Grécia põe zepelim a vigiar barcos vindos da Turquia para controlar migrações

A Grécia vai vigiar, a partir desta terça-feira, a sua fronteira marítima com um zepelim, que sobrevoará a ilha de Samos para detetar migrantes que tentem chegar a território da União Europeia a partir da Turquia.

Segundo noticiou o Expresso, citando a agência Lusa, a medida constitui um projeto piloto realizado em conjunto com a Agência Europeia de Fronteiras (Frontex) e visa fortalecer a proteção das fronteiras externas da União Europeia (UE). O projeto prevê que o zepelim percorra toda a zona, durante 28 dias seguidos e 24 horas por dia.

“O zepelim observará uma grande área, o que permitirá descobrir navios que tentem chegar à Grécia a partir da Turquia e informar as autoridades turcas”, explicou o ministro grego da Migração, Yorgos Kumutsakos, em comunicado à televisão privada grega ANT1.

Segundo o ministro, “tudo será feito de acordo com o direito internacional”, mas algumas organizações não governamentais (ONG) acusam os guardas costeiros da Grécia e da Turquia de bloquearem a passagem a alguns navios que já teriam chegado a águas europeias, detendo os migrantes e devolvendo-os à Turquia.

Uma das últimas denúncias foi feita pela Aegean Boat Report, que, há uma semana, publicou um vídeo no qual alegadamente se vê guardas costeiros dos dois países a entregar um grupo de migrantes às autoridades turcas.

Esta é a primeira vez que um Estado-membro da UE usa um zepelim para este fim, embora a medida não seja novidade na Grécia, já que este país usou o método durante os Jogos Olímpicos de 2004 para vigiar Atenas.

Um zepelim é uma aeronave que usa gás de menor densidade do que a atmosfera para se manter suspensa no ar. Foi usado sobretudo entre 1900 e 1930, tendo depois perdido popularidade devido a vários acidentes e ao desenvolvimento dos aviões.

A nave, de 35 metros de comprimento, dispõe de um radar, uma câmara de infravermelhos e um sistema de identificação automática – mecanismo que informa sobre a posição dos barcos para evitar colisões – e pode afastar-se um quilómetro da base.

O novo Governo grego, liderado pelo conservador Kyriakos Mitsotakis, já tinha anunciado, na sua chegada ao poder em início de julho, mudanças nas políticas de migração, incluindo a aceleração dos exames para dar asilo e os retornos à Turquia.

Com esta política, espera “descongestionar” as cinco ilhas do mar Egeu – Lesbos, Samos, Chios, Leros e Kos –, onde atualmente vivem mais de 16 mil requerentes de asilo, embora a capacidade dos campos onde residem seja de apenas seis mil pessoas.

TP, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Grécia está agindo de acordo em benefício de seu país. Parabéns a todos países que assim agirem, em pró da Ordem e da Paz!

RESPONDER

Macacos foram geneticamente modificados com cérebros humanos (e os seus neurónios aumentaram)

Um gene humano injetado nos cérebros dos macacos não apenas os tornou maiores, mas também aumentou a função dos neurónios, tornando os primatas "mais humanos". Os cérebros dos macacos são muito menores e mais lisos do …

Académicos sul-africanos querem diminuir o brilho do Sol

Um grupo de cientistas e académicos sul-africanos considera diminuir o brilho do Sol para evitar uma seca devastadora na Cidade do Cabo, de acordo com um novo estudo científico recentemente publicado. Os especialistas pretendem lançar …

O Universo está cheio de uma substância misteriosa: chama-se quintessência

Uma equipa internacional de cientistas sugere, num novo estudo, que a expansão acelerada do Universo pode ser causada por uma substância misteriosa chamada quintessência. Os cientistas acreditam que a expansão do Universo está relacionada com a …

Entrevista: "Demorei 2 anos a aperfeiçoar o meu passe; os miúdos de Timor já jogam lindamente!"

Sara Moreira Silva é a líder da primeira escola de voleibol em Timor-Leste, que vai arrancar em janeiro de 2021. Fica aqui a perspetiva de uma portuguesa que vê muito talento entre os timorenses...que não …

O edifício mais antigo do mundo ainda em funcionamento "mora" em Roma

O Panteão de Roma, o edifício mais antigo desta cidade italiana, continua a ser utilizado nos dias de hoje, cerca de 2.000 anos depois da sua construção. Edificado em meados de 125 a.C sob a …

Da cabeça de javali à perdiz. Historiadores e chefs ensinam a cozinhar pratos medievais

Uma equipa de historiadores e grandes chefs reuniu-se para oferecer um curso online para ensinar os alunos a criar banquetes medievais. Professores da Universidade de Durham e chefs do restaurante Blackfriars criaram o Eat Medieval, que …

The Climate Store. Os preços desta loja sueca variam conforme a pegada ecológica

Os rótulos dos alimentos já indicam o quão bom ou mau um produto é para a nossa saúde, mas e o planeta? Um número crescente de marcas está agora a rotular os seus produtos para …

A cidade-irmã mais famosa de Petra abre finalmente ao público. "Esconde" túmulos amaldiçoados

A cidade de Hegra, localizada nos desertos a norte de Al Ula, no noroeste da Arábia Saudita, vai pela primeira vez abrir ao público, podendo os visitantes explorar agora este local antigo sem quaisquer restrições. …

Falha no Microsoft Excel pode ter levado a mais de 1.500 mortes no Reino Unido

Um erro no Microsoft Excel que eliminou quase 16 mil casos de covid-19 das estatísticas do Reino Unido pode ter levado a mais de 1.500 mortes evitáveis, de acordo com um artigo da Warwick University. Os …

Pessoas com bons hábitos de sono têm menor risco de insuficiência cardíaca

Os padrões de sono saudáveis ​​incluem acordar de manhã cedo, dormir 7 a 8 horas por noite e não ter insónias ou sonolência diurna excessiva. Esta pode ser a receita secreta para evitar insuficiência cardíaca, …