Governo recusa suspender pagamentos por conta de IRC. “Não há volta a dar”, defende PCP

Nuno Veiga / Lusa

O Governo determinou, na sexta-feira passada, em Diário da República, que as micro e pequenas empresas e as cooperativas vão ter de realizar os pagamentos por conta (PPC) de IRC em 2021.

De acordo com o Jornal de Negócios, as micro e pequenas empresas e as cooperativas vão ter mesmo de realizar os pagamentos por conta (PPC) de IRC em 2021, podendo optar por fazê-lo em prestações e podendo beneficiar de uma redução de até 50% do segundo PPC do ano.

A medida surge num diploma do Governo publicado na sexta-feira passada em Diário da República, apesar de uma norma aprovada na Lei do Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) prever uma suspensão dos pagamentos por conta para estas entidades.

A norma determina que, este ano, as cooperativas e as micro, pequenas e médias empresas “podem ser dispensadas” dos PPC em IRC, sem prejuízo de as que quiserem continuarem a pagar normalmente. “O cálculo dos PPC a realizar em 2021 encontra-se já ajustado ao cenário económico em contexto de pandemia”, uma vez que tem em conta os resultados das empresas em 2020.

Assim, segundo fonte oficial das Finanças, apenas as empresas que, apesar da pandemia, tiveram lucros no ano passado é que vão ter de efetuar os PPC.

O PCP, que apresentou a proposta de alteração ao OE, fala em “intenção de subverter o que foi aprovado”. Duarte Alves, deputado comunista, disse ao mesmo jornal o OE não prevê qualquer regulamentação, “pelo que não é aceitável que o Governo procure limitar por esta via o que foi aprovado”.

Segundo o deputado, o que foi aprovado “não foi nem dispensa de juros, nem prestações, nem descontos no PPC: foi a sua suspensão a pedido de qualquer cooperativa ou micro, pequena e média empresa que o solicite”.

Em declarações ao semanário Expresso, João Oliveira, líder da bancada parlamentar do PCP, disse que a medida consta de uma norma inscrita, por iniciativa dos comunistas, no OE2021 e, por isso, “tem força de lei”.

O líder da bancada parlamentar garantiu que “o Governo não pode não cumprir o que está previsto”. “Não há como o Governo possa dar a volta”, assegurou.

“A dispensa de pagamento por conta está consagrada no OE e não há volta a dar”, disse João Oliveira, acrescentando que a atitude só pode ser lida como a criação de uma nova opção. “Os empresários podem escolher pagar, pagar a prestações ou ficar dispensados do pagamento por conta. Se for assim, não há problema nenhum”, continuou.

Contudo, os comunistas prometem ficar atentos e atuar, se for necessário. A possibilidade de chamar o ministro das Finanças ao Parlamento é uma das vias possíveis para resolver esta situação. Até lá, o PCP ficará vigilante.

Já a Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC) classificou a opção do Governo de “abusiva”. Paula Franco, bastonária da OCC didissez “não poder concordar” com a interpretação que o Governo está a fazer da lei do OE.

“O espírito do legislador não era este” e trata-se de “um abuso em relação ao que foi aprovado no Parlamento”, afirmou, citada pelo Jornal de Negócios. “Não se justifica o trabalho burocrático que isto vai dar aos contabilistas e à própria AT. Opta-se por burocracias, quando o que se devia era simplificar e permitir que as empresas respirem e sobrevivam para que no próximo ano possam pagar impostos”.

Maria Campos, ZAP //

 

 

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Após 12 anos de Netanyahu no poder, Israel tem um novo primeiro-ministro

O Parlamento de Israel aprovou, este domingo, o Governo de coligação do novo primeiro-ministro Naftali Bennett, que sucede a Benjamin Netanyahu, que esteve no poder cerca de 12 anos. Dos 119 deputados presentes, de um Parlamento …

Áustria 3-1 Macedónia do Norte | Banco austríaco vale triunfo inédito

A Áustria estreou-se, este domingo, com um triunfo sobre a Macedónia do Norte, por 3-1, no Euro2020, no primeiro jogo do Grupo C da competição, disputado em Bucareste. Stefan Lainer (18 minutos), Michael Gregoritsch (78) e …

Facebook restringe conta de André Ventura

A rede social decidiu restringir, durante 24 horas, a conta do presidente e deputado único do Chega, após terem sido denunciadas duas publicações. De acordo com o Correio da Manhã, denúncias em duas publicações feitas por …

Com parecer desfavorável, arraial da IL juntou centenas (e fez mira a adversários)

A Iniciativa Liberal organizou, este sábado, apesar do parecer desfavorável das autoridades de saúde, um arraial comício, onde se juntaram centenas de pessoas, para dar "esperança" a Lisboa e mostrar que "não há impossíveis". No seu …

Marcelo reafirma: "Comigo não vai haver volta atrás" no desconfinamento

O Presidente da República declarou, este domingo, que, no que depender de si, não haverá "volta atrás" no desconfinamento, e deu a Feira da Agricultura de Santarém como exemplo do “virar de página”. "Já não voltamos …

Líderes do G7 prometem milhões de vacinas, mas evitam apoio claro a suspensão de patentes

Os líderes do G7 prometeram entregar milhões de doses adicionais de vacinas contra a covid-19 ao longo do próximo ano, mas evitaram apoiar claramente a suspensão de patentes, de acordo com o comunicado final. "Os compromissos …

Bolsonaro multado por não usar máscara em desfile de motociclistas

O Presidente brasileiro foi multado, este domingo, em 552 reais (cerca de 89 euros) por estar sem máscara quando participava num desfile de motociclistas no estado de São Paulo. Milhares de motociclistas participaram no desfile "Acelere …

Inglaterra 1-0 Croácia | Três leões matam borrego à décima tentativa

A Inglaterra estreou-se este domingo com uma vitória no grupo D do Euro2020 de futebol, ao bater a Croácia por 1-0, em jogo disputado no estádio Wembley, em Londres. Um golo de Raheem Sterling, aos 57 …

Bloco ataca ministro do Ambiente, que acusa Catarina Martins de fazer declarações "infames e infundadas"

O Bloco de Esquerda anunciou, este domingo, que vai pedir a apreciação parlamentar do decreto que regula a lei das minas e acusou o ministro do Ambiente de ser "mais rápido a defender negócios" do …

Antes de se lesionar, Vertonghen foi ignorado

Defesa do Benfica não cumpriu os 90 minutos da estreia vitoriosa da Bélgica no Europeu 2020. E também ficou esquecido pela realização televisiva. A Bélgica começou muito bem o Europeu 2020, confirmando no campo o que …