Governo apela a comerciantes que baixem preços de máscaras e gel

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais apelou hoje aos comerciantes que tenham “grande responsabilidade” perante a descida do IVA das máscaras e gel desinfetante usado no combate à pandemia, e que efetivamente baixem o preços destes artigos.

Este apelo foi deixado por António Mendonça Mendes na Assembleia da República, durante o debate da proposta de lei do Governo que prevê a redução da taxa do IVA (para o mínimo) das máscaras de proteção e gel desinfetante e a isenção de IVA para operadores nacionais e comunitários no fornecimento de equipamento de proteção individual.

“O Governo espera que a descida da taxa de IVA para estes produtos seja acompanhada com grande responsabilidade por aqueles que a comercializam”, assinalou.

Apesar de reconhecer que a medida “não garante que descem os preços das máscaras e do gel”, o governante assinalou que existe uma medida para o “controlo da margem de lucro”.

“Mas essas empresas têm uma responsabilidade social na crise de não ficarem com a margem do imposto”, vincou o secretário de Estado, indicado que essa margem é para ajudar as famílias.

Durante o debate, PAN e BE alertaram para a possibilidade de os preços de venda ao público não serem reduzidos, mesmo depois da aprovação da redução da taxa de IVA das máscaras e gel desinfetante de 23% para 6%.

A deputada Cristina Rodrigues, do PAN, pediu ao Governo medidas complementares para combater a especulação, como o reforço dos meios da ASAE ou o “investimento na produção nacional destes equipamento” para que o país não esteja “tão dependente do exterior”.

Já a bloquista Mariana Mortágua advertiu que “a descida do IVA não impede a especulação sobre os preços e também não impede que os comerciantes acabem por internalizar a descida do IVA em vez de a repercutir” no preço praticado.

Todos os partidos congratularam-se com a medida, mas algumas bancadas criticaram que “peca por tardia”, tendo o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais respondido que, do leque de Estados-membros da União Europeia, “só a Áustria e a Grécia até agora diminuíram a taxa do IVA” para estes equipamentos de proteção.

PAN e CDS-PP apresentaram propostas de alteração ao diploma do Governo, pretendendo alargar a descida do IVA a outros equipamentos usados na proteção contra a covid-19, como viseiras, luvas ou fatos de proteção.

A deputada Cecília Meireles, do CDS, salientou que estes não são “objetos que as pessoas possam escolher adquirir ou não, são bens absolutamente essenciais” para o combate a esta pandemia.

A deputada não inscrita Joacine Katar Moreira concordou que estes são “bens vitais” para a sociedade e advogou que “esta descida dos impostos é igualmente o aumento da garantia de sobrevivência de milhares de indivíduos que auferem rendimentos miseráveis”.

André Ventura, do Chega, perguntou ao Governo se os municípios que “já pagaram o IVA não vão ter uma compensação”, ao que o secretário de Estado respondeu que a medida terá retroativos a 30 de janeiro.

Pelo PSD, Duarte Pacheco assinalou que esta proposta de lei resulta de uma medida proposta pelo líder do PSD, Rui Rio, na semana passada, e congratulou-se com a colaboração entre os sociais-democratas e o Governo.

Esta proposta do Governo prevê igualmente uma alteração ao Orçamento do Estado por forma a aumentar os tetos das garantias dadas pelo Estado às empresas, tendo PSD e CDS defendido que esta é a “primeira retificação” ao documento.

O deputado Duarte Alves, do PCP, criticou a “enorme burocracia” com que são confrontadas as empresas que tentem aceder às ajudas criadas pelo Governo, e pediu que elas sejam dirigidas maioritariamente às micro, pequenas e médias empresas, e não aos “grupos monopolistas”.

João Cotrim Figueiredo, da Iniciativa Liberal, defendeu que “só as medidas que saem do papel ajudam a economia e as pessoas” e que o dinheiro tem de chegar efetivamente às empresas, algo defendido também por outros partidos.

Um dos exemplos foi Fernando Anastácio, do PS, que salientou a necessidade de os “pedidos que os empresários submeteram sejam agilizados o mais depressa possível”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Oh filhos acho que água e sabão chega bem para lavar as mãos e máscaras comprei logo umas reutilizáveis ou comunitárias por 2 euros no início disto tudo antes do governo colocar entraves na produção de máscaras com características ridículas que só inflacionam o preço das mesmas… Já agora que estamos na fase de ser pedinchoes eu tbm quero que fassa lá um esforço e deminuam o IVA da luz e o preço do gás de botija, ah e já agora se não for pedir muito reduzam lá o imposto habitação este ano xD

RESPONDER

Presidente da Polónia com teste positivo de covid-19

O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou este sábado o porta-voz do chefe de Estado. "Como se esperava, o Presidente @AndrzejDuda foi ontem [sexta-feira] submetido a um teste para detetar …

"Com o futebol acabei com a Guerra do Iraque". Jorvan Vieira, o treinador português que é Deus no mundo árabe

Jorvan Vieira é um nome que pouco deve dizer à maioria dos adeptos de futebol. Filho de portugueses emigrados no Brasil, fez grande parte da sua carreira no Médio Oriente, onde é acarinhado por milhões. …

Capacidade de cuidados intensivos na Europa vai chegar ao limite, alerta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira que muitas unidades de cuidados intensivos na Europa vão chegar ao limite da sua capacidade nas próximas semanas. "Há uma situação muito preocupante a acontecer na Europa. …

Geólogos "ressuscitam" placa tectónica desaparecida

A existência da placa tectónica Ressurreição nunca foi consensual: alguns geólogos argumentam que nunca foi real e outros alegam que a placa sofreu um processo de subducção no manto da Terra, em algum lugar da …

Não se esqueça: muda a hora este domingo

Os relógios vão atrasar 60 minutos na madrugada do próximo domingo em Portugal para dar início ao horário de inverno. Em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios deverão ser atrasados uma hora …

Cientistas mediram o período de tempo mais curto de sempre

Uma equipa de físicos e metrologista da Universidade Goethe de Frankfurt, na Alemanha, anunciou que conseguiu medir o menor período de tempo já determinado - são 247 zeptosegundos, segundo os cientistas. O processo físico cuja …

Viagens expresso no Sistema Solar. Nave espacial pode chegar a Titã em apenas 2 anos

Uma equipa de cientistas está a trabalhar num propulsor de nave espacial que, segundo eles, poderia alcançar a misteriosa lua de Saturno, Titã, em menos da metade do tempo que o satélite Cassini demoraria. Apesar de …

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …