Polémica das golas não passou de “uma polémica lançada por uma notícia falsa”

Tiago Petinga / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

O ministro da Administração Interna recusa comentar a polémica das golas antifumo e remete a resposta para as conclusões do relatório preliminar da Proteção Civil.

Eduardo Cabrita acompanhou esta sexta-feira o Comissário Europeu para Ajuda Humanitária e Gestão de Crise numa visita a Portimão, onde assegurou que o sistema de alertas à população por SMS está em “pleno funcionamento” e só não houve alertas este ano “porque ainda não houve uma situação para que tal fosse necessário”.

“O que está a ser testado é o alargamento do sistema a outras situações como ciclone de terramoto, e inundações de grande dimensão”, afirmou, acrescentado que o contrato inicial “era exclusivamente para incêndios florestais”.

Quanto à polémica sobre as golas inflamáveis distribuídas no âmbito do projeto Aldeia Segura, o ministro remeteu a resposta para as conclusões do relatório preliminar da Proteção Civil, realçando que nesta visita foi possível observar pessoas a usá-las e que tudo não passava de uma polémica lançada por uma “notícia falsa”.

Um relatório preliminar pedido pela Proteção Civil ao Centro de Investigação de Incêndios Florestais concluiu que as golas antifumo distribuídas à população não se inflamam quando expostas ao fogo.

O Comissário Europeu para Ajuda Humanitária e Gestão de Crise agradeceu e elogiou, durante a visita, a contribuição e empenhamento de Portugal para com o mecanismo europeu de proteção civil.

Christos Stylianides afirmou que Portugal sempre esteve muito próximo e empenhado no mecanismo de apoio europeu e que “nunca disse não” a qual pedido. O que mereceu uma mensagem de agradecimento ao apoio a esse mecanismo.

O comissário veio ao concelho de Portimão, numa visita de dois dias, para conhecer os meios de prevenção aos fogos florestais e os dispositivos de apoio à população em caso de catástrofe, como aconteceu no incêndio de 2018 que afetou os concelhos de Monchique, Silves e Portimão, no distrito de Faro.

Reconhecendo o papel que Portugal tem tido no seio dos apoios fornecidos a outros países na base da cooperação europeia, agradeceu a contribuição dos portugueses no ano passado “no combate aos incêndios que assolaram a Suécia”.

As alterações climáticas e as suas implicações nas catástrofes naturais são uma das preocupações da Comissão, às quais a União Europeia tem de dar especial atenção, demonstrada pela aprovação, no início deste ano, do Mecanismo Europeu de Proteção Civil, que reforça a capacidade dos Estados-membros em matéria de prevenção e resposta a catástrofes, como incêndios florestais e inundações.

Na visita foi dado a conhecer, ao comissário, o dispositivo montado no Pavilhão Arena em Portimão para acolher as pessoas retiradas das aldeias e casas afetadas pelo fogo de Monchique, o projeto Aldeia Segura – Pessoa Segura, já implementado em 1900 localidades, assim como alguns dos meios de prevenção e combate aos incêndios florestais.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. … com tanta mentira, tanta aldrabice, tanta corrupção a única noticia falsa é escrever-se que estes gajos são governo.

RESPONDER

Milhares de professores vacinados antes de médicos. Presidente do México acusado de fazer política com a vacinação

Milhares de professores do ensino público que lecionam nas zonas mais rurais do México foram vacinados contra o novo coronavírus antes dos profissionais de saúde que combatem a pandemia na mesma região. De acordo com …

Passageiros com documentos e teste de covid-19 falsificados detetados pelo SEF

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, no domingo, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, três cidadãos portadores de documentação falsa, dois dos quais na partida de um voo com destino à República da …

Coronadiktatur, Gesichtskondom, Fussgruss. Os alemães inventaram milhares de palavras novas sobre a pandemia

O confinamento de quase quatro meses na Alemanha não colocou restrições ao seu idioma de palavras multissilábicas. Os alemães inventaram mais de 1.200 novas palavras para descrever as regras e realidades da vida em tempo …

Ordem coordena vacinação de 4000 médicos "deixados para trás"

A Ordem dos Médicos vai vacinar cerca de quatro mil médicos que trabalham em hospitais e clínicas privadas e que, por algum motivo, não foram vacinados na altura devida. De acordo com um comunicado da ordem, …

A mais recente turbina eólica chama-se Wind Catcher e é portátil

Uma empresa dinamarquesa decidiu inovar e desenvolver uma turbina eólica portátil. O Wind Catcher é mais leve, mais poderoso e mais fácil de usar do que qualquer outro sistema de energia eólica no mercado. O Wind …

Spike Lee vai produzir série documental para o 20.º aniversário dos atentados de 11 de setembro

O realizador Spike Lee está a preparar uma série documental para estrear no 20.º aniversário dos atentados do 11 de Setembro, um "retrato sem precedentes" dos nova-iorquinos e da capacidade de recuperação depois da destruição …

Guru de investimentos, Warren Buffett, assume ter cometido um "erro"

O bilionário norte-americano Warren Buffett, considerado o "guru" dos mercados de investimento, assumiu ter cometido um erro quando adquiriu, em 2016, a Precision Castparts por 32,1 mil milhões de euros. Na carta que escreve anualmente para …

Governo "devolve" 59 milhões em TSU às empresas para compensar aumento do salário mínimo

O Governo vai "compensar" as empresas em aproximadamente 59,2 milhões de euros devido ao aumento do salário mínimo nacional, estimou o ECO, tendo por base os dados avançados pelo Executivo aos parceiros sociais. De acordo com …

Decisões tardias, jogos políticos ou desinformação. Por que razão a República Checa não está a conseguir fugir da pandemia

Numa altura em que vários países da Europa começam a pensar em desconfinar, o oposto acontece na República Checa. O país já ultrapassou as 20 mil mortes e volta a entrar num novo confinamento. Mas …

Ministério Público abre inquérito para averiguar adjudicações de vereador de Coimbra

A Procuradoria-Geral da República afirmou esta terça-feira que instaurou um inquérito para averiguar as alegadas adjudicações feitas pelo vereador Jorge Alves, que renunciou ao cargo, nos Transportes Urbanos de Coimbra a uma empresa detida pelo …