Google diz que atingiu a “supremacia quântica” com um novo processador. IBM discorda

pestoverde / Flickr

Sundar Pichai, atual presidente executivo do Google

A Google afirma que conseguiu atingir a “supremacia quântica” da computação, capaz de desempenhar tarefas que nenhum computador atual consegue resolver. O feito foi conseguido com o processador Sycamore e permitiu resolver em 200 segundos um cálculo que, num computador normal, demoraria 10 mil anos.

Segundo divulgou o Observador, esta afirmação por parte da Google e os resultados acima mencionados surgem num artigo publicado na quarta-feira na Nature.

“Computação quântica: soa a futuro, porque até recentemente era. Mas hoje estamos a assinalar um marco importante na investigação da computação quântica que abre novas possibilidades à tecnologia”, escreveu Hartmut Neven, diretor de engenharia da equipa de inteligência artificial Quantum da Google, no blogue da empresa.

Ao contrário dos computadores tradicionais, este tipo de computação tem por base as propriedades da mecânica quântica e permite solucionar problemas que seriam muito difíceis ou impossíveis de resolver num computador tradicional. A Google disse que o artigo publicado é “o resultado de anos de investigação e da dedicação de muitas pessoas”.

“Também é o início de uma nova jornada: descobrir como é que pomos esta tecnologia a funcionar. Estamos a trabalhar com a comunidade de investigação e temos ferramentas de código aberto para permitir que outras pessoas trabalhem connosco para identificar novas aplicações”, acrescentou.

Depois de a Google ter tornado o feito público, a IBM pronunciou-se. Num texto publicado no blogue da empresa, os investigadores escreveram que o supercomputador do Laboratório Nacional de Oak Ridge poderia resolver o mesmo problema em 2,5 dias e não nos tal 10 mil anos que fazem com que este feito seja considerado “supremacia quântica”.

IBM criou o primeiro computador quântico direcionado para empresas

“Defendemos que uma simulação ideal desta mesma tarefa pode ser desempenhada num sistema clássico em 2,5 dias e com muito mais fidelidade. Esta é, na verdade, uma estimativa conservadora para aquele que pode ser o tempo mais demorado, e esperamos que, com mais melhorias, o custo base da simulação possa ser reduzido”, escreveram.

Acrescentaram ainda que “a experiência da Google é uma excelente demonstração do progresso da computação quântica”, mas que “não deve ser visto como prova de que os computadores quânticos são ‘supremos’ em relação aos computadores clássicos”.

Sobre a reação da IBM, Sergio Boixo, da equipa da Google, disse que “é muito importante testar estas propostas em supercomputadores reais, porque as coisas nem sempre funcionam como o esperado”, citou o Guardian.

À mesma publicação, Christopher Monroe, físico na Universidade de Maryland e cofundador da startup de computação quântica IonQ, disse que o que a Google conseguiu foi um marco académico, mas que “provavelmente, o problema não vai ser usado para nada”. Já Steve Brierley, líder da empresa de software quântico Riverlane, sublinhou que se tratava de “uma conquista incrível”, que iria marcar a história da computação.

O termo “supremacia quântica” foi utilizado pelo físico John Preskill para determinar o ponto de viragem na história da computação, quando os computadores quânticos venceram máquinas mais tradicionais.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …