45 milhões, contratações e fusão com Emef. Governo aprova medidas para resolver problemas dos comboios

António Cotrim / Lusa

O Governo aprovou esta quinta-feira um novo plano estratégico para a CP que prevê o reforço do investimento e mais contratações.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação anunciou um investimento adicional de 45 milhões de euros e mais 187 contratações, dos quais 67 para a Emef, empresa de manutenção ferroviária. Pedro Nuno Santos revelou ainda a intenção do Governo de avançar com a fusão da CP com a Emef.

Pedro Nuno Santos falava no briefing do Conselho de Ministros onde foi aprovado esta quinta-feira a nova estratégia para a CP. Em causa está um plano a três anos que pretende numa primeira fase fazer a reabilitação de material circulante “encostado” e mais tarde desenvolver uma modernização mais completa de algum do material.

Em causa estão cerca de 70 unidades, entre vários tipos de material ferroviário, incluindo automotoras, locomotivas e até comboios usados nos serviços suburbanos.

Os 45 milhões de euros, dos quais nove milhões são para usar já este ano, vão financiar o esforço adicional de manutenção que será pedido à Emef. O dinheiro vai sair do Orçamento do Estado.

Já o reforço das contratações será financiado pela empresa, tendo o governante sublinhado que foi obtida já a autorização do Ministério das Finanças para as novas contratações e também para a possibilidade da CP poder contratar automaticamente colaboradores para substituir os que vão saindo, nomeadamente para as reformas.

Uma das medidas previstas é a reabertura das oficinas de Guifões no Porto para aumentar a capacidade de recuperação de material circulante que atualmente não está em operação.

O objetivo a prazo será substituir o material que está a ser alugado à espanhola Renfe e que tem tido um custo relevante para a empresa, cerca de dez milhões de euros por ano. A CP lançou no início do ano um concurso para a compra de comboios novos para o serviço regional, mas estas unidades ainda vão demorar alguns anos a chegar.

O novo plano é anunciado já no arranque do verão, um período tradicionalmente de grande procura e que registou no ano passado vários problemas por falta de capacidade de resposta da operadora ferroviária. No entanto, Nuno Santos avisou que os efeitos não serão sentidos para já.

Ao Observador, Pedro Nuno Santos não quis avançar com uma data específica para as melhorias que se vão sentir nos comboios. Mas garantiu: “Queremos recuperar num prazo de 18 meses um conjunto muito vasto de material circulante que está encostado há vários anos”.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação referiu que não seria correto avançar com uma data, especialmente “depois de tantos anos em que se foi degradando o serviço prestado pelas empresas”. A recuperação que se tem de fazer, acrescentou, “não produz resultados imediatos”.”Não me passaria pela cabeça criar a ilusão no imediato”, referiu.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …

380 baleias morreram encalhadas na Austrália. Este é o maior incidente registado no país

Morreram pelo menos 380 baleias-piloto presas numa baía remota da Tasmânia. Apesar dos intensos esforços para tentar salvá-las não foi possível evitar este cenário, informou hoje um responsável pelos serviços de socorro. "Temos um número mais …

Ansu vale 400 milhões e é "sucessor" de Lopetegui

A figura mais recente do Barcelona e do futebol espanhol entrou oficialmente na equipa principal e, por isso, a cláusula de rescisão "disparou". Em Barcelona continua-se a falar muito sobre Luis Suárez. Depois de Lionel Messi, …