Governo compromete-se a ter bombeiros de intervenção permanente em todo o continente até 2020

Tiago Petinga / Lusa

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, fala à imprensa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, assumiu dez compromissos com os bombeiros portugueses, entre os quais a criação, até 2020, de equipas de intervenção permanente em todos os concelhos do continente.

O Governo pretende ter “em inícios de 2020 equipas de intervenção permanente em todos os municípios do continente”, afirmou Eduardo Cabrita, comprometendo-se a criar já este ano 40 equipas, a somar às 166 que já existem.

O compromisso foi um dos dez assumidos hoje pelo governante com a Liga dos Bombeiros Portugueses, nas Caldas da Rainha, onde foi empossado o presidente reeleito, Jaime Marta Soares.

Num “novo tempo para a proteção civil e a segurança”, o ministro assumiu a Liga como “parceiro estratégico no aprofundamento de uma reforma da proteção civil” comprometendo-se a ouvi-la “atempadamente” relativamente a todos os documentos estratégicos.

A LBP vai ser ouvida sobre a nova “figura diretiva operacional única de prevenção e de combate” que está a ser preparada “até ao final de março”, afirmou durante a cerimónia.

Mas, questionado pelos jornalistas, não se comprometeu com a criação de um comando nacional autónomo para os bombeiros – uma das reivindicações da LBP -, remetendo também para março essa decisão.

“A estrutura da Proteção Civil exige uma estrutura clara de comando em que os bombeiros serão inseridos e serão uma componente essencial”, afirmou Eduardo Cabrita, recusando, no entanto, “antecipar um debate que será feito até março”.

O compromisso do ministro é de que a Liga participará nas “estruturas consultivas” dos órgãos de proteção civil e que passarão a contar com um oficial de ligação à estrutura da proteção civil.

A LBP será ainda ouvida na definição das prioridades na área de risco para o próximo quadro comunitário Portugal 2030 e “acompanhará a definição, em Bruxelas, do quadro de mecanismo europeu de resposta a grandes incêndios florestais, inundações, epidemias ou acidentes químico-industriais”, acrescentou Eduardo Cabrita.

O governante comprometeu-se também a reformar a escola nacional de bombeiros e a definir até ao final do semestre as condições do cartão nacional de bombeiro.

Compromissos que Jaime Marta Soares considerou um sinal de “diálogo franco e aberto na procura de soluções” para responder às propostas apresentadas pela Liga, esperando que possa estar a abrir-se “um novo caminho que possa vir a dar os seus frutos”, declarou aos jornalistas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Forças Armadas aceitaram líder do CDS como voluntário

O Jornal de Notícias escreve esta quinta-feira que as Forças Armadas aceitaram o líder do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos, como voluntário para ajudar nas ações desenvolvidas na luta contra a covid-19 durante o estado …

Portugal duplica capacidade de ventilação. Oito profissionais de saúde nos cuidados intensivos

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, anunciou esta quinta-feira a duplicação dos equipamentos de ventilação e garantiu uma distribuição equilibrada dos testes de despistagem. “Entre ofertas, compras e empréstimos, estaremos em condições de duplicar …

Coreia do Norte reitera que não tem infetados. Coreia do Sul desconfia

A Coreia do Norte reafirmou que não regista nenhum caso de coronavírus (covid-19), numa declaração feita por um alto responsável pelo setor da Saúde de Pyongyang citado esta quinta-feira pela Agência France Presse. A Coreia do …

Ovar já tem linha telefónica própria para retirar pressão à Saúde 24

A Linha de Apoio Covid Ovar vai garantir assistência atempada à comunidade de 55.400 habitantes do concelho e é exclusiva para utentes que suspeitem ter sintomas do novo coronavírus. O Município de Ovar ativa, esta quinta-feira, …

Durão Barroso defende coronabonds (mas a prioridade é outra)

Em entrevista à SIC Notícias, Durão Barroso concordou com a criação dos ​​​​​​​coronabonds, mas defendeu que a prioridade é resolver "a crise humanitária". Durão Barroso considerou, em entrevista à SIC Notícias, que as instituições europeias têm …

Do empréstimo milionário à nacionalização. As soluções da TAP para resistir à crise

A TAP está a enfrentar uma das suas piores crises, face à pandemia de covid-19, e há várias soluções em cima da mesa, desde um empréstimo com aval do Estado à nacionalização da empresa. Para fazer …

"Matem-nos". Presidente das Filipinas autoriza disparos contra quem violar quarentena

O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ordenou aos agentes da polícia e aos militares que disparem sobre qualquer pessoa que esteja a causar "problemas" durante o isolamento obrigatório, decretado devido à da pandemia de Covid-19. De …

Há mais de nove mil casos de covid-19 em Portugal. Número de recuperados sobe para 68

Um mês desde o primeiro teste positivo confirmado do novo coronavírus no país, Portugal tem um total de 9.034 casos confirmados de Covid-19, segundo o Relatório da Direção Geral da Saúde sobre a situação epidemiológica …

Ramalho Eanes: "Nós, os velhos, se for necessário oferecemos o nosso ventilador"

O antigo Presidente da República apelou aos mais "velhos", como ele, para darem o exemplo neste combate ao coronavírus, caso Portugal passe por uma situação semelhante à de Itália ou Espanha. Em entrevista à RTP, o …

"Profundamente preocupados". 13 países enviam recado a Viktor Orbán

Portugal e mais 12 países, entre os quais França, Bélgica e Espanha, garantiram, numa declarações conjunta, que apoiam a iniciativa da Comissão Europeia para verificar se as medidas de emergência implementadas respeitam os valores europeus. Os …