Greves na saúde adiam cirurgias oncológicas por dois meses

As greves continuadas na área da Saúde têm provocado cada vez mais atrasos em procedimentos cirúrgicos, até nos mais urgentes como é o caso das cirurgias oncológicas. Por cada dia de greve, são adiadas 3 mil cirurgias. 

De acordo com o Diário de Notícias, que avança a notícia nesta quinta-feira, as estimativas apontam para cerca de três mil cirurgias adiadas por cada dia de greve, o que numa paralisação de seis dias equivale a falar em 18 mil operações canceladas.

“Tenho 12 doentes com cancro que tiveram cirurgias adiadas por causa da greve dos enfermeiros de setembro e três delas voltam a ter operações canceladas por causa destas greves de outubro. Portanto, vão ter de esperar pelo menos dois meses”, confessou uma especialista em patologias da mama de um grande hospital da Região de Lisboa e Vale do Tejo, em declarações ao diário.

Devido às greves, muitos dos tempos máximos de resposta na região da grande Lisboa têm vindo a ser ultrapassados. Os doentes oncológicos muito prioritários têm de ter resposta em 15 dias, os prioritários em 45 dias e mesmo os casos normais têm de ser operados até 60 dias.

Também mais a norte, especialistas e profissionais da área mostram-se igualmente preocupados. O responsável pelo agendamento de cirurgias de um grande hospital da região centro adianta que só no primeiro dia de greve dos enfermeiros, mais de 50 doentes viram as suas cirurgias canceladas.

“E o que causa maior preocupação é que os doentes com cancro também são afetados”, realça outro médico em declarações ao DN. “Porque um doente não urgente pode ser operado depois, mas os casos urgentes têm de ter resposta rápida. Os serviços mínimos deviam acautelar estas cirurgias da área oncológica”, defende.

Os enfermeiros iniciaram nesta quarta-feira uma greve de seis dias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

China proíbe a venda de vários modelos de iPhone (e as ações da Apple caem)

As ações da gigante norte-americana Apple sentiram uma queda de 1,7% na bolsa de Nova Iorque depois de o Tribunal de Fuzhou, na China, ter proibido a venda de alguns modelos de iPhone no país. …

Suspeito da morte de Maëlys admite ter filmado agressões sexuais a crianças

O principal suspeito da morte da jovem lusodescendente Maëlys de Araújo admitiu ter filmado agressões sexuais contra a afilhada e a prima, de quatro e seis anos de idade, respetivamente, antes de, alegadamente, matar a …

Preço do bilhete para visitar o Taj Mahal sobe 400% (para os indianos)

Os especialistas alertam que o fluxo de pessoas está a causar danos irreversíveis ao monumento emblemático mais importante da Índia. O preço do bilhete para os visitantes indianos do Taj Mahal foi aumentado em 400%, na …

Morreu Gérman, o último habitante das ilhas Ciés

Germán Luaces Freijeiro, de 54 anos, instalou-se no arquipélago de Cíes, localizado na foz do estuário de Vigo, em meados dos anos 90 e nunca mais se voltou a mudar. Vivia sozinho naquelas ilhas onde acolhia …

Atentado no Mercado de Natal de Estrasburgo faz quatro mortos e nove feridos

Um tiroteio que ocorreu esta terça-feira na cidade francesa de Estrasburgo, no local onde ocorre o Mercado de Natal, fez pelo menos quatro mortos e nove feridos, anunciou a autarquia local. A Câmara Municipal de Estrasturgo …

Galatasaray vs Porto | Eficácia dá vitória e record de pontos

O FC Porto não abranda e somou a 12ª vitória consecutiva em todas as competições. Na deslocação ao terreno do Galatasaray, em jogo da sexta jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, os “dragões” tiveram …

"O luxo do século XXI vai ser o interior de Portugal"

O Turismo está "a cumprir bem" o seu papel no combate ao despovoamento, considera o presidente da Turismo Centro, Pedro Machado, que vaticina que "o luxo do século XXI vai ser o Interior de Portugal". O …

Mãe tenta vender virgindade da filha na Internet por 21 mil euros

Uma mãe pôs à venda a virgindade da filha de 13 anos na Internet por 21.200 euros. A mulher chegou a enviar fotografias de carácter sexual da filha ao comprador, mas não esperava o desfecho …

Há polícias a dormir no carro devido aos preços dos quartos

Sem dinheiro para arrendar quartos, face aos preços praticados, "há polícias a dormir dentro de carros", denuncia o Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP). Acabados de formar na Escola Prática de Polícia, em Torres Novas, os …

António Lobo Antunes lamenta que Portugal e Espanha não sejam o mesmo país

O escritor António Lobo Antunes lamentou que portugueses e espanhóis não sejam cidadãos do mesmo país, numa entrevista dada ao jornal catalão La Vanguardia no âmbito da Feira Internacional do Livro de Guadalajara e publicada …