França vai lançar sistema nacional de reconhecimento facial. É o primeiro país da Europa a fazê-lo

Beatrice Murch / Wikimedia

_

A França prepara-se para implementar um sistema nacional e obrigatório de reconhecimento facial, tornando-se assim no primeiro país da Europa a implementar esta medida que conta com o apoio do Presidente Francês.

O sistema em causa, apelidado de Alicem (autenticação online certificada em dispositivos móveis), procura fornecer aos cidadãos uma “identificação digital segura” que lhes dê acesso a serviços públicos, sociais, bancários, governamentais e privados.

Na prática, os cidadãos terão que fazer uma identificação facial através de uma aplicação desenvolvido pelo Ministério do Interior do país para aceder a determinados serviços.



De acordo com a Bloomberg, este é um projeto que tem a aprovação do Presidente francês Emmanuel Macron e devem ser implementando já em novembro.

O sistema, operado através de uma app, servirá para provar a identidade de um cidadão na Internet de forma segura. Tal como frisa a Bloomberg, este é um programa de âmbito nacional e os cidadãos franceses não têm a opção de não participar no mesmo caso queiram aceder aos serviços abrangidos.

“O Governo quer canalizar as pessoas para usarem o Alicem e o reconhecimento facial”, disse Martin Drago, advogado do grupo de privacidade La Quadrature du Net que avançou com o processo contra o Estado. “Estamos a adotar o uso em massa de reconhecimento facial. Há pouco interesse na importância do consentimento e da escolha”, lamentou, citado pelo mesmo órgão de comunicação.

Há ainda outras preocupações: no início deste ano, um hacker invadiu em apenas 50 minutos um sistema de mensagens do Governo que era, supostamente, “ultra-seguro”, fazendo aumentar as preocupações quanto à segurança deste sistema. Os legisladores da oposição temem ainda que este sistema seja utilizado para rastrear manifestantes violentos, como aqueles que participaram nos protestos dos “Coletes Amarelos”.

Como funciona o Alicem?

O Alicem é um aplicativo apenas para Android e o reconhecimento facial será o seu único facilitador. As identificações individuais serão criadas através de uma inscrição exclusiva que compara a fotografia de um passaporte biométrico com um vídeo criado através da aplicação desenvolvida, que capta “expressões faciais, movimentos e ângulos” e mede parâmetros como “a distância entre os olhos”.

Precisa o The Telegraph que a aplicação lê o micro-chip de um determinado passaporte eletrónico e cruza a sua fotografia biométrica com o utilizador do telemóvel via reconhecimento facial para validar a sua identidade. A app, o telemóvel e o passaporte vão comunicar-se através dos seus micro-chips integrados.

Uma vez que a sua identidade for validada, o utilizador por aceder a uma série de serviços públicos sem ser necessário mais validações.

Ao introduzir esta medida, a França vai juntar-se a outros Estados que usam já esta tecnologia. Paris insiste, contudo, que ao contrário de outros países, estes sistema não será utilizado para controlar os cidadãos.

Ao contrário da China e Singapura, França assegura que não irá integrar o reconhecimento facial biométrico nos bancos de dados de identidade dos cidadãos. O Ministério do Interior afirma que os dados de reconhecimento facial recolhidos serão excluídos quando o processo de registo terminar.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É impressionante como os cidadãos Europeus assistem impávidos e serenos à implantação de uma ditadura neoliberal, levada a cabo pelos regimes da Inglaterra e do sr. Macron.

    Outra coisa que não se entende, é como é que um pais como a República da França permite que o regime neoliberal chefiado pelo sr. Macron (autor de centenas de detenções de cidadãos por motivos políticos), continue a destruir a economia do país, a liberdade, os direitos cívicos e humanos, a promover o desemprego, e a servidão aos países anglo-saxónicos.

RESPONDER

Em Portugal, cinco pessoas morreram após terem vacinação completa. Números não são "preocupantes"

Segundo a Direção-Geral de Saúde, 1.231 pessoas ficaram infetadas com covid-19 já depois de ter concluído o processo de vacinação há 14 dias, 26 delas estão internadas. A Direção-Geral da Saúde (DGS) reportou a existência de …

Aulas acabam hoje para 240 mil alunos. Ano correu "melhor que o anterior, com menos aprendizagens perdidas"

O ano letivo termina hoje para os 9.º, 10.º e 11.º anos.Para cerca de 240 mil alunos hoje é dia de despedidas, depois de mais um ano afetado pela covid-19 que levou a que parte …

Benfica pode perder Grimaldo e Nuno Tavares, mas tem trunfo do Brasileirão na manga

Confrontado com a possibilidade de perder os seus dois laterais-esquerdos, Álex Grimaldo e Nuno Tavares, o Benfica estuda a contratação de Guilherme Arana. O Benfica pode perder dois laterais-esquerdos neste mercado de transferências. A situação de …

"Se Portugal tiver 11 Sérgios Conceição pode estar muito perto de ganhar" à Alemanha

A última vitória de Portugal frente à Alemanha foi no Euro 2000, na Holanda, com uma goleada de 3-0 graças a um hat-trick de Sérgio Conceição. Na antecipação do novo embate entre as duas equipas …

Rui Moreira recandidata-se ao último mandato com a promessa de um "futuro ainda melhor" para o Porto

O atual presidente da Câmara do Porto afirmou, esta quinta-feira, querer concluir os projetos que a pandemia da covid-19 "atrasou" e ter condições para "projetar um futuro ainda melhor" para a cidade. "Quero concluir os projetos …

Nomeações para o Estado são uma "prática abusiva" e estão "viciadas"

Sete em cada dez dirigentes da Administração Pública nomeados pelo Governo, após passarem o crivo da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (Cresap), já ocupavam o cargo em regime de substituição. Neste regime, …

Genk e Antuérpia querem "roubar" Vertonghen a custo zero

Genk e Antuérpia estão a tentar que o Benfica rescinda contrato com Jan Vertonghen para que possam avançar para a contratação a custo zero do internacional belga. Aos 34 anos de idade, Jan Vertonghen não caminha …

Em 2013, Costa decidiu que a CML só enviaria dados à PSP e MAI. Ordem não foi respeitada

António Costa, então presidente da Câmara de Lisboa, decidiu em 2013 que não competia à autarquia estabelecer medidas de segurança, pelo que a partir dali a única coisa que os serviços iriam fazer era reencaminhar …

Ordem dos Advogados diz que fechar AML é "inconstitucional". Há 18 exceções na proibição de circulação

Face ao elevado número de casos na região de Lisboa, o Governo anunciou, esta quinta-feira, a proibição de circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa (AML) durante o fim-de-semana. O bastonário da Ordem …

Duas novas espécies de mamíferos escavadores ancestrais descobertos na China

Uma equipa descobriu duas novas espécies de animais semelhantes a mamíferos que viveram em tocas há cerca de 120 milhões de anos no que hoje é o nordeste da China. A equipa de pesquisa foi liderada …