviços essenciais, normalmente de pessoas que já deixaram de pagar todos os outros créditos e agora falham estes”.

“Optam por deixar de pagar a luz, porque normalmente esta é a factura que mais pesa no orçamento familiar, depois vem a água e, por fim, os chamados pacotes de telecomunicações”, acrescenta a coordenadora da DECO.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Portugal (e os portugueses de menos recursos) a caminho da situação da Grécia ( e dos gregos mais pobres) a passos largos e sem perspectiva de vir a ter um Governo que trave esta “gula chinesa” ou o próximo desastre de aumentos na água com a entrega aos privados.
    As eleições de Outubro não serão solução (pois este Governo já vendeu/entregou todos os negócios aos estrangeiros -já só faltam os transportes públicos) mas poderão ser uma esperança se houver uma grande votação nos partidos que impeçam a maioria absoluta de qualquer um dos do “arco do poder”.
    Senão só restará ao Povo a luta e uma nova REVOLUÇÃO!

RESPONDER

Bruno Fernandes critica horário tardio dos jogos do campeonato

No final da partida com o SC Braga, Bruno Fernandes falou aos jornalistas e aproveitou para criticar o horário tardio de alguns jogos do campeonato. A partida começou às 21h. Este domingo, 12 jogos depois, o …

Protesto em Hong Kong juntou mais de 1,7 milhões de manifestantes

Mais de 1,7 milhões de pessoas manifestaram-se no domingo, em Hong Kong, informou o movimento pró-democracia que tem liderado os grandes protestos contra a lei da extradição, desde o início de junho. Em conferência de imprensa, …

Medvedev entra no top 5 mundial do ténis. Pedro Sousa sobe 23 lugares

Medvedev, de 23 anos, que nunca tinha vencido um torneio de categoria Masters 1000, subiu três posições e figura pela primeira vez entre os cinco primeiros da tabela. O russo Daniil Medvedev, vencedor do torneio Masters …

Só 2% das escolas em Portugal têm desfibrilhadores

Apenas 129 dos 5.909 estabelecimentos de ensino em Portugal têm desfibrilhadores automáticos externos (DAE), o que representa 2,1%. Os dados recolhidos pelo Jornal de Notícias são do INEM, que assegura ainda que nas comunidades escolares existem …

Cerca de oito mil pessoas retiradas da Grã Canária devido a incêndio

Cerca de oito mil pessoas foram retiradas das suas casas em várias cidades no norte da Grã Canária na sequência do incêndio florestal que lavra desde sábado naquela ilha espanhola. De acordo com a agência de …

Guerra aberta no PSD/Porto. Líder local desafiado a demitir-se

Hugo Neto escreveu mensagem dura contra Rui Rio e agora recebeu uma carta de militantes do Porto pedindo-lhe que se demita, acusado de falta de "caráter, lealdade, responsabilidade e espírito de serviço". "Expostos os motivos pessoais, …

SNMMP promete greve cirúrgica caso acordo com a Antram falhe

Caso as negociações entre o SNMMP e a Antram falhem, o sindicato poderá voltar a fazer greve. Rui Rio acusou o Governo de montar "um circo com fins eleitorais". Depois de no domingo o Sindicato Nacional …

Taxa das bebidas açucaradas subiu preços (mas não reduziu hábitos de consumo)

Apesar dos aumentos de preço impostos aos refrigerantes, devido à taxa introduzida pelo Governo em 2017, não foram registadas menos vendas. O objetivo da medida, que pretendia incentivar a redução do consumo de bebidas açucaradas, parece …

Caos, fronteiras fechadas e falta de combustível, comida e medicamentos. Eis os efeitos do Brexit sem acordo

Documentos oficiais divulgados este domingo pelo jornal Sunday Times alertam que uma saída do Reino Unido da União Europeia (UE) sem acordo vai implicar um período de escassez de combustível, alimentos e medicamentos e o …

A NASA já escolheu os lugares de pouso no “Asteróide do Apocalipse”

Depois de mais de oito meses a explorar o asteróide Bennu, também conhecido como o "Asteróide do Apocalipse", a NASA já escolheu quatro áreas na sua superfície onde a nave espacial da missão OSIRIS-REx irá …