França proíbe telemóveis nas escolas

As crianças e os jovens franceses não vão poder utilizar o telemóvel na escola e na universidade, prevê a lei aprovada na Assembleia Nacional, esta quinta-feira.

A Assembleia Nacional votou, esta quinta-feira, um projeto de lei sobre a iniciativa da República em Movimento (LMR) que visa a “proibição efetiva” de telemóveis em escolas e faculdades.

Já era esperado que esta “medida de desintoxicação” para combater o bullying, assim apelidada pelo ministro da Educação francês, fosse aprovada em Parlamento, já que o partido de Emmanuel Macron detém a maioria na Assembleia Nacional.

A lei entrará em vigor já no próximo ano letivo, em setembro. Aprovada pela maioria, a lei que o Governo considera ser “um sinal para a sociedade” contou com os votos contra dos republicanos que a classificaram de “inútil”, escreve o Le Fígaro, citado pelo Público.

O enunciado do projeto de lei refere que mais de 90% das crianças francesas com 12 anos ou mais tem telemóvel. “Os telemóveis são um avanço tecnológico, mas não podem monopolizar as nossas vidas”, disse Jean-Michel Blanquer, ministro da Educação, no canal de notícias LCI, antes da aprovação da lei.

Mas os alunos não são os únicos. Também os professores vão ser alvo da mesma medida, numa emenda tardia realizada pelos legisladores do partido, no momento em que o projeto deu entrada no Parlamento francês. Muito professores ridicularizam a sua inclusão nesta medida.

Os defensores deste projeto argumentam que o uso do telemóvel entre crianças e jovens contribui para o aumento do cyberbullying, facilita o acesso a pornografia e prejudica a capacidade dos jovens de interagir socialmente. Evitar o roubo do aparelho e a obsessão por marcas da moda são outras das razões enunciadas.

A recente lei deixa nas mãos do estabelecimento de ensino a decisão sobre como querem aplicar a proibição, podendo numa versão mais simples implicar que os telemóveis sejam colocados em bolsas específicas dentro das mochilas de forma a permitir o acesso em caso de emergência ou para uso pedagógico.

Já a versão mais extrema, escreve o Diário de Notícias, implica a proibição total do uso do telemóvel nas escolas, sob pena de sanções.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

Responder a Surro Cancelar resposta

UE tem de libertar-se da "má vontade" e negociar entre iguais, diz Reino Unido

A União Europeia (UE) deve libertar-se da sua má vontade e construir uma boa relação com o Reino Unido como soberanias iguais, disse no domingo o conselheiro do Governo britânico David Frost, prometendo defender os …

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançado somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …

"Bolsonaro pode estar a preparar guerra civil", temem politólogos

Politólogos ouvidos pelo DN temem que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, possa estar a preparar uma guerra civil. "Deseja armar a população, confia em poderes paralelos e estimula a indisciplina dos escalões mais baixos …

PRR: PSD quer que Governo conheça todos os contributos entregues na consulta pública

O PSD pediu acesso esta segunda-feira, através do parlamento, à documentação relativa a todos os contributos decorrentes da consulta pública do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Num requerimento entregue segunda-feira no parlamento e dirigido ao …