Óleo, frango e bolachas Maria entre os cinco produtos que mais encareceram desde a guerra

A pescada fresca, o salmão, o óleo alimentar, o frango e a bolacha Maria foram os cinco produtos que mais aumentaram desde o início da guerra na Ucrânia, com disparos superiores a 26%, segundo as contas realizadas pela Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco).

Segundo avançou o ECO, o preço de um cabaz de produtos essenciais encareceu cerca de 20 euros, totalizando já 203,72 euros. A 02 de fevereiro, um dia antes de o conflito começar, custava 183,63 euros, o que representa um aumento de 10,94%.

Entre os produtos com maior aumento de preço desde o início da guerra e até quarta-feira, a Deco destacou a pescada fresca (mais 46%), o salmão (40%), o óleo alimentar 100% vegetal (38%), o frango inteiro (31%), a bolacha Maria (26%), a farinha para bolos (23%), o bife de peru (21%), o café torrado moído (21%), o arroz carolino (21%) e a costeleta de porco (20%).

Quanto à maior variação de preço na última semana, a Deco apontou os cereais (mais 15%), o carapau (14%), a couve-flor (12%), o tomate (12%), a alface frisada (10%), os brócolos (8%), a curgete (8%), a pescada fresca (8%), a cenoura (7%) e a massa esparguete (7%).

A taxa de inflação em Portugal atingiu em junho 8,7%, o valor mais elevado desde 1992, enquanto os preços na Zona Euro aceleraram de 8,6% no mesmo mês, um máximo de duas décadas.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.