Governo de Passos escondeu alertas sobre a CGD até 15 dias antes das eleições

José Sena Goulão / Lusa

Pedro Passos Coelho, Maria Luís Albuquerque

Pedro Passos Coelho, Maria Luís Albuquerque

O Ministério das Finanças de Maria Luís Albuquerque manteve na gaveta, durante seis meses, pareceres que davam conta do agravamento da situação financeira da Caixa Geral de Depósitos, só os despachando a 15 dias das eleições legislativas de 2015.

Uma informação apurada pelo jornal Público que salienta que há, pelo menos, dois pareceres da Inspecção-Geral das Finanças que “mostravam agravamento das imparidades da CGD” e que terão estado “guardados” durante seis meses.

Os documentos “estiveram guardados de Março a Setembro e só foram despachados pelo secretário de Estado das Finanças, Manuel Rodrigues, quinze dias antes das eleições legislativas de 2015″, destaca o diário.

Estes pareceres reportavam a relatórios trimestrais da Comissão de Auditoria da CGD de 2014, debruçando-se sobre o período de recapitalização do banco, levado a cabo por Maria Luís Albuquerque e decretado pelo ex-ministro das Finanças, Vítor Gaspar, em 2012, que resultou numa injecção pública de cerca de 1500 milhões de euros.

O Público conclui assim, que “é certo que apesar de o Governo saber da degradação da situação das imparidades, não ordenou qualquer auditoria ao banco”.

Um dado que vem ao encontro do relatório do Tribunal de Contas, divulgado na semana passada, e que acusa as Finanças de falta de controlo na CGD entre 2013 e 2015.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Lá está a Marilú e Passos no seu melhor.
    Esta notícia também não é surprendente, se pensarmos que o objectivo desta gentinha neoliberal era privatizar tudo. A CGD estava na linha, só que não foram a tempo. Embora não tivesse gostado da forma como Costa chegou ao poder, mesmo não sendo caso unico porque Passos fez o mesmo uns anos antes, começo a achar que Costa fez bem, pelo que vamos vendo.
    Achei graça a Passos quando disse que foi o unico primeiro ministro a meter dinheiro na CGD, pois é, esqueceu-se foi de dizer que nunca tivemos uma crise no sistema financeiro tão grande como houve e há, e que a CGD foi chamada pelo governo a injectar muito dinheiro em causas alheias para safar Bancos privados ” de amigos”. Por isso ficou descapitalizada. Para quem queria privatizar tudo, esta situação complicou os planos, porque a CGD, para ser vendida, tinham de recapitalizá-la outra vez e isso, se eles se tivessem mantido, iam fazê-lo para depois a “despacharem” com continhas em dia. São uns belos artistas, Passos Coelho e a Marilú.

    • curiosamente os unicos que pediram à CGD para meter dinheiro nos bancos amigos foram os governos PS…curioso de facto. Nota-se claramente a sua falta de conhecimento da recapitalização do sistema financeiro que foi feita com recurso a um financiamento da UE a 5% e que o governo emprestou aos bancos BCP e BPI em forma de CoCo’s a taxas de 8.5% crescente (a ganhar dinheiro portanto). Os tais “artistas” pegaram num País deixado falido pelo governo PS e endireitaram as contas. E já agora, PPC foi eleito após queda do governo PS pelo cumbo do PEC 4, não chegou ao poder da mesma forma que o Costa, há que saber um bocado do que se fala antes de comentar. E já agora, a crise de 1998, 2000 e 2009 foram graves a nível internacional, a diferença é que não tinhamos tido um socas a encher o bolso e a falir o país com o costa como numero 2 a ver tudo passar (sim pq acreditamos que ele nao sabia nem viu nada).

  2. Mas afinal a “geringonça/PS/PCP/BE” para recusar a auditoria externa às contas não está a argumentar que a devassa e divulgação dos problemas da caixa só agravariam a situação da Caixa?….Se é assim agora, então o que é que esteve mal no governo da coligação PSD/CDS?…Mas em boa verdade este alerta referia a toda a “porcaria” que os “Boys” nomeados pelos governos do PS andaram a fazer na CGD durante quase 2 décadas!….

    • Isso é que é transformar o assunto de modo a “puxar a brasa à sua sardinha”, … Carlos Rocha. No governo do PSD/CDS esteve tudo bem!
      E já agora, os seus amigalhaços só não privatizaram a Caixa, porque a “maravilhosa banca privada” começou toda a dar raia e assim perderam a oportunidade de privatizar a Caixa.
      Já viu o que era tornar a Caixa também um banco privado, quando os bancos privados estavam todos a falir?

    • Ora aí está a verdade. A imprensa publica o que quer e só acredita quem quer. Só os tótós acreditariam que se o anterior governo tivesse feito asneiras na CGD a geringonça ficaria calada. Olhem logo quem… O bosta que está sempre a mandar postas de pescada podres, qdo alguma não lhe agrada, alguma vez o ouviram falar sobre a CGD? Pq se recusa a geringonça a fazer uma auditoria à CGD como o anterior governo tem exigido? Ficam calados e nem uma palavra. Pq será? Pensam que eles não sabem a porcaria que encontrariam e os responsáveis? Vcs leem os artigos da imprensa que agora deu para carregar no anterior e toca todos a mandar tiros às cegas. É como a da venda de parte das minas de diamantes…alguém sabe o que se passou? O que forçou essa venda? A razão dessa venda? Não acham estranho a imprensa saber e a geringonça não saber? Pq não se manifesta? Mas saltam todos como bulldogs sem saberem de nada. A imprensa é tendenciosa. Qdo um governo é novo, está nas boas graças, é só notícias más do anterior e boas do atual, seja quem for e qdo for. Hoje estão uns na mó de baixo e outros na mó de cima, qdo houver mudanças será a mesma coisa, só mudam de lugar, mas o veneno é destilado pela imprensa na mesma.

  3. É por estas e por outras que já não se pode confiar nos políticos, porque aos poucos percebe-se que a grande maioria destes recorrem a esquemas, conforme são os seus interesses, para mascararem a realidade.

RESPONDER

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …