Sem autorização para morte assistida, francês quer deixar-se morrer em direto

Em França, a lei Claeys-Léonetti sobre o fim da vida, adotada em 2016, autoriza a sedação profunda, mas apenas em pessoas cujo prognóstico vital esteja em risco “a curto prazo”.

Sem autorização para morte assistida, um francês de 57 anos que sofre de doença incurável quer deixar-se morrer em direto no Facebook para denunciar a insuficiência da lei atual e exigir o direito a “uma morte digna”.

O caso tem conhecido forte mediatização em França desde que o doente, Alain Cocq, pediu a intervenção do Presidente, Emmanuel Macron, para que autorizasse um médico a prescrever-lhe um barbitúrico que lhe permitisse “partir em paz”.

“Porque não estou acima das leis, não estou em condições de aceder ao seu pedido”, respondeu-lhe Macron numa carta datada de quinta-feira.

“O seu desejo é pedir uma ajuda ativa para morrer, que atualmente não é autorizada no nosso país”, acrescentou o Presidente, manifestando o seu “apoio pessoal” e “profundo respeito” por Alain Cocq.

UrgentJe recherche toutes videos de l Attaque des CRS devant le Conseil Régional de Dijon le 16/11/2019 e is vue d'une action Pénal.Alain Cocq

Publicado por Alain Cocq em Domingo, 17 de novembro de 2019

A lei Claeys-Léonetti sobre o fim da vida, adotada em França em 2016, autoriza a sedação profunda, mas apenas em pessoas cujo prognóstico vital esteja em risco “a curto prazo”. Alain Cocq, que diz estar “em fase final há 34 anos” devido a uma doença degenerativa incapacitante, não pode demonstrar que a sua vida vai terminar em breve.

Ativista da “morte com dignidade”, Cocq já fez várias viagens pela Europa em cadeira de rodas para promover a sua causa, e pediu ajuda a Macron num telefonema, a 25 de julho, com uma conselheira da Presidência, mas só agora teve resposta.

Alain Cocq decidiu “deixar-se morrer“, deixando de ingerir alimentos, líquidos ou medicamentos, com exceção de analgésicos, a partir deste sábado “ao deitar”. “Decidi dizer stop. Pouco a pouco, todos os órgãos vitais serão afetados”, explicou à France-Presse, acrescentando que, no estado atual, está a tomar o máximo de morfina possível para combater dores constantes.

Alain Cocq sofre de uma doença degenerativa extremamente rara que faz com que as paredes das artérias se colem, originando uma isquémia (suspensão da circulação do sangue num tecido ou órgão).

“Os meus intestinos esvaziam-se para uma bolsa. A minha bexiga esvazia-se para uma bolsa. Sinto-me cheio e com um nó no estômago. Se é para ficar a olhar para o teto como um idiota à espera que aconteça, não”.

Para “mostrar aos franceses o que é a agonia a que a lei Leonetti obriga”, Alain Cocq vai transmitir o seu fim de vida, que calcula demore “quatro a cinco dias”, a partir de sábado de manhã, em direto na sua página no Facebook.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rio Ave 0 - 2 Sporting | Leão invicto com uma garra no “caneco”

O Sporting registou o 31º jogo consecutivo sem perder na Liga NOS. Na visita ao Rio Ave, os “leões” venceram o Rio Ave por 2-0 e estão muito perto de conquistar o ceptro de campeões …

Taylor's lança vinho do Porto produzido na vindima de 1896 (e custa uma pequena fortuna)

A Taylor's vai lançar um "raro" vinho do Porto produzido na vindima de 1896, na Região Demarcada do Douro, e que tem uma edição limitada de 1.700 decantadores de cristal, embalados numa luxuosa caixa de …

"Este calendário pode ser muito mais perigoso do que finalizar o campeonato"

Dois treinadores de equipas femininas de andebol analisaram a sucessão de jornadas duplas em fins-de-semana consecutivos. Diogo Guerra avisa: "Este calendário é uma irresponsabilidade enorme. Só espero que ninguém se aleije". A primeira divisão nacional feminina …

Mulher dá à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as ecografias

Uma mulher de 25 anos deu à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as várias ecografias realizadas ao longo da gravidez. O caso aconteceu no Mali. Este está a ser considerado um recorde mundial …

Andrea Bocelli dá dois concertos em Coimbra em 25 e 26 de junho

O tenor italiano Andrea Bocelli vai atuar no Estádio Cidade de Coimbra em 25 e 26 de junho, em dois concertos que contam com a participação da fadista Mariza. "Em cumprimento das normas de segurança e …

Califórnia vai ter o maior sistema de armazenamento de energia não hidrelétrica do mundo

A empresa canadiana Hydrostor, que fornece soluções de armazenamento de energia de longa duração, revelou esta semana que irá desenvolver 1.000 MW de CAES na Califórnia, de acordo com um comunicado. O CAES é um tipo …

Seis anos e mil milhões de links depois, cientistas concluem que a Internet está a crescer (e a encolher)

Uma equipa de investigadores analisou mil milhões de links ao longo de seis anos e concluiu que a Internet está tanto a crescer como a encolher. O mundo online está em constante expansão — sempre agregando …

Há estranhas rádios-fantasma na Rússia (e exploradores entraram numa delas)

Aos 14 anos, um jovem comprou um rádio de ondas curtas e estava a testá-lo quando encontrou a transmissão errada - uma rádio fantasma. Imagine que é um entusiasta da rádio, sozinho à noite, a trabalhar …

Dinheiro e refeições grátis. A Sérvia vai recompensar os cidadãos que forem vacinados

O Presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, anunciou esta quarta-feira que serão pagos 25 euros aos cidadãos já vacinados contra a covid-19 e aos que se vão vacinar até final de maio, uma iniciativa original no …

Ivã, o (não tão) Terrível. Aliado de Putin reescreve história para reabilitar reputação do primeiro czar da Rússia

Segundo um alto funcionário russo, Ivã, o Terrível, não era terrível e a sua reputação de tirano cruel é o resultado de uma campanha de difamação realizada pelo Ocidente no século XVI. Nikolai Patrushev, o poderoso …