Google diz que atingiu a “supremacia quântica” com um novo processador. IBM discorda

pestoverde / Flickr

Sundar Pichai, atual presidente executivo do Google

A Google afirma que conseguiu atingir a “supremacia quântica” da computação, capaz de desempenhar tarefas que nenhum computador atual consegue resolver. O feito foi conseguido com o processador Sycamore e permitiu resolver em 200 segundos um cálculo que, num computador normal, demoraria 10 mil anos.

Segundo divulgou o Observador, esta afirmação por parte da Google e os resultados acima mencionados surgem num artigo publicado na quarta-feira na Nature.

“Computação quântica: soa a futuro, porque até recentemente era. Mas hoje estamos a assinalar um marco importante na investigação da computação quântica que abre novas possibilidades à tecnologia”, escreveu Hartmut Neven, diretor de engenharia da equipa de inteligência artificial Quantum da Google, no blogue da empresa.

Ao contrário dos computadores tradicionais, este tipo de computação tem por base as propriedades da mecânica quântica e permite solucionar problemas que seriam muito difíceis ou impossíveis de resolver num computador tradicional. A Google disse que o artigo publicado é “o resultado de anos de investigação e da dedicação de muitas pessoas”.

“Também é o início de uma nova jornada: descobrir como é que pomos esta tecnologia a funcionar. Estamos a trabalhar com a comunidade de investigação e temos ferramentas de código aberto para permitir que outras pessoas trabalhem connosco para identificar novas aplicações”, acrescentou.

Depois de a Google ter tornado o feito público, a IBM pronunciou-se. Num texto publicado no blogue da empresa, os investigadores escreveram que o supercomputador do Laboratório Nacional de Oak Ridge poderia resolver o mesmo problema em 2,5 dias e não nos tal 10 mil anos que fazem com que este feito seja considerado “supremacia quântica”.

IBM criou o primeiro computador quântico direcionado para empresas

“Defendemos que uma simulação ideal desta mesma tarefa pode ser desempenhada num sistema clássico em 2,5 dias e com muito mais fidelidade. Esta é, na verdade, uma estimativa conservadora para aquele que pode ser o tempo mais demorado, e esperamos que, com mais melhorias, o custo base da simulação possa ser reduzido”, escreveram.

Acrescentaram ainda que “a experiência da Google é uma excelente demonstração do progresso da computação quântica”, mas que “não deve ser visto como prova de que os computadores quânticos são ‘supremos’ em relação aos computadores clássicos”.

Sobre a reação da IBM, Sergio Boixo, da equipa da Google, disse que “é muito importante testar estas propostas em supercomputadores reais, porque as coisas nem sempre funcionam como o esperado”, citou o Guardian.

À mesma publicação, Christopher Monroe, físico na Universidade de Maryland e cofundador da startup de computação quântica IonQ, disse que o que a Google conseguiu foi um marco académico, mas que “provavelmente, o problema não vai ser usado para nada”. Já Steve Brierley, líder da empresa de software quântico Riverlane, sublinhou que se tratava de “uma conquista incrível”, que iria marcar a história da computação.

O termo “supremacia quântica” foi utilizado pelo físico John Preskill para determinar o ponto de viragem na história da computação, quando os computadores quânticos venceram máquinas mais tradicionais.

Taísa Pagno ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Médicos alertam que Navalny pode sofrer paragem cardíaca "a qualquer momento"

Alexei Navalny está cada vez mais em risco de insuficiência renal. Médicos próximos do opositor russo alertam que pode sofrer uma paragem cardíaca "a qualquer momento". Médicos próximos do opositor russo Alexei Navalny, detido e em …

Perto de sequenciar 1 milhão de genomas, cientistas querem desvendar segredos genéticos

O projeto All of Us está a recolher informações genéticas, registos médicos e hábitos de saúde de mais de um milhão de pessoas. Os dados podem ser usados para desvendar segredos genéticos. O primeiro esboço do …

"Besta dos cinco dentes". Descoberta nova espécie de mamífero na Patagónia

Paleontólogos descobriram uma nova espécie de mamífero, com dentes peculiares, que viveu na Patagónia durante o período Cretáceo. De acordo com a agência Europa Press, os fósseis foram encontrados em Cerro Guido, na província chilena de …

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …