Greves na saúde aumentaram 70% no ano passado

As greves na Saúde provocaram, no ano passado, 115.905 dias de ausência ao trabalho, um aumento de 70% face a 2016.

As greves do setor da Saúde foram responsáveis por 115.905 dias de ausência ao trabalho só no ano passado, mais 69,3% do que os 68.443 dias registados em 20106.

O Jornal de Notícias avança, esta segunda-feira, que estas ausências contabilizam vários profissionais deste setor, nomeadamente, médicos, enfermeiros, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica e trabalhadores da saúde. Este ano parece caminhar no mesmo sentido, já que a contestação no setor não dá sinais de abrandamento.

Em março, os enfermeiros realizaram uma paralisação; na semana passada foi a vez dos trabalhadores da saúde e a partir de terça-feira, até quinta-feira, os médicos estarão em greve. Para 24 e 5 deste mês está também agendada uma paralisação dos técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica.

Este ano conta já com várias paragens no setor, resta ainda saber se os números vão coincidir com os valores de 2017. No ano passado, de acordo com os dados divulgados pelo jornal, os profissionais de saúde pararam sobretudo nos meses de junho, julho, outubro, novembro e dezembro.

Esta forma de protesto levou ao adiamento de milhares de consultas, cirurgias e exames, tendo sido os utentes a pagaram a maior fatura destas sucessivas paralisações.

Os médicos pedem a compreensão dos utentes, lembrando que a luta é pela qualidade do Serviço Nacional de Saúde. O Bastonário dos Médicos Miguel Guimarães explica ainda que existe um grande desencanto com o atual ministro da Saúde. Por sua vez, os sindicatos acusam o Ministério da Saúde de se recusar a negociar.

Sindicatos médicos publicam nota aos utentes

Os sindicatos que convocaram a greve dos médicos, que começa esta terça-feira, publicaram hoje na imprensa uma mensagem aos utentes, na qual sublinham que o Governo gasta 120 milhões com serviços de empresas de trabalho temporário.

“Um dos argumentos do Ministério da Saúde é que não há dinheiro para implementar as medidas propostas pelos sindicatos. No entanto, gasta 120 milhões de euros com serviços de empresas de trabalho médico temporário, em vez de abrir concursos atempados para a contratação dos médicos especialistas necessários para o SNS”, afirmam os sindicatos.

A greve, que decorre entre terça e quinta-feira, foi convocada pelo Sindicato Independente dos Médicos (SIM) e pela Federação Nacional dos Médicos (FNAM).

Na nota, os sindicatos explicam que convocaram a greve “face à degradação do Serviço Nacional de Saúde e das condições de trabalho dos médicos” e lembram que a paralisação surge “após dois anos de tentativas de negociação com o Ministério da Saúde”, sem resultados.

“Para termos médicos qualificados nos serviços é preciso descongelar as carreiras. Só com mais médicos qualificados é possível formar médicos mais novos. Estes médicos mais novos precisam de ter acesso a vagas no internato médico, para não os deixar sem formação”, recordam.

Os sindicatos frisam ainda que “os médicos sem formação são médicos indiferenciados e sem especialidade médica, o que compromete a qualidade do Serviço Nacional Saúde”.

“Com a falta de médicos e de serviços, os doentes esperam horas sem fim para serem atendidos, são adiadas consultas e cirurgias, as maternidades funcionam próximas da rotura, assim como a maior parte dos serviços”, sublinham.

Entre os motivos da greve estão a revisão das carreiras médicas e respetivas grelhas salariais, a redução do trabalho suplementar anual, o limite de 12 horas de trabalho semanal em serviço de urgência e o reajustamento das listas de utentes dos médicos de família, de 1.900 para 1.550 utentes.

O descongelamento da progressão da carreira médica e a criação de um estatuto profissional de desgaste rápido e de risco e penosidade acrescidos, com a diminuição da idade da reforma, são outros dos motivos apontados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

TAP deu prémios em ano de prejuízos quando era totalmente pública

O presidente executivo da TAP disse que os prémios atribuídos relacionam-se com a melhoria de indicadores e que não é a primeira vez que a companhia paga prémios em ano de prejuízos, incluindo quando era …

MP pede à Hungria extensão do Mandado de Detenção Europeu de Rui Pinto

O Ministério Público (MP) pediu à Hungria o alargamento do Mandado de Detenção Europeu (MDE) de Rui Pinto para assim poder acusar o colaborador do Football Leaks por novos factos apurados na investigação relacionada com …

Alcochete. Bruno de Carvalho está na lista internacional de terroristas

Juntamente com os outros 43 arguidos do processo do ataque à Academia de Alcochete, Bruno de Carvalho, antigo presidente do Sporting CP, está na lista internacional de terroristas. A advogada de Fernando Mendes, antigo líder da …

O primeiro golfinho boto-branco ibérico visitou praias de Matosinhos e Porto. Chama-se Gaspar

O primeiro golfinho boto-branco registado na Península Ibérica tem visitado as praias do Porto e de Matosinhos e, além de ser bastante "sociável", os pescadores acreditam tratar-se de uma fêmea por já o terem avistado …

Centro nos EUA com condições "cruéis e ilegais" mantém quase 2 mil crianças detidas

A Amnistia Internacional (AI) denunciou nesta quinta-feira as condições "cruéis e ilegais" em que vivem quase duas mil crianças migrantes, a maior parte desacompanhada, num centro de detenção em Homestead, na Florida, Estados Unidos (EUA), …

Governo vai agravar penalização por uso do telemóvel ao volante

O Governo anunciou esta quinta-feira que está a fazer “alterações cirúrgicas” ao Código da Estrada que passam por agravar a penalização ao uso do telemóvel durante a condução e reduzir o período de notificação das …

Encontrado no Alentejo anfiteatro romano da antiga Lusitânia

O quinto anfiteatro romano conhecido na província da Lusitânia foi identificado por arqueólogos na cidade romana de Ammaia, no concelho de Marvão, no Alto Alentejo. Num comunicado enviado à agência Lusa, a Câmara de Marvão, distrito …

Depois da glória o calvário. Jesus assobiado após eliminação do Flamengo da Copa do Brasil

O Flamengo do português Jorge Jesus foi eliminado nos quartos de final da Copa do Brasil de futebol, ao perder frente ao Athletico Paranaense, por 3-1, nas grandes penalidades, após um empate a 1-1 no …

Cerca de 20 milhões de crianças não tomaram vacinas que lhes podem salvar a vida

No último ano, quase 20 milhões de crianças não tomaram vacinas que potencialmente lhes poderiam salvar a vida, deixando-as imunes a doenças como sarampo. Os dados são revelados pelas Nações Unidas, que alertam para “a preocupante …

Piloto da TAP encontrado morto em Estugarda. Operado ao coração, mas apto para voar

Um piloto da TAP de 38 anos foi encontrado morto no quarto de hotel na cidade de Estugarda, na Alemanha. Duarte Pato, que teria um historial de problemas cardíacos, mas que estava apto para pilotar, …