Greve na função pública fecha escolas e paralisa recolha do lixo

Mário Cruz / Lusa

Os funcionários públicos estão em luta esta quinta-feira, com uma greve e uma concentração, pela valorização dos salários e das carreiras. É o primeiro protesto no setor desde o início da pandemia da covid-19.

Várias escolas em todo o país estão fechadas ou com perturbações na sequência desta greve. Em declarações à agência Lusa, por volta das 09h00, o coordenador da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, Sebastião Santana, adiantou que há vários estabelecimentos de ensino encerrados em Lisboa, Porto, Oeiras, Cacém e Vila Franca de Xira.

“Há também perturbações em algumas escolas e na Universidade de Coimbra. Ainda estamos a recolher dados, mas tudo indica que a adesão à greve será elevada“, indicou.

No que diz respeito à recolha do lixo, Sebastião Santana disse que a adesão é superior a 80% no turno da noite e no da manhã. “A adesão é superior a 80% nos dois turnos. Em alguns concelhos a paralisação é total“, referiu.

Anteriormente, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins (STAL) tinha dito que a adesão à greve paralisou a recolha noturna do lixo em pelo menos nove concelhos.

O STAL tinha indicado, em comunicado, que “nos primeiros serviços de recolha noturna a entrar em funcionamento – Loures, Odivelas, Amadora, Moita, Évora, Seixal, Palmela, Almada e Setúbal – registou-se uma adesão de 100%”.

Já “Lisboa e Sintra, por seu lado, registaram uma adesão muito significativa, tendo a recolha sido fortemente afetada“, garantiu o sindicato, na mesma nota.

Segundo o coordenador da Frente Comum, a paralisação deverá sentir-se mais nas autarquias, escolas, tribunais e Segurança Social.

Os funcionários públicos estão em luta esta quinta-feira, com uma greve e uma concentração junto ao Palácio da Ajuda, em Lisboa, onde se reúne o Conselho de Ministros, pela valorização dos salários e das carreiras.

O Dia Nacional de Luta, convocado pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, é o primeiro protesto no setor desde o início da pandemia da covid-19.

O Dia Nacional de Luta realiza-se em defesa de aumentos salariais de 90 euros para todos os trabalhadores, da valorização das carreiras, da revisão da Tabela Remuneratória Única, pela revogação do SIADAP e em defesa de melhores serviços públicos.

O pré-aviso de greve não abrange o setor da Saúde, no qual se incluem os trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde, dos centros de vacinação e de testagem à covid-19, devido ao contexto pandémico.

A concentração junto ao Palácio da Ajuda, que não será precedida de desfile, deve juntar cerca de mil trabalhadores de todo o país, cumprindo as necessárias regras de distanciamento social, segundo a Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Em Portugal temos aproximadamente 750 mil funcionários públicos. A estes temos de acrescentar os funcionários de institutos e outros organismos da administração direta e indireta do Estado que não são para todos os efeitos funcionários públicos. A esses ainda temos de somar os funcionários das autarquias, que por definição não são funcionários públicos (mais ou menos 130 mil). Pelas minhas contas deveremos ter na realidade ligeiramente mais de um milhão de “funcionários do Estado”.
    Admitindo uma população ativa de 5 milhões e uma população empregada a rondar os 4,8 milhões, podemos concluir que 1 em cada 5 pessoas trabalha para o “Estado”. Parece-me claramente excessivo numa economia caraterizada por PMEs (são cerca de 99% das empresas em Portugal), que na generalidade apenas sobrevive não conseguindo libertar dinheiro com regularidade… e trabalhando bem mais do que 35 horas semanais.

    • Ainda assim, estão muito abaixo dos países dos números dos países mais “avançados” e com melhor qualidade de vida do mundo (nórdicos):
      “Percentagem de funcionários públicos em Portugal é das menores da UE”
      “O número de funcionários públicos tem estado a subir no Estado português, mas o seu peso no total do mercado de trabalho está abaixo da média da União Europeia. Os países nórdicos lideram o ranking.”
      jornaldenegocios.pt/
      .
      E, claro que todos os trabalhados deviam ter a mesma carga horária.

RESPONDER

Tratamento inovador para cancro pesa nos orçamentos do IPO de Porto e Lisboa

Os custos associados ao tratamento de cancros do sangue com células CAR-T estão a ser suportados apenas pelos hospitais autorizados a aplicá-la, no caso, os IPO do Porto e de Lisboa. De acordo com o Jornal …

Gravuras descobertas no Tibete são as mais antigas da arte pré-histórica. Foram feitas por crianças

Uma equipa encontrou antigas pegadas e marcas de mãos feitas por crianças no planalto tibetano. Esta descoberta traz novos detalhes sobre a presença humana no local. O estudo, publicado na revista Science Direct, revela que estes …

Comissão nos EUA desaconselha terceira dose da Pfizer a maiores de 16 anos

Uma comissão consultiva da agência reguladora dos EUA para os medicamentos e a alimentação (FDA, na sigla em inglês) pronunciou-se esta sexta-feira contra a aplicação de uma terceira dose da vacina Pfizer contra a covid-19 …

Santos Silva quer preços da eletricidade na agenda da UE

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, defendeu esta sexta-feira que a União Europeia (UE) tem de colocar em agenda o problema do aumento dos preços da eletricidade no continente, alertando que a reação …

Já há uma calculadora que prevê o risco de se ser infetado com covid-19 (em diversos cenários)

Já existe uma ferramenta online que calcula o risco de se ser infetado com covid-19. Chama-se microCOVID, baseia-se em dados recentes, analisa diferentes cenários e foi desenvolvida por um grupo de amigos. Numa altura em que …

Alargamento de teletrabalho não deve abranger empresas de menor dimensão

O Governo defendeu esta sexta-feira, na Concertação Social, que "as empresas de menor dimensão" devem ficar excluídas da medida que prevê o alargamento do teletrabalho a pais com filhos menores de oito anos, sempre que …

Costa acusa oposição de “absoluta impreparação” por não saber o que é o PRR

O secretário-geral do PS, António Costa, acusou esta sexta-feira a oposição de “absoluta impreparação” por não saber o que é o PRR, nem a “missão patriótica” que consiste em pô-lo “em marcha para o bem …

Asteroide que dizimou dinossauros permitiu que as cobras evoluíssem (e se espalhassem pelo mundo)

As cobras devem, em parte, o seu sucesso na Terra ao asteroide que atingiu o planeta há 66 milhões de anos e levou à extinção dos dinossauros, aponta um novo estudo. Além da extinção dos dinossauros …

Novo modelo geofísico ajuda a prever furacões com origem no Golfo do México

Ao analisar a temperatura da atmosfera, que se encontra a vários quilómetros acima da Terra, os investigadores descobriram uma forma de prever quantos furacões podem afetar o Golfo do México no verão e no outono. Os …

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …