França rejeita novo adiamento do Brexit. Governo britânico admite ir a tribunal

Ecole polytechnique / Flickr

O ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Jean-Yves Le Drian

O ministro dos Negócios Estrangeiros francês voltou este domingo a excluir a possibilidade de adiamento do Brexit, enquanto o Reino Unido admite recorrer a tribunal para contestar legislação aprovada no parlamento.

“No estado atual das coisas, não”, disse o ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Yves Le Drian, durante a emissão do programa Le Grand Rendez-vous Europe1/CNEWS/Les Echos.

“Os britânicos dizem que querem propor outras soluções, acordos alternativos para assegurar a saída…). Não vimos isso, por isso não, não vamos recomeçar todos os três meses. As autoridades britânicas que nos indiquem o caminho”, reforçou.

O Parlamento britânico adotou esta semana uma proposta de lei forçando o primeiro-ministro, Boris Johnson, a adiar por três meses a data do Brexit, prevista para 31 de outubro, se não chegar a acordo para a saída com a União Europeia até 19 do mesmo mês.

Os britânicos que assumam a sua situação (…). É preciso que nos digam o que querem”, insistiu o chefe da diplomacia francesa.

Para Le Drian, está criada uma situação de “conflito de legitimidade entre o povo que, através de referendo, disse ‘quero sair’ e o Parlamento, também expressão do povo, que não sabe como sair”.

O ministro francês adiantou que de momento não se sabe o que querem fazer porque “nenhuma das opções é maioritária”. “Há um impasse que traduz riscos para o Reino Unido numa altura em que a Escócia agita a possibilidade de independência”, sublinhou.

Por seu lado, o ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Dominic Raab, admitiu hoje, citado pela imprensa britânica, recorrer ao tribunal para contestar o projeto de lei aprovado para impedir um Brexit sem um acordo.

O Reino Unido tem atualmente previsto sair da União Europeia (UE) a 31 de outubro, já na sequência de um adiamento da saída da data inicial que era 29 de março.

Mesmo que o Governo britânico avance com o pedido, a extensão precisa depois de ser deferida unanimemente pelos restantes 27 Estados membros da UE.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bolsonaro mudou legislação e compra de armas disparou. Registou-se um aumento de assassinatos

O comércio de armas disparou em quase dois anos, ou seja, desde que Bolsonaro chegou ao Governo e fez mudanças na legislação que seguem o modelo norte-americano. Estão na mão de radicais, alerta especialista. A compra …

Ilhas Marshall registam os dois primeiros casos desde o início da pandemia

As Ilhas Marshall, um dos últimos países do mundo poupados até aqui ao novo coronavírus, registaram os dois primeiros casos de covid-19 desde o início da pandemia, anunciou, esta quarta-feira, o Governo do arquipélago …

Parlamento espanhol prolonga estado de emergência por mais seis meses

O parlamento espanhol aprovou hoje em Madrid a prorrogação do estado de emergência para lutar contra a pandemia de covid-19 durante seis meses, até 09 de maio de 2021. A medida que já está em vigor, …

BCE avisa que recuperação económica "está a perder força mais rapidamente do que o previsto"

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, alertou esta quinta-feira que a recuperação económica está a perder força mais rapidamente do que aquilo que era previsto devido à aceleração da pandemia em vários …

CP permite reembolso dos bilhetes entre sexta e terça-feira. Rede Expressos cancela viagens

A CP irá reembolsar os utentes que pedirem devolução de dinheiro por bilhetes de viagens entre 30 de outubro e 3 de novembro, tendo em conta as restrições de movimentações entre concelhos, adiantou fonte oficial …

Marcelo Rebelo de Sousa não descarta novo estado de emergência

Marcelo Rebelo de Sousa abriu esta quinta-feira a porta à declaração de um novo estado de emergência em Portugal. O presidente admite fazer uma declaração ao país na próxima semana. O presidente da República não descarta …

Antissemitismo. Jeremy Corbyn suspenso do Partido Trabalhista

O Partido Trabalhista suspendeu hoje o seu antigo líder Jeremy Corbyn na sequência de um relatório que condenou a principal força da oposição no Reino Unido por "atos ilegais de assédio e discriminação" antissemita. Reagindo ao …

Portugal volta a bater recorde de infeções: mais 4.224 casos nas últimas 24 horas

Portugal voltou a bater o recorde de infeções diárias esta quinta-feira. Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 4.224 casos positivos em todo o país. Dia após dia, Portugal continua a bater recordes de infeções diárias. Nas …

Depois do novo confinamento, França estende uso obrigatório de máscara nas escolas às crianças de 6 anos

O uso de máscara na escola em França será estendido na próxima semana às crianças a partir dos seis anos, anunciou esta quinta-feira o primeiro-ministro francês, Jean Castex, um dia após o anúncio de novo …

"A lei não pode exigir esse tipo de heroísmo". Presidente polaco recua na oposição ao aborto

O Presidente da Polónia defendeu esta quinta-feira que as próprias mulheres deveriam ter o direito de abortar em caso de fetos com problemas congénitos, rompendo com a liderança conservadora, que apoiou uma proibição que levou …