Guimarães vê perigo em pedreiras e fecha estrada. Ministério do Ambiente não

Rui Minderico / Lusa

A freguesia de Airão Santa Maria tem uma estrada encerrada entre duas pedreiras desde março. A Câmara Municipal de Guimarães entendeu que estava em causa a segurança da população e mandou cortar o caminho com efeitos imediatos.

Os técnicos do Ministério do Ambiente tinham estado no local uns meses antes, mas só mandaram colocar vedações nas pedreiras, segundo um dos proprietários. As duas pedreiras em causa não constam da lista do Governo com pedreiras em situação crítica.

“Identificado o problema – grave – de segurança relativa à circulação de pessoas e veículos (o que foi feito pelos técnicos municipais no âmbito do trabalho que estava a ser realizado) a Câmara procedeu a uma avaliação que resultou na necessidade de imediato se proceder ao corte do arruamento”, responde o município ao Observador.

O corte da via foi realizado pela Proteção Civil Municipal, mas o presidente da Junta de Freguesia, Marçal Salazar, não conhece exatamente o motivo e queixa-se de nunca ter visto o relatório que levou a esta decisão.

“A questão da segurança para nós é primordial, mas mais do que isso não sei dizer porque não tenho acesso ao relatório”, explicou Marçal Salazar. Assim, entende os protestos da população, obrigada a mudar as rotinas por causa da estrada fechada. Para as pessoas que não assistiram a qualquer problema naquela pedreira e que não entendem qual o risco neste momento, o maior problema é terem de fazer um desvio de um ou dois quilómetros pela via alternativa.

A estrada está cortada desde 26 de março, segundo o Jornal de Notícias, e, aparentemente, ainda não há uma solução para o problema, apesar dos apelos do presidente da Junta.

Domingos Pinheiro, que explora uma das pedreiras junto à estrada, critica o corte da estrada e o facto de nunca ter sido chamado para uma reunião no município. Todas as comunicações que recebeu da câmara foram sobre as vedações, que já tinha colocado por ordem do Ministério do Ambiente. “Antes de fecharem a estrada, já eu tinha vedado aquilo”, disse Domingos Pinheiro.

O acidente na estrada nacional 255, em Borba, com a morte de cinco pessoas, em novembro de 2018, lançou o alerta para o risco das pedreiras em todo o país. A Câmara Municipal de Guimarães decidiu prontamente fazer um levantamento da situação das pedreiras do concelho, incluindo as que não estão sob a alçada do município, ou seja, as que são fiscalizadas pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), tutelada pelo Ministério do Ambiente e Transição Energética. As preocupações principais do município eram a segurança e as questões ambientais.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tim Cook acaba de se juntar ao clube dos milionário à boleia de recorde histórico da Apple

O diretor-executivo (CEO) da Apple, Tim Cook, acaba de se juntar à lista de multimilionários do mundo, depois de a gigante tecnológica norte-americana atingir um valor de mercado histórico. De acordo com os cálculos da …

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …