GNR investiga “patrocínio” a publicação do Movimento Zero no Facebook

Oscar in the middle / Flickr

A GNR está a investigar como é que uma publicação do Movimento Zero no Facebook apareceu como sendo “patrocinada” pela força de segurança. Admite-se “um cenário de pirataria” ou de “abuso” da página da GNR naquela rede social.

Em causa está uma publicação divulgada, em Julho passado, pelo Movimento Zero, um grupo criado no Facebook por agentes da PSP e militares da GNR que é visto como próximo de partidos de extrema-direita.

O post surgiu como sendo “financiado” pela página do Facebook da GNR, com a indicação de que a “GNR – Guarda Nacional Republicana deu uma recompensa a Movimento Zero por partilhar esta publicação”, como cita o Expresso.

Actualmente, a publicação já não inclui a referência a qualquer “patrocínio”.

Fonte do Gabinete de Relações Públicas da GNR salienta ao Expresso que a força de autoridade ficou “surpreendida com o facto” e que promoveu “a retirada do patrocínio”. Agora, está a investigar como é que isto aconteceu.

“Não descartamos um cenário de pirataria. Houve um abuso sobre a nossa página do Facebook. Não há patrocínio nenhum. Admitimos todos os cenários. Se for o caso, agiremos criminalmente”, afiança o porta-voz da GNR, José Fonseca, em declarações ao mesmo semanário.

Na publicação, o Movimento Zero (M0) critica um artigo de opinião publicado no Expresso pela cronista e advogada Carmo Afonso. Intitulado “A balada da Amadora, a de Alfragide, a de Sines, a de Carcavelos”, o texto fala de violência policial, racismo e uso abusivo de armas.

O Movimento Zero repudia o que define como “a manifesta repulsa pelas forças de segurança”, considerando que “a verdadeira intenção do artigo é instrumentalizar contra as forças de segurança”.

A publicação ainda frisa que “criticar, enxovalhar, desrespeitar ou desconsiderar os polícias não são apenas actos de assumidos delinquentes“, mas que também são “vulgarmente cometidos por certas personalidades letradas”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Reino Unido quer reconhecer animais como seres com sentimentos

O Governo britânico anunciou um amplo plano de defesa dos animais que inclui medidas como o reconhecimento dos animais como seres com sentimentos, a proibição da exportação de animais vivos e da importação de troféus …

PAN rejeita "via verde" para o Governo (e admite travar próximo Orçamento "se necessário")

O PAN não pretende oferecer “uma via verde para o Governo fazer o que bem entender” e admite mesmo travar o Orçamento de Estado "se for necessário". As palavras são da presidente do Grupo Parlamentar do …

Bloco quer administração da RTP nomeada pela Assembleia da República

O Bloco de Esquerda fez várias propostas à revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão. Do lado dos trabalhadores da RTP, a proposta foi arrasada. O Governo colocou em consulta pública, …

Decisão da insolvência da Groundforce pode demorar dois meses. Salários de maio em risco

Os salários de maio de 2400 trabalhadores da Groundforce devem ser pagos dentro de duas semanas, mas é grande a probabilidade de que isso não aconteça, à semelhança do que ocorreu em fevereiro, elevando as …

Pedro Nuno Santos garante que investimento público em redes de nova geração vai avançar

Pedro Nuno Santos garantiu, na quinta-feira, que o “investimento público” em redes de comunicações eletrónicas “vai avançar”, de forma a levar conectividade às regiões do país onde as redes das operadoras privadas não chegam. O ministro …

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …