Google ficou sem o domínio na Argentina (e Nicolás achou que ia ser o novo dono)

fedetorrico12 / Twitter

“brazuca podrás tener 5 mundiales pero, cuantos Google tenes?” (in Twitter)

Na última quarta-feira, um jovem argentino achou que ia ficar rico à custa da distração da Google no seu país. Acabou por não acontecer e tudo ficou resolvido.

“Que pague a dívida externa”, “que compre vacinas”, “não somos os donos do mundo porque não queremos”. Segundo o canal estatal russo RT, foram estas algumas das reações nas redes sociais depois de Nicolás Kuroña ter anunciado ao mundo que tinha comprado o domínio da Google na Argentina porque, alegadamente, a gigante tecnológica não o tinha renovado.

As mensagens dos utilizadores referiam-se, assim, à possibilidade de a poderosa empresa ter de pagar uma fortuna a este jovem para recuperar o seu domínio.

Tudo aconteceu quando, na quarta-feira, o jovem argentino escreveu na sua conta do Twitter que era o novo dono do domínio. Segundo Kuroña, bastou-lhe para isso entrar no site NIC Argentina, no qual se regista e administra os domínios neste país sul-americano, para perceber que o “google.com.ar” estava disponível.

O jovem explicou que esta situação se deveu ao facto de o anterior proprietário não ter feito a renovação e o respetivo pagamento. Assim, aproveitou o lance e desembolsou 270 pesos, cerca de 30 euros, para ficar com o domínio.

Simultaneamente, várias pessoas não estavam a conseguir aceder ao famoso motor de busca, aparecendo-lhes um anúncio a informar que o site estava indisponível. O tweet de Kuroña rapidamente se tornou viral e o seu nome transformou-se num dos assuntos do momento.

No entanto, por volta da meia-noite, depois de algumas horas, o site voltou a estar acessível. A empresa limitou-se a informar que tinha resolvido “o problema”, sem detalhar se tinha sido apenas uma questão técnica, ou se efetivamente tinha perdido o domínio.

Kuroña, que naquele curto espaço de tempo já passara de centenas para milhares de seguidores, também não esclareceu o que tinha acontecido. E no NIC Argentina a Google apareceu novamente como dona do domínio em questão.

A confusão adensou-se quando a empresa Open Data Córdoba, especializada em domínios argentinos, afirmou que a propriedade da Google relativamente ao domínio só expirava em julho, ou seja, não estava disponível como dizia o jovem, que, apesar disso, continua a ser tendência nas redes sociais e já foi catapultado para a fama.

“‘Google.com.ar’ não estava caducado. Isso só acontecia em julho. Até esta manhã estava em nome da Google. Alguém o transferiu ou alguma coisa estranha aconteceu”, explicou.

Afinal, o jovem Kuroña não é o novo dono do domínio, nem vai ficar rico às custas da gigante norte-americana, como muitos diziam. Foi uma boa tentativa, há que admitir, e fica pelo menos com uma boa história para contar (ou não).

  ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Esta história está necessariamente mal contada. Quem trabalha com sites sabe perfeitamente que não é possível alguém comprar um domínio que esteja dentro do prazo de possível renovação. E quanto a esse prazo, é quase impossível deixá-lo passar, quer devido ao número de avisos quer pelo facto de ainda existirem, penso que 15 ou 30 dias após o término do prazo, para poder reivindicar o domínio.

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …