Governo prepara revolução nas reformas e abre guerra com militares

O Governo está a preparar um conjunto de alterações profundas ao regime de reformas dos militares, entre as quais a equiparação das pensões militares à dos polícias, aumentando assim a idade da reforma para mais um ano e dois meses.

Diário de Notícias avança a notícia esta sexta-feira com base num documento de trabalho, que foi distribuído ao mais alto nível para pareceres reservados, a que teve acesso.

O diploma, escreve o jornal, partiu da iniciativa da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, que “assumiu publicamente querer equiparar os regimes da PSP e da GNR, colocando polícias militares ao mesmo nível”.

De acordo com o diário, o documento preparado vai mais longe, alargando-o aos militares das Forças Armadas e do Exército e ao pessoal da Marinha e do Exército e ao pessoal do Corpo da Guarda Prisional.

O jornal salienta que, no preâmbulo do referido projecto de lei, é apontado que se pretende “proceder a uma uniformização das condições e das regras de atribuição e de cálculo das pensões de aposentação e de reforma e de pensão de velhice entre os militares das Forças Armadas, da GNR, da Polícia Marítima e outro pessoal militarizado, dos agentes com funções policiais da PSP e do pessoal do Corpo da Guarda Prisional”.

“Frontalmente contra”

A Associação Nacional de Sargentos considera “inaceitável” a intenção do governo de aumentar a idade da reforma dos militares para mais um ano e dois meses (igual à dos polícias).

A Associação Nacional de Sargentos (ANS) é “frontalmente contra, porque há determinadas funções que os militares têm que não são compagináveis a degradação física própria da idade”, salienta, em declarações à agência Lusa, José Gonçalves, presidente da ANS.

O presidente da ANS diz não ter conhecimento oficial desta informação, adiantando que na quinta-feira foi ao Ministério da Defesa entregar um ofício a solicitar informações ao ministro Azeredo Lopes.

“Quero lembrar também que houve uma redução de efectivos. Neste momento, somos 32 mil militares a dar resposta a tudo o que é actividade operacional das Forças Armadas. Trinta e dois mil militares é metade do Estádio da Luz“, sublinha ainda José Gonçalves.

O dirigente associativo realça que estes 32 mil militares têm de dar cobertura à Zona Económica Exclusiva (ZEE) em termos de segurança e patrulha, busca e salvamento, o que é “impraticável com pessoas com idades acima de determinado patamar”.

“Nós estamos a trabalhar em frentes operacionais no limite e os próprios chefes militares têm referido isso. Não estamos a ver de que forma o Governo poderá empenhar mais anos nesta actividade sem recrutar mais gente para as forças armadas”, acrescenta.

O mesmo responsável frisa que a média de idade da reforma está actualmente nos 55 anos, mais 40 anos de serviço.

“Há actividades que são críticas dentro das Forças Armadas como por exemplo os nadadores-salvadores, pilotos, bombeiros, entre outras”, salienta.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Reformados aos 55 anos… por estarem velhos para a profissão, até acho bem, ser militar é deveras exigente para os mais novos e muito mais para os mais “velhos”…
    No entanto acho mal que a maior parte das vezes esses militares que estão velhos para serem militares, que recebem pensão para deixar de trabalhar… vêm cá para fora fazerem por vezes o que faziam lá dentro…. e cá fora já não são velhos??? o problema não é o facto de terem 2 ou 3 ordenados, o problema é que se foram reformados… não podem ou não devem trabalhar cá fora.

  2. Como é normal e justo: nenhum reformado do estado pode acumular a reforma com outra actividade privada.
    A menos, claro está, que seja um deputado, político ou gestor de alto nível!!!

  3. https://www.dinheirovivo.pt/invalidos/portugal-tem-uma-das-idades-de-reforma-mais-elevadas-do-mundo/

    Ora 55 anos, mais 40 anos de serviço. Se entrou para a tropa num minimo com 17 anos 17+40= 57 aos 57 passa a reserva de 5 anos = reforma aos 62 acho que não me enganei nas contas, mas se entrar como a média com 20 anos então a reforma é aos 65 afinal não difere muito da lei civil. Defendem a pátria com o sacrifício da propria vida! com a agravante de um serviço mais exigente disponivis 24horas por dia e a qualquer hora e sem limite de horas essa história das 35 / 40 horas semanais não se aplica aos militares. Descontam como o resto dos cidadãos IRS, CES, CGA/SS, ADM (saúde) e durante 14 meses mas se uma pessoa estiver doente um ano inteiro estará doente 12 meses porque raio terá de descontar 14 meses, e não estão isentos de taxa moderadora. Outra da saúde é relativa ao conjuge onde se o conjuge trabalhar por mais mais mal pago que seja o emprego tem de descontar também para a sáude ADM, se a quiser ter (e atualmente para que serve o ADM? para engordar o IASFA?), mas sobre o ordenado do militar. Se não trabalhar que é o caso de desempregada ou porque não precisa por o militar ser de alta patente e receber um bom soldo, nesse caso o ADM é gratuito, ou melhor é só suportado pelo militar, é à moda dos tempos modernos aos ricos não custa até porque os descontos pouca mossa fazem aos pobres não lhes descontam nada e aos assim assim esses são chupados até aos ossos e depois logo se vê.
    Afinal para que existe um ministro da defesa se a ministra da ADM INT resolve tudo a bem da economia podia-se acabar com o da defesa.

  4. 32000 é metade do estádio da luz.
    Não consigo imaginar está ordem de grandeza pq nunca entrei no estádio da luz.
    Quantas vezes é que enchiam o teatro de S Carlos

  5. 0 reformado ou o pensionista do governo não pode cà fora trabalhar em qualquer instituição de governo,mas nos privados podem.Este comentário é para as pessoas que não sabiam,assim á menos mal entendidos alberto pereira

RESPONDER

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …

A Torre de Londres foi palco de várias experiências estranhas com animais

Antigamente, os humanos tinham algumas teorias muito estranhas sobre vários animais e, infelizmente, nem um pouco do bom senso que os impediria de as testar. Segundo o site IFLScience, Plínio, o Velho, era um desses exemplos. …

Grupo hacker português reivindica ataque a 61 sites do Brasil este ano

O grupo do hacker português que assumiu publicamente o recente ataque cibernético ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil admitiu ter invadido 61 sites brasileiros este ano, segundo o jornal O Estado de São Paulo. O …

PCP e PEV vão abster-se na votação final do Orçamento do Estado

O PCP e o PEV anunciaram, esta quarta-feira, que vão abster-se na votação final global do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), que está agendada para esta quinta-feira na Assembleia da República. O Partido Comunista vai …

Economia e tecnologia. Quem irá vencer a guerra comercial? EUA não facilitam, mas China já prepara plano para 2025

A atual guerra comercial entre a China e os Estados Unidos começou depois do atual presidente norte-americano, Donald Trump, anunciar a 22 de março de 2018 uma lista de tarifas superiores a 60 mil milhões …

Estudantes estrangeiros podem renovar autorização de residência online

Os estudantes estrangeiros que frequentam o ensino superior em Portugal podem renovar automaticamente 'online', desde esta semana, os títulos de autorização de residência, anunciou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). A nova funcionalidade está disponível …

Nas pinturas de Van Gogh predomina a cor amarela (e isso tem uma explicação científica)

As obras do pintor Van Gogh encaixam-se na corrente artística do pós-impressionismo. Estas caraterizam-se por terem cores fortes com capacidade de atrair um público bastante diversificado. Mas por que razão predominavam quase sempre as mesmas …

ONU sem dinheiro para alimentar deslocados de Cabo Delgado. Portugal presta ajuda militar a "país irmão"

O Programa Alimentar Mundial diz que as verbas vão acabar para a semana depois de um ano inteiro de sub-financiamento. O conflito no Norte de Moçambique já fez pelo menos 500 mil deslocados. O Programa Alimentar …