François Hollande não se recandidata e afasta-se da corrida

Parti socialiste / Flickr

O presidente da França, François Hollande

O presidente da França, François Hollande

O presidente francês, François Hollande, anunciou hoje que não se vai candidatar a um novo mandato no próximo ano.

“Decidi que não serei candidato”, disse Hollande num discurso à nação transmitido pela televisão.

Considerado o presidente mais impopular das últimas décadas no país, em recentes pesquisas sua aprovação girava em torno de 4%.

“Decidi não ser candidato à presidência, não vou procurar renovar o meu mandato”, disse Hollande, num discurso ao provo francês no Palácio do Eliseu.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, provável candidato da esquerda contra Fillon e Le Pen, considerou que a renúncia do presidente Hollande em 2017 é “a decisão de um estadista“.

“É uma decisão difícil, ponderada, importante. É a decisão de um estadista. Quero transmitir a François Hollande a minha emoção, o meu respeito, a minha fidelidade e o meu afeto”, escreveu Valls em comunicado.

O chefe do governo francês anunciou no passado domingo a intenção de se candidatar às primárias do Partido Socialista.

Posteriormente, Valls afirmou que não ia concorrer contra Hollande.

Record de impopularidade

No seu discurso, Hollande realçou os muitos esforços que fez para manter as suas promessas pré-eleitorais, mas concluiu que cometeu alguns erros na forma como foram implementadas.

O chefe de Estado lembrou os desafios que o país enfrenta, em particular a ascensão da extrema-direita e a ameaça terrorista jihadista.

Hollande destacou o combate ao desemprego e a defesa das liberdades como êxitos de sua gestão.

“Digo-vos francamente: o maior perigo é o proteccionismo, é fechar-se em si mesmo. Esse será o maior desastre para os franceses”, declarou o presidente, um dos mais impopulares das últimas décadas.

Hollande presidiu à França num período em que o país sofreu vários ataques terroristas, incluindo os atentados de novembro de 2015 em Paris, que mataram 130 pessoas.

A eleição presidencial francesa está marcada para abril e maio de 2017.

É “lúcido no seu fracasso”, diz François Fillon

O candidato conservador à presidência de França, o ex-primeiro-ministro François Fillon, afirmou que a renúncia à recandidatura do atual chefe de Estado socialista mostra que François Hollande é “lúcido no seu fracasso”.

“O presidente admite, com lucidez, que o seu fracasso evidente o impede de ir mais longe”, escreveu Fillon na sua conta na rede social Twitter.

Posteriormente, Fillon emitiu um comunicado no qual assegurou que o mandato de Hollande termina “com a revolta política e a decadência do poder”.

“Mais do que nunca, a mudança política e a recuperação da França vão ser construídos sobre bases sólidas: a verdade, sem a qual não se pode ter a confiança dos franceses, e a ação corajosa, a única que pode obter resultados”, acrescentou Fillon, que se apresenta como favorito nas sondagens para ganhar as presidenciais em abril e maio próximos.

 ZAP / Lusa / Sputnik News

PARTILHAR

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …