Governo “não se pode queixar de falta de empenho da direita”

Paulo Novais / Lusa

O presidente do CDS-PP considerou, esta quarta-feira, que o Governo “não se pode queixar de falta de empenho da direita” na construção do Orçamento do Estado, e recusou “especular uma crise artificial” entre os partidos da esquerda.

Em declarações aos jornalistas na sede do partido, em Lisboa, no final de uma reunião com o presidente do Fórum para a Competitividade, Francisco Rodrigues dos Santos foi questionado sobre os impasses em torno do Orçamento do Estado para o próximo ano e as ameaças de crise política.

“O interlocutor que o Governo escolheu – é importante que fique bem claro – tem sido o Partido Comunista Português e o Bloco de Esquerda, não foi o CDS, portanto não se pode queixar de falta de empenho da direita porque as propostas vão aparecer e se, de facto, existir este espírito construtivo, nós esperamos que o Governo as aceite e inclua no próximo Orçamento do Estado”, defendeu.

Francisco Rodrigues dos Santos observou que “a direita não foi chamada a participar na construção deste orçamento do Estado” e que “António Costa entendeu manter os seus parceiros de dança de sempre e reiterou que “um orçamento cozinhado pela esquerda não pode ser servido pela direita”.

Parece que, quando um não quer, três não dançam. Mais do que estarmos a especular uma crise artificial sobre os pressupostos desse entendimento, é fundamental, na opinião de todos os parceiros económicos mas também da sociedade civil e daqueles que passam mais dificuldades, que se possa projetar um Orçamento do Estado que responda aos desafios que Portugal atravessa neste momento e em que se avizinha uma recessão económica e números de desemprego e de insolvências superiores aqueles que atravessamos por ocasião da crise das dívidas soberanas”, sublinhou.

Na ótica do presidente democrata-cristão, “este orçamento não satisfaz e o prenúncio deste orçamento não é nada encorajador nem cria expectativas positivas nem esperança aos portugueses”.

Francisco Rodrigues dos Santos indicou que “o CDS vai continuar a ter os seus contributos em sede parlamentar para este Orçamento do Estado”, e disse esperar que “sejam acolhidas por parte do Governo”.

“Nós colocamos o interesse nacional como bússola para a nossa orientação política”, respondeu, lamentando que “infelizmente, muitas vezes interessa mais a proveniência das propostas do que propriamente o mérito das mesmas”.

O presidente do CDS apontou que “as propostas do CDS numa primeira análise são chumbadas no parlamento” mas “depois são propostas pela esquerda e são aprovadas”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …