Grupo alemão de extrema-direita tinha planos “assustadores” para atacar mesquitas

Filip Singer / EPA

Um grupo alemão de extrema-direita, em que 12 elementos foram detidos na semana passada, é suspeito de planear ataques em larga escala “assustadores e chocantes” contra muçulmanos, semelhantes aos realizados na Nova Zelândia no ano passado.

As autoridades disseram que as investigações dos 12 homens detidos na Alemanha na sexta-feira indicaram que planeavam grandes atentados em mesquitas. Os raides policiais de sexta-feira também levaram à apreensão de várias armas, incluindo machados, espadas, armas de fogo e granadas artesanais.

De acordo com a imprensa alemã, o grupo pretendia lançar ataques em massa a seis mesquitas, durante os períodos das orações. Segundo relatos da imprensa, citados pelo Diário de Notícias, o grupo planeava usar armas semiautomáticas para copiar os ataques de março passado em Christchurch, na Nova Zelândia, nos quais 51 pessoas foram mortas em duas mesquitas.

Segundo a emissora pública ARD, a polícia tinha um informador no grupo – um 13º membro. Citando fontes entre os investigadores, a ARD afirmou que o informador começou a fornecer à polícia informações detalhadas sobre o grupo em outubro, mas recentemente interrompeu o contacto. Temendo pela segurança da fonte e que um ataque pudesse ser iminente, os investigadores decidiram avançar com as detenções.

O alegado líder do grupo, conhecido das autoridades e cujas atividades estavam sob observação, pormenorizou os planos numa reunião organizada com os seus cúmplices na semana passada. Segundo o jornal alemão Bild, o líder era um homem de 53 anos, de Augsburg, nomeado pelos investigadores como Werner S.

Dos 12 homens presos na sexta-feira, acredita-se que quatro tenham fundado o grupo, enquanto outros oito prometeram apoiá-los com dinheiro e armas.

Entre os suspeitos, que são todos cidadãos alemães, está um polícia suspenso por causa de ligações à extrema-direita. O jornal Bild alegou tê-lo identificado como Thorsten W., um entusiasta da história medieval de 50 anos cujas publicações online incluíam fotos suas com uma espada e escudo e discursos em que descreve a Alemanha como uma “ditadura radical de esquerda”.

“É chocante o que foi revelado aqui: que há células que se radicalizaram num curto espaço de tempo. Os planos que tinham são assustadores“, disse o porta-voz do Ministério do Interior, Bjoern Gruenewaelder, em Berlim.

“É tarefa do Estado e, é claro, deste governo, proteger a prática livre de religião neste país, sem referência a qual religião está em causa”, disse Steffen Seibert, porta-voz da chanceler Angela Merkel. “Qualquer pessoa que pratique a sua religião na Alemanha dentro da nossa ordem legal, deve poder fazê-lo sem ser ameaçada”, acrescentou.

Em declarações ao jornal Sueddeutsche Zeitung, o ministro do Interior alemão Horst Seehofer anunciou planos para reforçar as verificações de segurança dos funcionários públicos e acrescentou que as últimas prisões foram “um grande sucesso”, mas alertou para a necessidade de “agir decisiva e incansavelmente em todos os níveis contra o que se está a formar na Alemanha”.

A organização islâmica germano-turca Ditib, que financia cerca de 900 mesquitas na Alemanha, pediu maior proteção aos muçulmanos no país. “Não podemos ficar calados diante do ódio e da violência, nem podemos relativizar o perigo vindo da direita”, disse a organização em comunicado, acrescentando que os muçulmanos “já não se sentem seguros” na Alemanha.

As autoridades alemãs voltaram a atenção para a extrema-direita do país desde o assassinato do político local conservador Walter Luebcke em junho. Num ataque de outubro a uma sinagoga no leste de Halle, um assaltante armado com armas caseiras matou duas pessoas aleatoriamente na rua e num restaurante turco.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Infelizmente o mundo teima em não acabar com a intolerância,há muita xenofobia e racismo neste mundo, eu comprrendo bem o que Marega sofreu, ninguém merece ser humilhado e ultrajado.Aconteceu comigo um episódio na Alemanha a todos os níveis repugnante e lamentável,achei por bem contar o que se passou agora ,entre 2013 e 2015 quando estive a trablhar lá ,fui vítima de insultos xenófobos por parte de alemães e emigrantes turcos, que me chamavam porco,velho,homossexual(coisa que não sou, mas respeito quem é),estrangeiro de m…,até chegaram a citar Hitler com ataques miseráveis contra mim e um grupo de amigos espanhóis que fiz lá, as provocações e insultos eram constantes,”Was hat Hitlergesagt?”, “O que disse Hitler?”,”Der auslander raus…”,”os estrangeiros fora…”,ou vamos cortar-te ao meio…,ou temos aqui u porco ,”wir haben hier ein schwein, ISTO É VERDADE E LAMENTAVELMENTE ACONTECEU!!Agora digam-me Europa justa?Fraterna?Igualdade de direitos?Onde?A XENOFOBIA DEVIA SER CRIME EM TODO O LADO TAL COMO O RACISMO!Aquilo que aconteceu deixou-me perturbado quando cheguei a Portugal,a tomar antidepressivos até há bem pouco tempo , durante 4 anos, felizmente a minha vida está agora melhor, mas tinha de deitar para fora o sucedido, UMA VERGONHA !

RESPONDER

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …