Governo quer coimas mais eficazes para quem não limpe florestas

portugal.gov.pt

A Ministra da Agricultura, Assunção Cristas

A Ministra da Agricultura, Assunção Cristas

O Governo vai alterar a legislação para tornar mais eficaz a aplicação de coimas aos proprietários florestais que não limpem as matas e aumentar os incentivos ao associativismo na gestão da floresta, anunciou a ministra do Ambiente.

“A lei obriga [a que os proprietários florestais limpem as matas] mas, por vezes, as pessoas não cumprem e temos preparado um conjunto de alterações legislativas para permitir que as coimas sejam aplicadas de forma mais eficaz”, afirmou a ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, em Valado de Frades, Nazaré, onde participou este sábado numa ação de limpeza da mata nacional.

Além da revisão da lei, que diz estar “a ser concluída”, a governante pretende “criar condições para que os privados tenham mais incentivos para investir na floresta e retirar valor dos seus espaços florestais”, alocando nos próximos fundos europeus dedicados à floresta “mais apoios para quem se agregar e fizer ações [de limpeza e gestão da floresta] em conjunto”.

“Todos nós temos maior ambição e todos nós queremos fazer mais, poder alocar mais recursos e ter os nossos espaços florestais mais bem cuidados”, sublinhou, ressalvando, no entanto, que esse “tem de ser um desafio para toda a sociedade portuguesa, para as organizações, para as associações” e “não apenas para o Estado”.

Questionada pelos jornalistas sobre as críticas do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) em relação à falta de técnicos qualificados, Assunção Crista afirmou que o Ministério está “ a tentar encontrar formas de ter mais gente no terreno e de fazer alguma regeneração” no efetivo do instituto que reconhece ter um quadro de funcionários “com uma idade bastante avançada”.

Ainda que “a generalidade das funções” se tenha conseguido manter “bem salvaguardada”, a ministra admitiu a vontade de poder integrar no ICNF “pessoas mais novas e com formação superior” para se poder “qualificar melhor” a administração. “É um objetivo que só se consegue a prazo”, quando houver “um melhor enquadramento de todas as nossas contas”, disse Assunção Cristas.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Coimas mais eficazes…”Porventura a srª Ministra saberá porque razão há incendios florestais? Na ideia dela é por falta de limpeza da floresta, isto só na ideia dela e de uns quantos como ela, toda a gente sabe que quer a pólvora, quer a gasolina, só ardem se houver ignição. A negligência parte de quem deve fiscalizar os incendiários, e depois de quem deveria fazer justiça. A srª ministra combine lá melhor isso a sua colega de governo, responsável pela pasta da justiça e deixe-se dessas pacovices. Fica-lhe mal ter uma visão tão curta de coisas tão simples….

RESPONDER

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …