Governo segue de perto o rapto de portuguesa em Moçambique

Andrew Moir / Flickr

Maputo, Moçambique (foto: Andrew Moir / Flickr)

Maputo, Moçambique (foto: Andrew Moir / Flickr)

O Governo português vê “com muita tristeza” a notícia do rapto de uma cidadã portuguesa esta manhã em Moçambique e mantém “contactos permanentes” com o executivo moçambicano, disse hoje à Lusa o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário.

Uma mulher portuguesa foi raptada esta manhã na Matola, cidade satélite da capital moçambicana Maputo, por três homens armados. Uma fonte da comunidade afirmou à Lusa que o rapto ocorreu no interior da empresa onde a portuguesa exerce funções de gestora financeira.

A identidade da vítima e a identificação da empresa não foram divulgados, mas o cônsul geral de Portugal em Maputo, Gonçalo Teles Gomes, confirmou que os familiares da vítima já foram informados do sucedido.

Este é o segundo rapto envolvendo portugueses, depois de em meados de julho um empresário ter sido sequestrado. Desde 2011 tem havido uma onda de sequestros visando setores abastados da sociedade moçambicana.

Sobre o rapto da cidadã ocorrido hoje, o secretário de Estado José Cesário afirmou que o Governo está “a acompanhar” a situação e têm ocorrido “contactos entre membros” dos governos dos dois países.

Imigrantes em risco?

No final da semana passada, o MNE, através da secretaria de Estado das Comunidades, emitiu um alerta a recomendar aos viajantes que tenham “a maior cautela nas deslocações”, devido à “particular incidência de raptos” em Maputo.

Os portugueses são aconselhados a “não frequentar locais isolados, evitar as rotinas, incluindo não efetuar diariamente os mesmos percursos, não exibir bens com valor monetário significativo e manter sempre a família ou pessoas de confiança informadas sobre as deslocações”.

“Continuamos a transmitir ao Governo moçambicano toda a preocupação relativamente ao bem-estar e à segurança de cidadãos portugueses que estão em Moçambique”, disse à Lusa o secretário de Estado das Comunidades.

Admitindo que notícias como esta criem “algumas preocupações” entre a comunidade, José Cesário reiterou os apelos para que os emigrantes “tenham cautela e cuidado”. No entanto, sublinhou, “as pessoas que conhecem Moçambique sabem que, de um modo geral, os riscos são extremamente reduzidos”.

O governante salientou que “há sempre riscos em qualquer país do mundo, isto acontece em Moçambique como acontece em qualquer sítio, como a Venezuela, Brasil ou África do Sul”.

De acordo com dados oficiais do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), estão inscritos cerca de 32 mil portugueses nos consulados-gerais de Maputo e da Beira, dos quais perto de 10 mil são expatriados.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …