Elton John e Olivia Newton-John. Governo britânico revelou (por engano) moradas dos condecorados pela Rainha

O governo do Reino Unido divulgou na Internet as moradas pessoais de mais de mil personalidades britânicas que vão ser condecoradas pela Rainha Isabel I na cerimónia de Ano Novo.

O lapso foi detetado por várias pessoas que acederam à lista publicada no site do governo britânica que continha moradas associadas aos nomes que farão parte do “Quadro de Honra” de Ano Novo. Em causa estão as moradas de celebridades famosas como o músico Elton John, a cantora e atriz Olivia Newton-John e os realizadores Sam Mendes e Steve McQueen.

Em declarações ao jornal britânico The Guardian, o governo do Reino Unido disse que o documento com as moradas esteve visível apenas durante uma hora. Depois, foi retirado da página, onde agora consta apenas a lista de nomes das figuras que serão condecoradas pela rainha.

Fontes do governo britânico assumiram ainda que terá havido erro humano, estando para já descartada a possibilidade de ciberataque, e explicaram que todas as pessoas afetadas pela divulgação das moradas estão a ser contactadas pelo governo para deixar um pedido de desculpas e a disponibilizar-se para apoiar quem possa ter preocupações de segurança.

A revelação das moradas levou vários políticos a apelar à realização de uma investigação interna para apurar o que esteve na origem do erro. “É uma falha grave e extraordinária, porque isto é um processo bem estabelecido que é feito da mesma forma há anos. Por isso, penso que é certamente necessária uma investigação urgente”, afirmou Sir Bob Kerslake, antigo responsável pela função pública britânica, em declarações à emissora britânica BBC.

“Claro que o mais provável é que tenha sido erro humano, como já foi apontado, mas temos de saber quão bem preparadas estão as pessoas relativamente à importância de manter a segurança. Foram informados das potenciais consequências da divulgação desta informação?”, questionou o mesmo responsável, membro da Câmara dos Lordes.

Diana Johnson, deputada do Partido Trabalhista que vai receber uma condecoração no Ano Novo, também apoia o pedido para que seja feita uma investigação. “Enquanto deputada, estou bem consciente da importância de manter em segurança as informações pessoais dos indivíduos, depois dos terríveis acontecimentos dos anos recentes”.

O incidente provocou desconforto entre os políticos por motivos de segurança nacional, uma vez que, na lista, se encontravam as moradas de alguns dos mais altos responsáveis das autoridades policiais do Reino Unido.

Elton John, de 72 anos, foi elevado a membro da Ordem dos Companheiros de Honra, pela sua longa contribuição para as artes. Olivia Newton-John, de 71 anos, foi nomeada Dama Comandante Honorária da Ordem do Império Britânico pelo seu envolvimento na luta contra o cancro e contribuição para as artes.

Sam Mendes, de 54 anos, será homenageado com o título de Cavaleiro, depois de ter ganho, em 2000, o Óscar por realizar “Beleza Americana”. Por fim, Steve McQueen, de 50 anos, também terá o mesmo título, após vencer um Óscar por “12 Anos Escravo”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Limitação dos apoios a sócios-gerentes não é "justa", diz Confederação das empresas

A Confederação das Micro, Pequenas e Médias Empresas não entende a razão para limitar a ajuda a sócios-gerentes ao valor de 1.905 euros, proposta que não consideram justa. Em entrevista à Rádio Observador na quinta-feira, o …

Devolução de manuais. Diretores acusam políticos de "brincar às escolinhas"

Os diretores escolares criticaram hoje o 'timing' da proposta de suspensão de devolução de manuais escolares, acusando os políticos de andar a “brincar às escolinhas” sem perceberem o trabalho que implica reutilizar milhões de livros. O …

Passageiros dos EUA e PALOP têm de apresentar teste negativo de covid-19

O Governo prorrogou várias medidas restritivas do tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal, com novas orientações e exceções, num despacho publicado terça-feira em Diário da República. Segundo noticiou o Expresso, um comunicado do …

PGR angolana diz que Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal

Isabel dos Santos pode ser ouvida em Portugal ou noutro país com acordos judiciários com Angola, no âmbito do processo-crime por alegada má gestão e desvio de fundos da Sonangol, disse à Lusa fonte da …

Autoridades descartam participação da milícia "Escritório do Crime" no caso Marielle Franco

O envolvimento da milícia conhecida como "Escritório do Crime" no homicídio da vereadora e ativista Marielle Franco chegou a ser investigado, mas foi descartado pela polícia brasileira. O delegado brasileiro Daniel Rosa, da cidade do Rio …

Desconfinamento não foi suficiente. Desemprego volta a subir em Espanha para valores de 2016

O número de desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego em Espanha voltou a aumentar em 5.107 pessoas em junho, uma desaceleração em relação a maio, atingindo um total de 3.862.883 espanhóis. De acordo com os …

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …