Greve dos vigilantes privados nos aeroportos causa filas mas sem impacto nos voos

Manuel de Sousa / Wikimedia

Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto

Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto

O aeroporto de Lisboa hoje está com tempos de fila de passageiros mais elevados do que o normal devido à greve dos vigilantes privados, mas não há atrasos nem cancelamento nos voos, segundo a ANA – Aeroportos de Portugal.

Convocada pelo do Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA), a greve dos trabalhadores da Prosegur e da Securitas, que garantem a segurança dos aeroportos, decorre hoje e no domingo e tem como objetivo exigir a “contratação coletiva”, “melhores condições de trabalho” e “uma carreira com dignidade”.

Contactado pela Lusa, o porta-voz da ANA adiantou que, apesar do tempo de fila de passageiros ser “mais elevado do que o normal“, não há “cancelamentos ou atrasos imputados à greve”.

Para esta situação, segundo Rui Oliveira, contribuiu o facto de os passageiros terem acatado os conselhos da ANA – Aeroportos de Portugal, nomeadamente chegarem com três horas de antecedência em relação à hora do seu voo e privilegiarem a bagagem de porão em detrimento da bagagem de mão.

“Graças a isso é que não se têm registado atrasos nem cancelamentos de voos”, sublinhou porta-voz da ANA, salientando que “é importantíssimo que os passageiros continuem a acatar as recomendações”.

Cerca das 09:00 o tempo máximo de fila de espera no Aeroporto Humberto Delgado era de 27 minutos. Nos restantes aeroportos do país, a greve não está a ter impacto, estando “tudo a decorrer normalmente”, disse Rui Oliveira.

A Lusa contactou Armando Costa, do Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos, que remeteu um primeiro balanço da greve para as 11:30.

Os vigilantes privados de aeroportos marcaram uma concentração para domingo, em Lisboa e no Porto, para denunciar, nomeadamente, que os empregadores “recebem subsídio de segurança pago pelos passageiros à custa dos trabalhadores”.

Para justificar esta nova paralisação, Armando Costa explicou, em declarações anteriores, que as empresas de segurança e a concessionária dos aeroportos, com o constante aumento de passageiros, “estão a receber mais dinheiro e a viver à custa deste subsídio de segurança pago pelos passageiros à custa dos trabalhadores” e a “manter a precariedade”.

Em resposta à Associação de Empresas Privadas (AES), que anunciou um acordo de princípio para um novo contrato coletivo de trabalho, o dirigente do SITAVA garantiu tratar-se de um entendimento com sindicatos “sem representatividade no setor dos aeroportos”.

Por seu lado, a AES lamentou esta greve convocada pelo SITAVA, uma vez que “deu resposta positiva a várias reivindicações dos trabalhadores”.

Em maio, o SITAVA tinha emitido um outro pré-aviso de greve a todo o trabalho extraordinário entre os dias 03 de junho e 01 de outubro, depois de uma reunião insatisfatória com a TAP para discutir a proposta entregue em dezembro de revisão salarial para 2017.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …