Google obrigada a indemnizar mulher em 16.000 euros por divulgação de vídeo íntimo

Photoxpress

foto: Photoxpress

foto: Photoxpress

O Superior Tribunal de Justiça do Brasil decidiu que a Google deve pagar uma indemnização de 16.000 euros a uma mulher que teve um vídeo íntimo divulgado na internet. Os juízes do STJ entenderam que a empresa, mesmo não sendo obrigada a retirar o vídeo, não cumpriu o acordo para suprimir os dados da mulher.

O tribunal julgou o processo de uma mulher, que foi despedida de uma emissora de TV depois de um vídeo, no qual ela aparecia em cenas íntimas gravadas nas instalações da emissora, ter sido divulgado pelo email interno da empresa. O vídeo foi também divulgado numa rede social, e a ex-funcionária apelou à Justiça para que a Google fosse obrigada a “retirá-lo da internet”. Após audiência de conciliação, a Googla comprometeu-se a apagar os dados, mas não cumpriu o acordo.

Por unanimidade, os juízes seguiram o voto da relatora do processo, a juíza Nancy Andrighi, que decidiu manter o pagamento da indemnização de 50.000 reais (cerca de 16.000 euros), valor definido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Para a juíza, os fornecedores de serviços de internet não podem ser obrigados a retirar resultados de busca de informações específicas, mas criticou a Google por não ter cumprido o acordo.

“A obrigação, da forma como posta nos acordos judiciais, não é tecnicamente impossível, inexistindo argumento plausível para explicar como o seu sistema não conseguiria responder a um comando objectivo de eliminar dos resultados de busca determinadas palavras ou expressões”, disse a ministra.

Este é mais um episódio na história recente da difícil relação do Google com a justiça brasileira, depois de em setembro do ano passado o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul ter mandado prender o presidente do Google no Brasil, Fabio José Silva Coelho, porque a empresa não cumpriu a ordem judicial de retirar do YouTube dois vídeos que satirizavam um candidato à câmara municipal de Campo Grande.

ZAP / ABr

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, o SEF ainda não foi extinto. Governo vai publicar decreto-lei

Afinal, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ainda não foi extinto. Segundo o Ministério da Administração Interna, o Governo vai "aprovar por decreto-lei a orgânica do novo serviço público [SEA] e as novas competências …

Mais quatro mortes e 553 casos nas últimas 24 horas

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas 553 novos casos de covid-19 e quatro mortes associadas à doença. Portugal regista hoje mais quatro mortes relacionadas com a covid-19, 553 novos …

Familiares das vítimas do voo MH-17 na Ucrânia vão pedir indemnizações

Uma das advogadas das vítimas do voo MH-17 da Malaysia Airlines anunciou que 290 familiares apresentaram pedido de indemnização contra os quatro suspeitos do acidente. Uma advogada das vítimas do derrube do voo da Malasya Airlines …

1.º de Maio. CGTP duplica lotação, UGT festeja online com ex-ministros socialistas

As centrais sindicais voltam a estar divididas quanto às comemorações do 1.º de Maio. A CGTP vai organizar dois desfiles e duplicar a concentração na Alameda Dom Afonso Henriques; a UGT cancelou qualquer iniciativa presencial …

"Vice" da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à …

Japão responde à China e garante que derrame de Fukushima será seguro

O vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso, reafirmou esta sexta-feira, em resposta às críticas da China, que a descarga da central nuclear de Fukushima aprovada pelas autoridades japonesas estará dentro dos limites de segurança da água potável. "Estou …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

João Leão afasta criação de imposto de solidariedade para pagar crise pandémica

O ministro das Finanças, João Leão, argumenta que a criação de um imposto de solidariedade para pagar a crise pandémica não ajudaria nem seria benéfica. Em entrevista ao semanário Expresso, o ministro das Finanças, João Leão, …

Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal. Novos documentos põem fim aos mitos

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por se lavar pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a …

De Cristas aos encontros com Salgado. PS já tem 14 perguntas sobre o Novo Banco para Passos

Depois de Carlos Moedas e Cavaco Silva, o PS já tem perguntas que quer fazer ao ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho no âmbito da comissão de inquérito ao Novo Banco.  De acordo com o semanário Expresso, o …