Maior grupo pró-armas dos EUA contra proibição de venda de armas de fogo

Jim Lo Scalzo / EPA

Dana Loesch, porta-voz da National Rifle Association

A National Rifle Association (NRA) garantiu, este domingo, que é contra “qualquer proibição” na venda de armas de fogo, uma declaração que se opõe à proposta do Presidente Trump em banir a venda de bump stocks.

A National Rifle Association (NRA) opôs-se à proposta de Donald Trump e garantiu, este domingo, que é contra “qualquer proibição” na venda de armas de fogo.

Depois de Trump ter proposto a proibição de venda de bump stocks – engenhos que transformam armas semiautomáticas em automáticas -, na sequência do tiroteio no liceu Marjory Stoneman Douglas, na Florida, a NRA surge agora com vontade de abrir uma potencial frente de guerra com o Presidente norte-americano.

Dana Loesch, porta-voz da poderosa organização de lóbi pró-armas dos EUA, defendeu que massacres como o que teve lugar na Florida, no dia 14 de fevereiro, não são da responsabilidade da NRA, apontando assim o dedo às forças de segurança locais que cometem erros e à falta de ação política.

Segundo o Expresso, a reação de Loesch surgiu depois de a comunicação social ter noticiado que o vice-xerife do condado de Broward, que estava à entrada do liceu na hora do ataque, nada fez para travar o atirador, Nikolas Cruz.

Em resposta ao tiroteio em Parkland, o Presidente dos EUA propôs aumentar a idade mínima para se poder comprar certos tipos de armas de assalto, e também melhorar os mecanismos de avaliação prévia de potenciais compradores de armas.

Há quem esteja contra estas medidas sob o argumento de que vão contra a 2ª emenda da Constituição, uma alínea do documento fundamental da nação que garante o direito dos cidadãos a serem proprietários de armas de fogo.

Milhares de alunos têm vindo a manifestar-se e a responsabilizar a falta de vontade política em alterar a legislação sobre o controlo de armas. Várias empresas têm, inclusivamente, posto fim a parcerias e acordos com a NRA, entre elas as companhias aéreas norte-americanas Delta e United Airlines.

Também nas redes sociais a polémica é eminente, com milhares de utilizadores a partilharem as hashtags #BoycottNRA e #StopNRAmazon no Twitter, pelo o facto de a Amazon continuar a permitir que a organização de armas transmita programas em streaming nos seus canais e plataformas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tony transformou autocarro em Arca de Noé para salvar animais do Florence

Enquanto muitos americanos fugiam do furacão Florence, um camionista de 51 anos fazia o percurso inverso com uma missão em mente. Dentro de um autocarro, Alsup transportou mais de 60 animais da costa da Carolina …

Mais de 500 rinocerontes mortos na África do Sul este ano

A caça furtiva na África do Sul causou a morte a 508 rinocerontes, entre janeiro e agosto deste ano, o que significa um decréscimo no número de espécimes caçados, em relação a 2017, anunciou o …

Número de mortos em naufrágio na Tanzânia sobe para 170

O número de pessoas que morreram no naufrágio de um navio de passageiros no lago Vitória, na Tanzânia, subiu para 170, de acordo com os meios de comunicação locais. As operações de resgate recomeçaram na manhã …

Há um satélite-pescador no espaço

O Satélite britânico RemoveDebris está a navegar no espaço desde junho e lançou com sucesso uma rede em órbita com o objetivo de capturar material que anda à deriva em redor da Terra. O satélite-pescador britânico …

Governo cumpriu “rigorosamente” acordo com setor do táxi

O Ministro Ambiente, João Matos Fernandes, disse este sábado que o governo cumpriu “rigorosamente” o acordo que assinou com a duas associações que representam os taxistas para a modernização do setor. "Não é verdade que se …

Juízes defendem acórdão que desvaloriza violação de mulher inconsciente

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses sai em defesa dos dois magistrados, um dos quais o presidente da entidade, que assinaram o acórdão que desvaloriza a gravidade da violação de uma mulher inconsciente, numa discoteca, …

Salas para maiores de 18 anos levam à demissão do director de Serralves

O director artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, demitiu-se do cargo depois de a administração ter limitado a maiores de 18 anos uma parte da exposição dedicada ao fotógrafo norte-americano Robert …

Isabel do Santos desmente ação contra João Lourenço mas processo deu entrada no Supremo

Isabel do Santos, filha do antigo Presidente da Angola, desmente ter entrado com uma ação contra o atual Presidente João Lourenço. No entanto, o processo cível contra o Estado deu entrada no Supremo. De acordo …

Arqueólogos fazem "descoberta do Século" no Tejo (e tem pimenta)

Uma equipa de arqueólogos da Câmara Municipal de Cascais, do Projeto Municipal da Carta Arqueológica Subaquática do Litoral, descobriu uma nau que terá naufragado entre 1575 e 1625, e que é considerada a “descoberta do …

ADSE adia implementação de novas regras para tentar acordo com privados

Os hospitais privados e ADSE continuam com o braço de ferro, mas, por agora, os privados não vão deixar de operar beneficiários da ADSE. O boicote anunciado esta manhã foi adiado. Esta manhã, o o semanário …