Governo quer terrenos privados limpos até 15 de março

Paulo Novais / Lusa

Os proprietários privados têm “até 15 de março” para limpar as áreas envolventes às casas isoladas, aldeias e estradas e, se não o fizeram, os municípios terão “até ao final de maio” para proceder a essa limpeza.

O secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, reconheceu hoje no debate na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) que há “imenso trabalho para fazer” em matéria de incêndios, defendendo que isso passa desde logo por “aproximar a prevenção do combate” para “fazer prevalecer nas populações um sentimento e uma cultura de segurança que não tem havido até hoje”.

“Para isso, queremos que, até 15 de março próximo, os proprietários privados tenham todas as áreas envolventes às aldeias, às casas isoladas, aos parques empresariais e mesmo na envolvente às estradas os seus espaços limpos de vegetação facilmente consumível pelo fogo, como os eucaliptos, os pinheiros, as giestas e as acácias”, disse.

José Artur Neves adiantou que vai ser feita “uma listagem” para que “todos saibam o que têm de limpar” e que terá a preocupação de manter “as espécies autóctones, como carvalhos ou castanheiros”, uma operação que o secretário de Estado admitiu que irá “obrigar a uma grande publicitação” e ao “acompanhamento permanente de vários agentes”.

No entanto, o governante atribuiu também responsabilidades nesta matéria às autarquias: “Caso alguns proprietários – por desconhecimento ou por algum laxismo – não o façam, entrarão os municípios a desenvolver esse trabalho de modo a que, no final de maio próximo, tenhamos as aldeias seguras, os espaços verdes seguros, as estradas seguras, as matas seguras e os corredores dos gasodutos também seguros”.

Ainda relativamente aos incêndios, o PS apresentou uma proposta de alteração para que o OE2018 inclua uma dotação centralizada no Ministério das Finanças para despesas com indemnizações, apoios, prevenção e combate aos incêndios, no valor global de 186 milhões de euros, dos quais 62 milhões são para “indemnizações decorrentes das mortes das vítimas dos incêndios florestais” de junho e de outubro.

Hoje, o Governo também aprovou o alargamento da atribuição de indemnizações por via de um mecanismo extrajudicial “célere” aos feridos graves dos incêndios.

Em conferência de imprensa depois da reunião do Conselho de Ministros, a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, ressalvou que “a gravidade das lesões é hoje uma questão técnica”, havendo “estudos importantes” sobre, por exemplo, danos corporais, para definir a gravidade de uma lesão.

O Instituto Nacional de Medicina Legal indicará agora um elemento para se juntar à comissão criada para definir os critérios de atribuição das indemnizações.

O executivo aprovou hoje também uma resolução que determina a atribuição de um “financiamento excecional” de 2,5 milhões de euros ao fundo Revita, “de modo a garantir a reconstrução de todas as habitações afetadas pelos incêndios e identificadas para intervencionar”.

Pelo menos 115 pessoas morreram e mais de 350 ficaram feridas nos incêndios que deflagraram este ano. Além de 65 mortos nos incêndios que deflagraram na zona de Pedrógão Grande, em 17 de junho (a contabilização oficial assinala 64 vítimas mortais, mas uma pessoa morreu atropelada na sequência do fogo), e dos 45 mortos nos fogos da região Centro de 15 de outubro, há registo de mais cinco vítimas mortais noutros incêndios.

Esta quinta-feira, o Expresso noticiou que dois homens, um de 49 anos, da vila de Folgosinho, no concelho da Guarda, e outro de 74, de uma pequena localidade na Sertã, em Castelo Branco, continuam desaparecidos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Faz-me uma certa confusão essa história do PDM, visto que vejo construções de casas nem a 5 metros da floresta e, em alguns casos, proíbem construir, por exemplo, numa zona de vinhas! Outra coisa que me faz confusão é de que colocam responsabilidades sobre os proprietários mas ilibam os incendiários! É estranho um incendiário não ser responsabilizado severamente pelo crime que comete! Afinal um arbusto, uma erva fazem parte de uma floresta! O fogo e um incendiário não fazem parte da floresta! Até uma criança sabe isso, mas pelos vistos,certas pessoas adultas não o sabem! Pelos vistos ninguém quer saber dos incendiários, pois andam quase todos à solta! Enfim…modernices…

RESPONDER

Um ano após o confinamento de Wuhan o mundo continua em crise devido à covid-19

Quase um ano depois da imposição do confinamento na cidade de Wuhan para travar o vírus SARS-CoV-2, que se assinala este sábado, o mundo continua em luta contra a pandemia, apesar do aparecimento de vacinas. A …

Pessoas com certas características podem ser mais suscetíveis a "ouvir" os mortos

Uma equipa de cientistas identificou certas características que podem tornar as pessoas mais suscetíveis a alegar que “ouvem” os mortos. Um novo estudo sugere que as pessoas que se descrevem como "clariaudientes" - em oposição a …

Sporting 1 - 0 SC Braga | Leões conquistam Taça da Liga com golo de Porro (e algum sofrimento)

O Sporting reconquistou hoje a Taça da Liga de futebol, ao vencer na final o Sporting de Braga, por 1-0, em Leiria, com um golo de Pedro Porro e enorme resistência durante a segunda parte. O …

Estados Unidos querem rever o acordo com rebeldes talibãs no Afeganistão

Os Estados Unidos indicaram hoje às autoridades afegãs o seu desejo de rever o acordo entre o Governo norte-americano e os talibãs, assinado em fevereiro de 2020, particularmente para "avaliar" o respeito dos rebeldes pelos …

"Excedeu todas as expetativas". Implante de córnea artificial devolve visão a homem cego

Um homem de 78 anos que estava cego dos dois olhos há 10 anos recuperou a visão após receber o primeiro implante de uma córnea artificial desenvolvida pela startup israelita CorNeat Vision. O implante CorNeat KPro …

Tenista João Sousa falha Open da Austrália após ter estado infetado

João Sousa vai falhar o Open da Austrália depois de ter estado infetado com o novo coronavírus, por determinação das autoridades australianas, anunciou hoje o tenista português. "É com muita tristeza que vos dou a conhecer …

Cientistas criam nova forma de produzir carne em laboratório (e prometem manter o sabor e a textura)

Uma equipa da McMaster desenvolveu uma nova forma de carne cultivada, através do uso de um método que promete manter o sabor e a textura mais naturais do que as outras alternativas à carne tradicional. Os …

Papa pede "jornalismo corajoso" e controlo de notícias falsas na Internet

O papa Francisco pediu hoje um "jornalismo corajoso" que venha ao encontro das pessoas e histórias, propondo ainda o controlo das notícias falsas na Internet, especialmente neste período de pandemia da covid-19. “Opiniões atentas lamentam, há …

A cidade mais antiga das Américas está sob ameaça de invasão (e a culpa é da pandemia)

Tendo sobrevivido durante cinco mil anos, o sítio arqueológico mais antigo das Américas está sob a ameaça de invasores que afirmam que a pandemia de covid-19 os deixou sem outra opção a não ser ocupar …

Suspeito do homicídio de Bruno Candé nega ter agido impulsionado por racismo

Evaristo Marinho disparou vários insultos racistas contra Bruno Candé: “Vai para a tua terra, preto, tens a família toda na sanzala e também devias lá estar”, foi um deles. Três dias depois acabou por matá-lo, …