Guerra comercial entre EUA e China pode vir a destruir 13 milhões de hectares da Amazónia

A floresta da Amazónia pode vir a ser a maior vítima da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. Em causa está a produção da soja necessária para abastecer o mercado chinês.

Há um anos, Estados Unidos e China envolveram-se numa autêntica guerra comercial. Donald Trump subiu as tarifas sobre o aço e alumínio oriundos da China e criou taxas sobre alguns produtos tecnológicos, enquanto que a China subiu as tarifas de importação de carne de porco, fruta e outros produtos dos Estados Unidos.

No entanto, a floresta da Amazónia, no Brasil, pode vir a ser a maior vítima – segundo o Público, pelo menos 13 milhões de hectares da floresta tropical teriam de ser “desocupados” para que o Brasil e outros exportadores preenchessem o défice de oferta de soja à China.

Mais de 57% da soja exportada pelos Estados Unidos tem como destino o país asiático, uma transação que equivale a cerca de dez mil milhões de dólares. Isto e o facto de Pequim já ter acusado Washington de subsidiar o seu sector agrícola, torna este produto num dos alvos mais óbvios desta batalha.

Num artigo publicado recentemente na Nature, um grupo de investigadores alertam para o facto de as pressões de desflorestação terem aumentado como resultado do choque comercial nos mercados globais de soja.

Os bens alimentares estão a ser usados como uma arma económica, mas esse não é o único problema. A consequência ecológica que este conflito pode ter em zonas que já são altamente exploradas, particularmente na Amazónia, pode também ser muito grave.

Os cientistas afirmam que, para compensar a lacuna que as exportações dos Estados Unidos iriam deixar, a China precisaria de ir buscar entre 22,6 e 37,6 milhões de toneladas de soja a outros países. No entanto, o Brasil é um dos maiores fornecedores de soja do mundo e está a tentar impulsionar as exportações.

O diário adianta ainda que os hectares de terra necessários poderiam ser reduzidos se os produtores conseguissem aumentar os seus rendimentos nas áreas já existentes. Contudo, a agricultura mais intensiva é dificultada pela qualidade dos solos brasileiros, pobres em nutrientes.

Desta forma, o conflito comercial pode mesmo levar ao desmatamento da Amazónia muito além dos piores níveis até agora registados.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Zangam-se as “comadres” e lixa-se o povo.
    Até parece que só floresce soja nas terras da Amazónia.
    E amanhã quando quisermos respirar e o “pulmão do mundo” já não existir?
    Esta parece mais uma desculpa para continuarem com a exploração e destruição desregrada da Amazónia.
    E lá vêm as conversas fiadas do aquecimento global, das emissões de carbono… Pudera, a poluir-se cada vez mais e a destruir o ecosistema que ainda pode contribuir para a despoluição, não há quem aguente.
    Talvêz com mais uns impostos se possa vir a contribuir para despoluir o mundo, quem acredita nisto?

  2. Aquecimento global, desertificação, destruição da Amazónia, faça o homem o que fizer, a natureza vai corrigir, alguns não vão ficar para ver, temos pena, principalmente o Zé mexilhão. Se alguém pensa que o planeta é pau para toda fogueira, pode arrumar o cavalinho da chuva, quando a poluição atingir o limite, não será o aquecimento global que vai preocupar os idiotas dos políticos, mas o arrefecimento global, a nova era glaciar, vai mostrar que ninguém ficará fora das consequenciais, mas pelo menos uma vez na vida em 1000 anos não haverá privilegiados.

    • Pois é, Manuel, quando nada temos de útil a acrescentar tenta-se desdizer o que não pode ser desdito. Que importa se vai ser pelo aquecimento global ou se pelo arrefecimento global? O problema é que vai ser…
      Mas parece que para si o importante é que, «pelo menos uma vez na vida… não haverá privilegiados».

      Que se passa consigo. meu amigo?

RESPONDER

Morreu a atriz e encenadora Fernanda Lapa

A atriz e encenadora faleceu, esta quinta-feira, aos 77 anos, em Cascais, onde estava hospitalizada, anunciou a Escola de Mulheres, companhia que dirigiu desde a sua fundação. "É com profundo pesar e imensa tristeza que a …

PJ acredita ter detido homem que ateou fogo que matou animais em canil de Santo Tirso

A Polícia Judiciária (PJ) está "convencida" de que o autor do fogo que teve origem em Valongo e se estendeu a Santo Tirso, onde dezenas de animais morreram, é um eletricista que foi esta quarta-feira …

O nosso cabelo sabe o que comemos, onde moramos e quanto custou o corte

Milímetro a milímetro, o cabelo constrói um registo da nossa dieta. Como os fios de cabelo são construídos a partir de aminoácidos, preservam os traços químicos da proteína da comida que ingerimos. Os fios de cabelo …

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …