Freddy Rincón em condição “muito crítica”

Reprodução

Figura do futebol da Colômbia, que jogou no Real Madrid, envolveu-se num acidente de viação grave. Foi operado e o prognóstico é reservado.

Freddy Rincón apresenta um quadro clínico muito complicado, depois de se ter envolvido num acidente de viação grave, nesta segunda-feira.

O antigo futebolista estava em Cali, na Colômbia, quando o carro em que se encontrava chocou com violência com um autocarro.

O acidente ocorreu no bairro San Fernando e o carro onde estava o ex-jogador não respeitou um sinal vermelho, originando o incidente. O autocarro ainda bateu numa casa.

Rincón tinha a companhia de duas mulheres no carro e ainda não se sabe quem estava a conduzir.

As duas mulheres sofreram apenas ferimentos leves e o motorista do autocarro, apesar de ter fracturado perna e joelho, está estável.

Rincón seguiu para o hospital, já foi operado e o médico responsável avisou que a sua condição é “muito crítica” e o prognóstico é “muito reservado”.

O boletim médico divulgado acrescenta que, por se encontrar em estado crítico, Rincón vai permanecer em observação durante as 72 horas seguintes à intervenção cirúrgica.

Freddy Rincón, 55 anos, foi uma figura maior da selecção nacional da Colômbia durante toda a década 1990. Participou nos três Mundiais dessa década, foi “estrela” do Corinthians e ainda jogou pelo Real Madrid.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.