Governo não deve autorizar mais pagamentos ao Novo Banco “sem saber o que se passa”

Luís Forra / Lusa

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) disse, este sábado, que “o Governo não deve autorizar mais pagamentos ao Novo Banco sem saber o que se passa”, realçando que o país tem direito a respostas.

A líder bloquista falava no Teatro São Luís, em Lisboa, à margem de uma homenagem a José Carvalho, que foi assassinado há 30 anos, à porta da então sede do PSR (Partido Socialista Revolucionário), na Rua da Palma, por um grupo de neo-nazis.

“O mínimo dos mínimos é o Governo não autorizar mais pagamentos ao Novo Banco sem saber exatamente como estão as coisas e sem nomear administrador público”, anotou Catarina Martins.

Na sexta-feira, soube-se que o Novo Banco aumentou os prejuízos em 46% nos primeiros nove meses do ano, para 572,3 milhões de euros, depois de ter registado perdas de 390,9 milhões de euros no mesmo período de 2018.

Aos jornalistas, a coordenadora do BE recordou que os bloquistas tinham avisado que a resolução do BES “ia custar muito dinheiro aos contribuintes” e vendê-lo a privados seria um erro.

“Dissemos que era um erro vender o Novo Banco a privados porque iríamos continuar a pagá-lo mesmo depois de o vender, ou de o oferecer, oferecemo-lo”, considerou.

Segundo Catarina Martins, o Governo tem ainda de nomear um administrador para perceber o que o Novo Banco está a fazer com o dinheiro dos contribuintes.

“O Estado tem de ter administrador. Não só para saber o que se passa, mas para poder responder a todo o país. […] Todo o país tem perguntas para fazer sobre o que se está a passar no Novo Banco e tem direito às respostas“, disse.

Num comunicado enviado, na sexta-feira, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o Novo Banco indica que o resultado dos primeiros nove meses é “decorrente da combinação de uma perda de 712,4 milhões de euros na atividade legacy e de um ganho de 140,1 milhões de euros na atividade recorrente”.

“Neste período, o Grupo Novo Banco registou perdas relacionadas com o processo de restruturação e desalavancagem de ativos não produtivos, designadamente o projeto Sertorius, o projeto Albatros, o projeto NATA II e o processo de venda da GNB Vida, cujo impacto negativo ascendeu a 391 milhões de euros”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Bem, um estado que injecta dinheiro público numa empresa privada sem nella ter (pelo menos) um administrador, evidentemente está a manter uma situação em que do otro lado não há a mínima intenção de se esforçarem para resolver a situação e devolver o capital.
    Continua-se a dar benesses e a manter lautos ordenados a gente que só lá está para gozar o pagode e o contribuinte.

  2. “Sem saber o que se passa”………….. como se já não se soubesse o suficiente. Para que serviram então as (Comichões de inquérito ??) !…Quanto a “novas respostas”, o M. Centeno irá da-las tim-tim por tim- tim, como de habito !

RESPONDER

Parece o "Batmóvel", é movido a energia solar e pode ser produzido em massa

A Aptera Motors está a preparar-se para lançar o primeiro automóvel movido a energia solar a ser produzido em massa até ao final do ano. A Aptera Motors, uma empresa norte-americana, apresentou recentemente o primeiro carro …

George Floyd. Minneapolis ia contratar influencers para combater desinformação durante julgamento de Derek Chauvin

A cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, planeava contratar seis influencers para ajudar a partilhar informações durante o julgamento de Derek Chauvin, o ex-polícia acusado de assassinar George Floyd. De acordo com a CNN, o plano …

Imagens revelam que a Coreia do Norte oculta local onde armazena armas nucleares. EUA planeiam agir

As imagens de satélite mostram que a Coreia do Norte tomou medidas para ocultar uma instalação, que as agências de inteligência dos EUA acreditam estar a ser usada para armazenar armas nucleares. A situação fez …

Antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi recebeu envelope com duas balas

O antigo chefe do governo italiano Matteo Renzi recebeu, esta quarta-feira, um envelope com duas balas no interior, uma ameaça imediatamente denunciada por toda a classe política. O envelope foi entregue diretamente na sede do Senado, …

Polícia do Capitólio alerta para ameaça de nova invasão já esta quinta-feira

A polícia do Capitólio, responsável pela segurança do Congresso dos Estados Unidos, alertou para a ameaça de uma milícia invadir a sede do Congresso na quinta-feira, com ligações a uma teoria de conspiração. A agência …

Oito feridos em esfaqueamento na Suécia. Polícia fala em terrorismo

Um homem esfaqueou, esta quarta-feira, um grupo de pessoas na vila de Vetlanda, na Suécia. Há pelo menos oito feridos, que foram transportados para o hospital, e as autoridades policiais suspeitam de um “ataque terrorista”. O …

China testa moeda digital nacional nas principais cidades

A mudança para a moeda digital dá aos governos mais controle sobre o seu dinheiro. É o que procura a China, onde o Executivo está a testar a eCNY, lançada em 2020, em cidades como …

TdC dá luz verde a Linha Rosa e prolongamento da Amarela do Metro do Porto

O Tribunal de Contas (TdC) deu luz verde às empreitadas de construção da Linha Rosa do Metro do Porto e de prolongamento da linha Amarela até Vila d’ Este, em Gaia, disse esta quarta-feira à …

Presidência Trump deixou democracia dos EUA ao nível do Panamá e da Roménia

Um novo recuo de direitos políticos e liberdades no final da presidência de Donald Trump deixou os Estados Unidos ao nível da Roménia e do Panamá, segundo a organização não-governamental Freedom House. No último ano da …

Na visita histórica ao Iraque, Papa vai encontrar cidades devastadas pelo Daesh

O Papa Francisco chega ao Iraque, esta sexta-feira, onde vai visitar várias cidades que foram destruídas pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI). A maioria da população cristã concentra-se no norte do país. "Estamos a correr contra o …